Tag: Peixes Page 1 of 2

A constelação de Eridanus

A constelação de Eridanus é uma das maiores do céu noturno, localizada no hemisfério sul celeste , entre longitudes que vão do signo de Peixes até Gêmeos. Ela representa um rio mítico, que “nasce” nos pés de Órion, próximo de Rigel, e que após percorrer um caminho sinuoso, deságua indo em direção ao extremo sul do céu. O nome da constelação é o mesmo que o antigo nome do Rio Pó na Itália, rio que nasce nos alpes e atravessa o norte da Itália desaguando próximo de Veneza.

É uma constelação que não forma asterismo muito claro , e também não tem muitas estrelas brilhantes. As mais destacadas são as que marcam as extremidades, Cursa, a nascente, e Achernar, a foz do rio. A melhor maneira de encontra-la é localizando a costelação de Orion, e olhando na direção sudeste do céu a partir de Rigel, a estrela mais brilhante de Orion.

Mitologia Associada a constelação de Eridanus

A origem da constelação é babilônica, e o nome original era Mulnunki, que significa “Estrela de Eridu”. Eridu por sua vez foi uma das cidades mais antigas do mundo , fundada pela civilização Suméria e era dedicada ao deus das águas Enki-ea, por se localizar numa região pantanosa, no delta do Tigre e Eufrates.

Na Grécia antiga originalmente essa constelação não representava um rio, mas o caminho percorrido por Faeton, o filho do deus Sol Hélios, quando ele pegou emprestada a carruagem solar do seu pai. Faeton perdeu o controle e traçou um caminho errático no céu, e estava colocando todo o mundo em risco de ser consumida pelas chamas do sol, até que ele foi acertado por um trovão enviado por Zeus, que finalmente o matou.

Os Egípcios viam ali o seu rio Nilo , enquanto os Atenienses viam ali um rio que cruzava a cidade, até que o nome da constelação mais tarde passou a designar o Rio Pó na época do Império Romano. É uma constelação que representa os rios de uma maneira geral, elementos geográficos fundamentais na constituição das civilizações ao longo da história.

Anatomia da Constelação de Eridanus

Eridanus é a sexta maior constelação do céu, com 1138 graus quadrados de área. Ela toca em diversas outras constelações ao longo do seu caminho: Orion, Touro, Cetus, Lebre, Pomba, Cinzel, Relógio, Tucano, Fênix e Fornalha. Esse rio nasce próximo do equador celeste e vai em direção ao leste , fazendo uma curva acentuada e se voltando para o oeste, onde faz uma segunda curva e desce em direção ao sul.

Não é uma tarefa fácil identificar essa forma no céu noturno ,mas a referência de Orion ajuda a saber onde a constelação começa. O hemisfério Sul é o melhor local para observação dessa estrela, especialmente a partir de novembro, quando ela ja está inteira no céu logo no começo da noite. Em latitudes superiores a 30° Norte ela será vista parcialmente , e acima dos 60° norte ela é invisível.

Achernar Alpha (α)15°36′ de Peixes
Acamar Theta (θ)23°33′ de Áries
Angetenar Tau (τ2) 02°55′ de Touro
Azha Eta (η)09°02′ de Touro
Zibal Zeta (ζ)14°07′ de Touro
Rana Delta (δ)21°09′ de Touro
Zaurak Gamma (γ)24°09′ de Touro
Beid Omicron (ο129°43′ de Touro
Theemin Upsilon (υ100°10′ de Gêmeos
Keid Omicron (ο)00°28′ de Gêmeos
Sceptrum 5305°32′ de Gêmeos
Cursa Beta (β)15°34′ de Gêmeos

A moderna constelação de Fornax, a Fornalha, fazia parte de Eridanus originalmente.

Estrelas de Eridanus em Peixes e Áries:

Achernar, Alpha (α) Eridani, É uma estrela localizada na foz do Rio Eridanus. Esse título antigamente pertencia a Acamar, porque Achernar não ascende na latitude da Grécia. O nome significa “boca do rio”.

Acamar, Theta (θ) Eridani, é uma estrela localizada próxima ao fim de Eridanus. Para os gregos a constelação terminava ali , porque a estrela Alfa Achernar era invisível daquela latitude. Por isso ela recebia o nome que é dado pra Achernar. Os árabes porém adotaram outra forma para o nome, Acamar, mas o significado é o mesmo: O fim do rio.

Estrelas de Eridanus em Touro:

Angetenar, Tau (τ2) Eridani, é uma estrela localizada no rio Eridanus. Ela fica na região da curva mais acentuada do rio, próxima a constelação de Cetus. O nome dela significa literalmente “a curva do rio”, e vem do árabe.

Azha, Eta (η) Eridani, é uma estrela localizada na constelação de Eridanus. Por se localizar numa região onde ficava um asterismo árabe chamado “ninho de avestruzes”, seu nome significa literalmente isso. Os persas consideravam ela fazendo parte de Cetus e a chamavam de “As tetas da baleia”.

Zibal, Zeta (ζ) Eridani, ela também compunha o asterismo do ninho de avestruz onde hoje temos a curva de Eridanus próxima a Cetus. O nome significa “filhote de avestruz”.

Rana, Delta (δ) Eridani, é uma estrela em Eridanus o Rio. O nome é latim e significa rã; é o Nome científico do gênero das rãs inclusive.

Zaurak, Gamma (γ) Eridani, é uma estrela da constelação de Eridanus. O nome é o termo árabe para barco.

Beid, Omicron (ο1) Eridani,  é uma estrela de Eridanus que fazia parte do ninho de Avestruz árabe. O nome significa Ovo de Avestruz.

Estrelas de Eridanus em Gêmeos:

Theemin, Upsilon (υ1) Eridani, é uma estrela localizada na segunda curva de Eridanus. O nome é uma corruptela da palavra árabe para Avestruz.  

Keid, Omicron (ο) Eridani, é mais uma estrela de Eridanus que fazia parte do asterismo obsoleto do ninho de Avestruz. O nome significa “casacas de ovos”.

Sceptrum, 53 Eridani, é uma estrela a leste da nascente de Eridanus, e o termo latim no nome significa cetro. Esse nome é referência a uma constelação obsoleta, criada no século XVII.

Cursa, Beta (β) Eridani, é a estrela que marca a Nascente do rio Eridanus, um pouco acima de Rigel da constelação de Orion. O nome vem do árabe, e significa “trono”.

Significado Astrológico da Constelação de Eridanus

A constelação de Eridanus tem natureza de Saturno, o que não significa que ela seja maléfica por isso. Na realidade os significados dela são positivos: Ela indica busca por conhecimento ao longo da vida, bom senso, sabedoria, e uma vida marcada por viagens e aprendizado. Existe humildade e a capacidade tanto de ensinar quanto de aprender. Ela indica ainda gosto e envolvimento com coisas ligadas a água, como navegação , e risco de acidentes na água e afogamentos.

Achernar, a estrela Alfa, está associada a fé, ética, compaixão e religiosidade. Indica sucesso em questões religiosas, científicas, acadêmicas ou estudantis em geral. Como a foz do rio, a pessoa está preocupada em compartilhar com o mundo o que ela sabe e se sente feliz quando pode contribuir para o coletivo.

Cursa, a estrela Beta, marcando a nascente do rio indica também sucesso em questões estudantis, acadêmicas, científicas ou religiosas, mas fala principalmente de uma pessoa cuja natureza é intuitiva e criativa. É o local de onde as “águas” do rio brotam.

A constelação de Pegasus

Também chamada de Hippos pelos gregos, a constelação de Pegasus é associada ao cavalo alado da mitologia grega, filho de Medusa e Posseidon. É uma constelação localizada no hemisfério norte do céu, próxima a Andrômeda, Aquário, Peixes, Cavalo Menor, Delphinos, Lacerta e vulpecula.

Sua principal característica é um asterismo bem definido que acaba se destacando pelo fato de a maioria das constelações ao redor de Pegasus serem formadas por estrelas pouco brilhantes. Esse asterismo é formado pelas 3 principais estrelas de Pegasus e mais a Alfa de Andrômeda, que já apareceu no passado integrando Pegasus. Esse asterismo tem o formato de um quadrado e é muito útil para localizar as constelações de Andrômeda, Peixes e Aquário.

Neste artigo também abordaremos a constelação de Cavalo menor, ou Equuleus, que é uma pequena constelação adjacente a Pegasus, que não tem estrelas muito brilhantes sendo bem difícil de se encontrar a olho nu.

Mitos sobre a Constelação de Pegasus

De acordo com um dos mitos sobre a Medusa e que relatam o nascimento de Pegasus, ele é o fruto do estupro cometido por Posseidon contra Medusa. Ela ainda era humana quando isso aconteceu, e foi punida pela deusa Atena pela transgressão de entrar no templo da deusa não sendo mais uma virgem. Quando Perseu decapitou Medusa, do sangue derramado em contato com o solo emergiu Pegasus, já adulto.

Uma das características mais emblemáticas de Pegasus , além de suas asas, era o fato de que todo o solo que ele tocava se fertilizava. A região onde Pegasus nasceu era inóspita, mas assim que ele tocou aquele solo, a região transformou-se num bosque primaveril. Isso talvez se deva ao fato de que a primeira aparição matutina de Pegasus ocorria durante os primeiros dias da primavera no hemisfério norte.

Pegasus foi eventualmente domado pelo herói da cidade de Corinto, Belerofonte, com ajuda de Atena e Posseidon, seu pai. Na verdade, Belerofonte e Pegasus eram irmãos de acordo com algumas versões do mito de nascimento de Pegasus. Cavalgando Pegasus, Belerofonte conseguiu matar a monstruosidade conhecida como Quimera, transformando-se em herói.

Com o tempo e depois de várias outras proezas, Belerofonte começou a se tornar arrogante, e teve a ideia de voar com Pegasus até o monte Olimpo. Ofendido com a hubris do heróis, Zeus envia uma vespa para picar Pegasus e assim derrubar Belorofonte. A deusa Atena porém considerou que a morte não era punição suficiente para o transgressor, fazendo com que o chão fique macio e amortecendo o impacto, que não mata, mas o aleija. Belerofonte terminou seus dias mendigo e aleijado, procurando por Pegasus.

Zeus guardou Pegasus em seu estábulo e lhe conferiu a responsabilidade de carregar os seus raios. Finalmente ele foi transformado em constelação como forma de agradecimento de Zeus pelo seu serviço.

Mitos sobre a constelação de cavalo menor

A constelação do Cavalo menor costuma ser associada ao cavalo mitológico Celeris, filho ou irmão de Pegasus. Este cavalo foi dado de presente pelo deus Mercúrio ao Herói Castor, um dos Dióscoros. Ele também é referido como o cavalo oferecido por Posseidon a cidade de Atenas durante a disputa pela soberania sobre a cidade, que foi vencida pela deusa Atena.

Anatomia de Pegasus e Cavalo Menor

Pegasus é a sétima maior constelação do céu, com 1121 graus quadrados de área. Apresenta um asterismos em forma de quadrado , o que a torna fácil de se localizar. Ela é visível em todo o território brasileiro, se localizando na parte mais ao norte do céu. O Melhor momento pra observa-la é quando o signo de Peixes ocupa o meio do céu. Isso ocorre em dezembro assim que o sol se põe. A melhor época para observação é a primavera do hemisfério sul, outono do hemisfério norte. Em setembro ela ascende após o por do sol, e se torna mais visível na medida em que se aproxima a meia-noite.

A constelação de Equuleus, ou Cavalo menor, é a segunda menor constelação do céu, e tem estrelas pouco brilhantes. Ela está sempre à frente de Pegasus.

Abaixo as estrelas que são nomeadas nas constelações de Equuleus e Pegasus:

Kitalpha Alpha (α) Equulei23°24′ de Aquário
Enif Epsilon (ε) Pegasi02°10′ de Peixes
Biham theta (θ) Pegasi07°07′ de Peixes
Jih kappa (κ) Pegasi 09°13′ de Peixes
Homam zeta (ζ) Pegasi16°26′ de Peixes
Sadalpheretz lambda (λ) Pegasi23°21′ de Peixes
Markab alpha (α) Pegasi23°46′ de Peixes
Sadalbari mu (μ) Pegasi24°40′ de Peixes
Matar eta (η) Pegasi26°00′ de Peixes
Scheat beta (β) Pegasi29°39′ de Peixes
Kerb tau (τ) Pegasi01°20′ de Áries
Algenib gamma (γ) Pegasi09°26′ de Áries
Posição calculada para 01/01/2021

Kitalpha, Alpha (α) Equulei, É a principal estrela da constelação do Cavalo menor. Não se trata de uma estrela muito brilhante, mas é a mais brilhante daquela constelação. O nome vem do árabe Al Kitah al Faras, e significa “parte do cavalo”.

Enif, Epsilon (ε) Pegasi, é uma estrela localizada no focinho de Pegasus. O nome vem do árabe, Al Anf , que significa “o nariz”.

Biham, theta (θ) Pegasi,é uma estrela localizada na cabeça de Pegasus . O nome tem origem persa e signfica afortunada (dentre os cavalos).

Jih, kappa (κ) Pegasi,é uma estrela localizada ao norte da constelação de Pegasus, marcando um dos seus cascos.

Homam, zeta (ζ) Pegasi, é uma estrela localizada no pescoço de Pegasus. O nome vem do árabe Sa’d al Humam, e significa a afortunada estrela do herói, talvez porque era no pescoço que Belorofonte se agarrava enquanto montava Pegasus, que não aceitava rédeas.

Sadalpheretz, lambda (λ) Pegasi, é uma estrela localizada no peito de Pegasus, bem próxima de Sadalbari. Significa “sorte do cavalo”.

Markab, alpha (α) Pegasi, é uma estrela localizada no lombo de Pegasus, onde ficaria a sela de montaria. A palavra Markab é árabe e significa sela. Essa é a estrela mais brilhante da constelação.

Sadalbari, mu (μ) Pegasi, é uma estrela localizada no peito de Pegasus. O nome vem do árabe Sa’d al Bari, “a boa sorte do extraordinário”.

Matar, eta (η) Pegasi, é uma estrela localizada no joelho direito de Pegasus. O nome vem do árabe , Al Sad al Matar, e significa “a chuva afortunada”.

Scheat, beta (β) Pegasi, é uma estrela localizada na perna direita de Pegasus, no que seria o “ombro” do cavalo. É a segunda estrela mais brilhante da constelação, e se localiza na parte do corpo dos cavalos que é a sua maior força e ao mesmo tempo ponto fraco. Outro nome para esta estrela é Menkib. Scheat é um nome derivado do árabe, Al Sā’id, e significa Ombro.

Kerb, tau (τ) Pegasi, é uma estrela localizada no abdomen de Pegasus.

Algenib, gamma (γ) Pegasi, é uma estrela localizada na ponta das asas de Pegasus. O nome pode derivar de Al Janah, “a asa”. Integra o asterismos quadrilátero de Pegasus assim como Markab e Scheat.

Significado astrológico de Pegasus e Equuleus

A primeira coisas que precisamos observar sobre Pegasus, é que no planisfério celeste, ela aparece de ponta-cabeça. Isso é uma alusão ao fato de que belerofonte é derrubado da constelação. Pegasus é fruto da união entre Medusa, que personifica a absoluta frieza e racionalidade de Atena , e Posseidon que representa as emoções arrebatadas e caóticas simbolizadas pelo mar e as tempestades.

As estrelas de Pegasus simbolizam ambição e engenhosidade para lidar com desafios, temeridade, ousadia e ao mesmo tempo arrogância e humilhações decorrentes dela. A vida de quem tem essas estrelas em evidência pode ser comparada a uma montanha russa com vitórias legendárias seguidas de quedas brutais, e com motivações estúpidas e vergonhosas.

Belerofonte e Pegasus são um dos casos mais emblemáticos da mitologia para ilustrar o conceito grego de Húbris, que é a infração cometida por alguém que ignora os limites entre quem se é e até onde se pode ir, e termina cometendo um excesso. Quem comete húbris o faz ao ir em direção a algo que não está em seu destino ou que não é de sua alçada, e termina sendo punido pelos deuses pela arrogância. A pessoa é forçada, geralmente por uma humilhação, a retroceder para dentro de seus limites. Geralmente ela não perde nada que ela de fato possuía, mas sim aquilo que não era de sua alçada.

É o que acontece com Belerofonte, que não entendia que ele em si mesmo não possuía poder algum: O poder quem possuía o tempo todo era Pegasus. Ao atingir o cúmulo da arrogância, que é um mortal ousar ascender até o Olimpo sem ser convidado pelos deuses, ele foi punido exemplarmente, e Pegasus foi viver no Olimpo.

Estrelas mais importantes de Pegasus e seus efeitos

As estrelas mais importantes em Pegasus são Markab, Scheat e Algenib: alfa, beta e gamma Pegasi. São as três estrelas de Pegasus que integram o asterismo em quadrado, com a outra sendo a alfa de Andrômeda.

Markab expressa de maneira típica os significados de Pegasus: Grande ambição e capacidade de lidar com crises terríveis, e ao mesmo tempo uma arrogância que pode levar a queda da pessoa. Essa queda porém não precisa ser definitiva, e deve ser encarada pela pessoa como uma oportunidade de aprender sobre humildade.

Scheat é aparentemente a de natureza mais maléfica: A impetuosidade da pessoa pode colocar ela em risco não apenas de humilhações, mas de situações que ameaçam sua vida. Podem haver comportamentos de auto-sabotagem pronunciados. É uma estrela associada ao suicídio ou a comportamentos que dilapidam a saúde da pessoa e a expõe a riscos desnecessários.

Algenib é a que tende a produzir os autos e baixos mais expressivos. Afinal, ela marca justamente as asas de Pegasus. Indica sucesso nos esportes ou em carreiras marciais , e ao mesmo tempo a possibilidade da pessoa ser resumida em alguns momentos a depender da generosidade de amigos e familiares, para ascender novamente logo depois.

A constelação de Peixes

A constelação de Peixes, oficialmente Constelação de Pisces, é uma constelação zodiacal que se localiza na eclíptica, o caminho do trânsito anual do sol. É o local onde se localiza atualmente o ponto vernal, que se deslocou de Áries para Peixes no início do primeiro milênio após Cristo , e que tende a se deslocar para Aquário nos próximos séculos.

Essa constelação foi concebida na Babilônia , de onde se irradiou para Pérsia, Egito, Grécia e India com esta mesma representação: Um par de Peixes, nadando em direções opostas e unidos por uma corda.

Mitos da Constelação de Peixes

O principal mito associado a esta constelação está relacionado a Guerra dos deuses contra os titãs. Os titãs foram derrotadas e banidos para o submundo ao fim da Titanomaquia, que é como ficou conhecido este conflito. Depois de derrotada, Gaia copulou com o próprio tártaro (o inferno grego) e dessa união nasceu o gigante tifão , a mais terrível e tenebrosa das criaturas, que ela enviou para a superfície para vingar os titãs e destruir os deuses olímpicos.

O primeiro deus a ver o Tifão foi Pã, o deus dos bosques selvagens e do pânico, que se transformou numa cabra aquática para conseguir fugir da criatura. Esse fragmento de mito é um dos que explicam a constelação de Capricórnio. Depois foi a vez de Afrodite e Eros (ou Cupido),que se banhavam em um rio. Eles começaram a fugir nadando e se transformaram em Peixes para conseguir nadar mais velozmente. Por conta do caos da fuga, ataram-se com uma corda para que não terminassem se separando. E assim é explicada essa constelação.

A própria Afrodite pode ser considerada uma titã quando se leva em conta um dos seus mitos de nascimento. Quando Cronus castrou Urano, que copulava Gaia incessantemente , suas últimas gotas de semen caíram sobre o mar, o que explica a espuma formada pelas ondas. Da espuma fecundada nasceu Afrodite, a deusa que personifica o amor e o sexo. Porém, uma outra versão descreve Afrodite como filha de Zeus com Dione , existindo inclusive diferentes denominações para a deusa a depender da Origem: Afrodite Urânia, fruto da castração de Urano, e uma deusa do amor celestial, elevado, como o amor fruto da amizade ou das relações de sangue. E Afrodite Pandemos, o amor comum, do povo, mais associado ao sexo e a luxúria.

Afrodite , junto de Apolo , era uma deusa da beleza. Mas enquanto apolo simbolizava uma beleza física mais associada ao vigor, a saúde e a virilidade dos homens, Afrodite estava ligada a uma beleza mais estética relacionada a roupas , perfumes, maquiagens , flores, decorações e ao corpo feminino. Seu culto é na verdade um sincretismo de outros cultos praticados na Turquia, como o culto de Ishtar e Astarte, que eram deusas da Mesopotâmia que tinham os mesmos atributos e rituais de adoração muito similares. Nesse sentido, Afrodite é a mais antiga, porque essa linha de sucessivas sincretizações remonta à deusa Inanna da Suméria, uma das primeiras civilizações conhecidas.

Apesar de casada com Hefesto, deus que personificava o trabalho nas cidades, das invenções , da metalurgia e do próprio fogo, o coração de Afrodite ardia verdadeiramente por Ares, o impetuoso e viril deus da guerra. Com ele Afrodite teve vários filhos, dentre eles Eros, ou na versão romana, Cupido. Eros é assim a personificação desse amor-tesão, carnal e incontrolável, e seu atributo era um arco com o qual ele disparava setas responsáveis por deixar suas vítimas apaixonadas. Era o filho preferido de Afrodite e seu companheiro inseparável, o que levou a um problema porque ele não crescia. Quando Afrodite começou a lhe dar irmãs, Eros cresceu e se separou da mãe, e terminou se casando com a mortal Psiquê.

O casamento de Eros e Psiquê tinha uma condição muito simples: Ela jamais poderia ver o rosto do marido, mas um dia ela não suportou a curiosidade e o espiou enquanto ele dormia, que acordou e se separou dela. Depois disso Psiquê ficou vagando sozinha pelo mundo até a sua morte. Eros então foi até o tártaro interceder por sua amada e a resgatou, dessa vez a levando para viver com ele no Olimpo, onde ela também se tornou imortal ao consumir a Ambrosia.

 “Iēsous Christos Theou Yios Sōtēr”, que significa “Jesus Cristo, Filho de Deus, Salvador” (em grego antigo, Ἰησοῦς Χριστός, Θεοῦ ͑Υιός, Σωτήρ)

Jesus Cristo era simbolizado por um Peixe em algumas representações, e ele é uma figura que pode muito bem ser associada com essa constelação. Inclusive a Era de Peixes, descrita como era Cristã, especialmente se você gostar de ver as coisas sob a ótica eurocêntrica , é explicada em função da mudança do ponto vernal para peixes ainda durante a época do império romano e que iniciaria um período de expansão do cristianismo, que foi marcante porém, somente a partir do período das grandes navegações.

A verdade é que de fato, muitos dos valores mais nobres do cristianismo: piedade, caridade, compaixão, sacrifício e doação, são valores associáveis ao eixo Peixes-Virgem, sobretudo a Peixes enquanto signo. E várias passagens do novo testamento fazem alusão a Peixes e coisas relacionadas: O batismo nas águas do rio Jordão, o momento em que Jesus caminha sobre as águas para testar a fé dos seus discípulos, quando ele os ensina a pescar, quando realiza o milagre da multiplicação de pães e peixes … Sem falar na contraparte de Cristo, sua mãe, a Virgem, que se localiza na constelação oposta.

Entretanto, a Constelação mostra Peixes nadando em direções diferentes. Um deles nada na direção Norte, de maneira vertical indo de encontro ao ventre de Andrômeda, num movimento de ascensão, sendo este associado a Cristo. O outro Peixe em sentido horizontal, na direção leste, na direção da constelação de Aquário. Esse é associado ao “anticristo”.

Anatomia da Constelação de Peixes

Peixes é a 14° constelação em termos de área, com cerca de 889 graus quadrados. É uma constelação que pode ser vista em quase todas as partes do planeta, com exceção da Antártida onde ela nunca ascende, por ser uma constelação localizada atualmente no hemisfério norte do céu. Quase todas as estrelas de Peixes correspondem ao signo de Áries atualmente.

As estrelas de Peixes não são muito brilhantes e não formam asterismos muito claros. As constelações zodiacais vizinhas, Áries e Aquário, também não são tão fáceis de encontrar, então não servem de referência. Se quiser observar Peixes, é mais fácil primeiro encontrar a constelação de Pegasus que forma um asterismo em forma de quadrado muito bem definido. A constelação de Peixes está tanto a oeste quanto a sul dessa constelação, que na realidade envolve boa parte da constelação de Pegasus. Peixes também tem poucas estrelas com nome próprio, e apenas 2 com importância astrológica.

Fumalsamakah Beta (β)18°52′ de Peixes
Al pherg Eta (η)27°06′ de Áries
Torcularis Septentrionalis Omicron (o)28°02′ de Áries
Alrisha Alpha (α)29°40′ de Áries

Fumalsamakah, Beta (β) Piscium, é a estrela localizada no Peixe que se move na direção Leste. O nome é árabe, Fum al Samakah, que significa “boca do peixes”.

Torcularis Septentrionalis, Omicron (o) Piscium é uma estrela localizada na corda ligada ao peixe do norte. Torcularis significa “cheio” em latim, e era usado também pra se referir a Adegas de vinhos.

Al pherg, Eta (η) Piscium, é a estrela mais brilhante da constelação de Peixes, não sendo ela muito brilhante porém, quando comparada a estrelas de outras constelações. Ela está localizada na cauda do Peixe que nada na direção norte. Seu nome babilônico era Kullat Nunu, que significa corda do peixe.

Alrisha, Alpha (α) Piscium, é a estrela alfa de Peixes, localizada no objeto que une as duas cordas dos Peixes da constelação. É ligeiramente menos brilhante que Al pherg, mas ambas são bem difíceis de se observar, a não ser em noites particularmente secas e escuras, sem poluição luminosa. O nome vem do árabe Al Risha, que significa corda.

Significado astrológico da Constelação de Peixes

As estrelas da constelação de Peixes (e não o signo) tem a natureza de Júpiter e Saturno. Significam vitórias as custas de dificuldades e sacrifícios. É uma mistura do terror causado por Tifão (Saturno) e o sucesso da fuga empreendida por Afrodite e Eros. Representa particularmente bem a jornada de Cristo, que é julgado e crucificado antes de ascender até o céu na mitologia Cristã.

Somente Al Pherg e Alrisha tem destaque na tradição astrológica, e ambas estão próximas longitudinalmente, atualmente entre 27° e 29° de Áries. Manilus diz ainda que as pessoas que são marcadas por essas estrelas serão amantes do oceano, e podem ter um talento natural para a navegação.

A constelação de Cetus

Cetus é uma grande constelação do hemisfério sul do céu sendo adjacente as constelações de Peixes e Áries. Aliás, durante um dia do ano (27 de março) o sol, astronomicamente, sai dos limites da constelação de Peixes e faz uma rápida passagem pela constelação de Cetus. Daqui a algumas centenas de anos o ponto vernal , que é o dia do equinócio da primavera, vai coincidir com essa região. Essa curiosidade é interessante pra mostrar a arbitrariedade das constelações, porque são um construto humano, uma forma de organização do céu que é arbitrária.

A constelação de Eridanus faz o limite sul de Cetus. Apesar de grande,Cetus não tem estrelas muito brilhantes, destacando-se somente 4 estrelas. Dessas, 2 de razoável importância pra astrologia: Deneb Kaitos e Menkar.

A palavra Cetus está diretamente relacionada a palavra Cetácea, a ordem de mamíferos a qual pertencem as baleias. Cetus é portanto uma Baleia, e seu nome em outros idiomas faz referência direta a isso.

Mitologia da Constelação de Cetus

A ideia original dos gregos é atribuir esta constelação ao terrível monstro marinho que foi enviado por Posseidon pra destruir a Etiópia, e que exigia em sacrifício a bela Andrômeda pra que o reino fosse poupado. Esse monstro foi destruído pelo herói Perseus, cuja constelação fica paralela a cetus, mas no hemisfério norte, do outro lado da constelação de Áries. Na verdade o casal Perseu e Andrômeda estão lado a lado na região oposta a de Cetus. O monstro foi morto ao olhar a cabeça da medusa, portada por Perseu, o que fez com que ele imediatamente se transformasse em pedra. Por esse e por outros motivos é que a natureza básica dessa constelação a associa ao planeta saturno.

Em outras culturas esse ideal de monstro marinho teve outras acepções. Uma das mais importantes é a divindade mesopotâmica, a deusa oceânica Tiamat, que era representada na forma de um monstro marinho ou dragão. Tiamat seria responsável pela criação de tudo o que existe, sendo uma entidade absoluta, doadora de vida. No livro de Jó a descrição feita sobre o leviatã o faz se assemelhar muito a ideia contida na mitologia grega, do monstro enviado por Posseidon.

Outra lenda aparece na bíblia e se refere a baleia que engole o profeta Jonas. A baleia dessa passagem bíblica é um cachalote, o maior animal carnívoro que existe no mundo, e que na época de Jonas habitava e era comum na região do Mediterrâneo (hoje não mais). A história não é completamente absurda, porque se sabe por exemplo que essas baleias carregam seus filhotes feridos na boca.

O cachalote também é personagem central de uma lenda contemporânea, Moby Dick. Curiosamente, a obra foi lançada em 1851. Neste ano os Planetas Urano e Plutão estavam passando pelo final do signo de Áries e formaram conjunção ao grau correspondente ao da estrela Mira , uma das mais importantes da constelação de Cetus, que ficava nesta época aos 29° de Áries. Saturno por sua vez passava também pelo terceiro decanato de Áries e formava conjunção com Baten Kaitos, outra estrela bem importante desta constelação. Cito esses planetas lentos por se tratar de uma manifestação cultural, de importância coletiva, e que carrega simbolismos paralelos ao das estrelas fixas tocadas pelos geracionais da época.

O leviatã também aparece na bíblia, sobretudo no apocalipse e foi uma imagem recorrente até pouco tempo atrás, associado pelos pescadores a monstros marinhos causadores de acidentes e naufrágios. O leviatã é encarado também como um demônio, um dos príncipes do inferno.

Entre os Vikings e celtas existiam lendas relacionadas a criatura conhecida como Kraken, representada não como uma baleia, mas como um polvo gigantesco. Acredita-se que a lenda do Kraken possa ser verídica a julgar pelo tamanho de algumas espécias de lulas colossais que ja foram encontradas. Essas lulas tem como predador natural justamente o cachalote, e diversos exemplares deste tipo de baleia são encontrados com ferimentos graves advindo das lutas contra esses gigantes. As lulas colossais podem chegar a impressionantes 15 metros.

O escritor de ficção H. P. Lovecraft traz uma lenda contemporânea muito interessante e que pode ser associada diretamente a temática desta constelação: Cthulhu, uma criatura marinha gigantesca, monstruosa, horrenda e causadora do mais profundo horror e desespero , manifestação da maldade , do ódio e da corrupção mais hedionda que possa ser concebida. Na realidade, Cthulhu seria uma entidade alienígena que vivia nas profundezas oceânicas da terra, adormecida antes mesmo de haver vida no planeta. A ideia do despertar de Cthulhu seria a ideia do despertar do mal, do fim e da destruição, e no universo criado por Lovecraft havia inclusive um culto empenhado em trazer a criatura a vida. Um filme recente foi muito inspirado nesta história, O monstro de Cloverfield, de 2008.

Índios amazônicos projetam nessa constelação um jaguar, que é associado ao deus das tempestades, furacões e calamidades naturais de uma maneira geral.

Anatomia da Constelação de Cetus

Cetus é a 4° maior constelação do céu, localizada no hemisfério sul, e ocupando uma área de mais de 1000 graus quadrados. Ela se localiza numa região do céu que é chamada de mar, porque é repleta de constelações cujas representações são criaturas marinhas ou relacionadas a água: Peixes, aquário, capricórnio, cetus, eridanus, Peixe austral, cisne, etc.

Veja abaixo uma lista com as estrelas de Cetus que são nomeadas:

Deneb Kaitos Beta (β)02°52′ de Áries
Baten Kaitos Zeta (ζ)22°14′ de Áries
Mira Omicron (ο) Ceti01°46′ de Touro
Kaffaljidhma Gamma (γ)09°43′ de Touro
Menkar Alpha (α)14°36′ de Touro
Posição das estrelas calculadas para 01/01/2021

Deneb Kaitos, Beta (β) Ceti, é uma estrela localizada na cauda do monstro marinho. O nome da estrela vem do árabe, Al Dhanab al Kaitos al Janubiyy, que significa a parte sul da cauda da baleia. Não é uma estrela muito brilhante, mas é a que mais se destaca na constelação, sendo hoje mais brilhante do que a alfa.

Baten Kaitos, Zeta (ζ) Ceti, é uma estrela amarela localizada na barriga de Cetus. O nome vem do árabe Al Batn al Kaitos, que significa a barriga da baleia.

Mira, Omicron (ο) Ceti, é uma estrela dupla e oscilante, cujo brilho varia ao longo do ano na madida em que seu sistema binários se movimenta. Especialmente quando observada no telescópio, exibi cores fortes que lembra joias. O nome vem do latim mirus, que significa maravilhoso. Fica localizada no pescoço de Cetus.

Kaffaljidhma, Gamma (γ) Ceti, é uma estrela localizada no olho esquerdo de Cetus. O nome é árabe, Al Kaff al Jidhmah, e na realidade serve para se referir ao conjunto de estrelas que se localiza na Cabeça de Cetus. Significa “a mão curta”.

Menkar, Alpha (α) Ceti, é uma estrela laranja localizada na boca aberta de Cetus. Também chamada de Minhar, vem do árabe Al Minhar, e significa nariz. É a estrela mais importante e mais conhecida devido a sua posição ser a mais norte da constelação. No dia 21 de dezembro, solstício de verão do sul e inverno no norte, ela aparece culminando logo após o por do sol.

Significado Astrológico de Cetus

De modo geral, Cetus é uma constelação maléfica, que simboliza medos irracionais e dificuldades. Sua natureza é semelhante a Saturno e assim se manifestam todas as suas estrelas. Cetus é quase como uma lição , pra apendermos que por maior que pareçam os problemas, não é uma atitude temerosa e a paralisia que vai nos ajudar a vence-los. As pessoas que nascem sob os auspícios dessa constelação são dotadas de disciplina e cautela, talvez em excesso, e podem precisar enfrentar sentimentos melancólicos e uma tendência a paralisar diante das dificuldades.

Deneb kaitos tem natureza saturnina, está relacionada a autodestruição em diversos níveis e a melancolia. As pessoas afetadas por essa estrela podem se mostrar mais cautelosas e temerosas em relação a vida, podendo apresentar diversas formas de inibições, a depender do planeta que faz o contato.

Baten Kaitos é outra estrela não muito positiva, numa aparente alusão a história de Jonas que foi engolido e transportado pela baleia a sua revelia, essa estrela pode sugerir mudanças na vida que estão completamente fora do controle do nativo, especialmente mudanças geográficas. Também tem natureza de saturno indicando cautela e algumas inibições, mas não tanto quanto a estrela anterior.

Mira tem a natureza de Jupiter e saturno indicando perseverança, cautela e capacidade de solucionar grandes problemas com esforço e industriosidade. A pessoa tende a ser severa e rigorosa e pode ser autoritária. Por outro lado, pode indicar melancolia e grandes decepções e fracassos na vida em outro extremo. Hitler tinha o sol em conjunção com essa estrela.

Menkar é a boca do monstro. De natureza saturnina, indica perigo de atrair inimigos por motivos pequenos, limitações e impedimentos associados ao planeta que toca a estrela e preocupações ligadas a vivência daqueles temas. Essa é a estrela mais importante e mais brilhante da constelação, a estrela alfa. Ela pode sugerir temores, medos exagerados e um excesso de cautela que limita a pessoa .

A constelação de Andrômeda

Andrômeda é uma constelação localizada próxima ao equador celeste, no hemisfério norte do céu, paralela as constelações zodiacais de Peixes e Áries; Do lado oposto na parte sul está a constelação de Cetus. Mais ao norte de Andrômeda estão também as constelações de Cepheu e Cassiopéia, seus pais. ao lado de Andrômeda está a constelação de Perseus, seu herói e amado.

Todas essas constelações juntas fazem parte do mesmo esquema mitológico e estão intimamente relacionadas com as constelações de Peixes, Áries e Touro. Andrômeda particularmente é uma constelação que tem uma natureza muito semelhante a de Peixes, mas isso indo muito mais para o lado da exaltação de Vênus neste signo: é uma constelação venusiana por excelência. É a clássica representação da donzela indefesa que é salva pelo príncipe (Perseu) de uma fera terrível (Cetus).

Os mitos da constelação de Andrômeda

Andrômeda era filha do Rei da Etiópia, Cefeu, e de Cassiopéia. Cassiopéia era uma mulher descrita como fútil e vaidosa, e certa vez afirmou que era mais bela do que todas as Nereidas (divindades protegidas por Posseidon) , o que causou a ira do Deus das águas. Como punição, Posseidon decidiu enviar uma besta marinha gigantesca com a missão de destruir o reino da Etiópia. A condição para a não destruição da Etiópia era que Cefeu e Cassiopéia entregassem sua filha em sacrifício para Posseidon, que seria devorada pelo monstro.

Para salvar o reino, Cefeu não teve alternativa a não ser entregar sua filha. Assim Andrômeda foi levada para um rochedo na costa do antigo reino da Etiópia (que também englobava parte da Arábia em tempos antigos). Quando estava para ser devorada pelo monstro, Andrômeda é salva por Perseu que acabara de derrotar a Medusa e ainda portava a cabeça daquele monstro. Usando do poder diabólico da cabeça da Medusa, Perseu fez com que a Besta marinha olhasse nos olhos da Medusa, petrificando a fera. Assim Perseu quebrou as correntes que mantinham Andrômeda presa ao rochedo e a tomou como esposa, salvando, dessa forma, o reino da Etiópia da destruição. Andrômeda e Perseu criaram a linhagem que daria origem ao povo Persa, de acordo com a mitologia.

Anatomia da constelação de Andrômeda

Na direção da constelação de Andrômeda pode-se observar o objeto mais distante observável a olho nu no céu, a Galáxia de Andrômeda, nossa vizinha. Andrômeda não é tão difícil de se localizar , uma vez que se saiba pra onde olhar. Ela fica na região mais ao norte do céu, próxima de Peixes. Localizando-se a constelação de Pégasus (que forma um quadrado), Andrômeda forma uma espécie de linha reta prolongando-se a partir deste quadrado.

A melhor época pra se observar Andrômeda é a partir de Outubro quando ela fica visível logo após o por do sol. Suas principais estrelas estão neste prolongamento. Se o local onde se vai realizar a observação for razoavelmente livre de poluição luminosa, é possível se avistar a Galáxia de Andrômeda na direção desta constelação. Uma luneta ou binóculo ajudaria no processo de observação. Na região sul do Brasil (e qualquer local mais ao sul), a observação de andrômeda é comprometida pela proximidade dela com a borda norte no céu. Na medida em que se vai para o norte a constelação fica mais fácil de ser observada.

A maioria das estrelas de andrômeda são pouco visíveis. Mesmo tendo uma das maiores áreas de todas as 88 constelações modernas, ela apresenta poucas estrelas de destaque. Entretanto, além da galáxia de Andrômeda, outras galáxias (mais dependentes de telescópios) podem ser encontradas na área da constelação de Andrômeda. Veja abaixo uma lista com as estrelas de Andrômeda que são nomeadas:

Alpheratz Alpha (α)14°35′ de Áries
Vertex M3128°08′ de Áries
Mirach Beta (β)00°41′ de Touro
Adhil Xi (ξ)08°09′ de Touro
Almach14°31′ de Touro
Posição das estrelas calculadas para 01/01/2021

Alpheratz, Alpha (α) Andromedae, é uma estrela binária localizada na cabeça de Andrômeda. É uma estrela dupla e a mais brilhante da constelação. Ela fazia parte da constelação de Pegasus antigamente, tanto que seu nome , que vem do árabe Al Surrat al Farras, significa umbigo ou barriga do cavalo.

Vertex, na verdade a famosa Galáxia de Andrômeda , ou M31, sua designação astronômica, é uma galáxia localizada no ventre de Andrômeda. O nome vertex é uma designação tradicional usada hoje em dia apenas na astrologia. Era conhecida antigamente como a pequena nuvem ou a rainha das nebulosas.

Mirach, Beta (β) Andromedae, é uma estrela amarela localizada na cintura de Andrômeda. Já foi chamada de Ventrale (em latim) em representações antigas em função de sua posição ventral , próxima de onde seria a vagina de andrômeda. Quando Alpheratz era incluída na constelação de Pegasus, esta era a estrela mais brilhante de Andrômeda.

Adhil, Xi (ξ) Andromedae, É uma estrela localizada onde seria a barra do vestido de Andrômeda, na altura de suas panturrilhas. Seu nome vem do árabe Al Dhail, que significa a barra de um vestido

Almach

Significado Astrológico da constelação de Andrômeda

Andrômeda está diretamente relacionada a constelação de Peixes e também ao signo oposto, Virgem, e é uma representação clássica da Vênus nos moldes do eixo Peixes-Virgem: Entregue ao sacrifício, acorrentada a um rochedo, totalmente indefesa a espera do príncipe encantado. Não à toa, as estrelas desta constelação tem todas a natureza Venusiana, indicando beleza, capacidade de atração, carisma e dons artísticos. Essas estrelas representam o desejo, a volúpia e a forte possibilidade de o nativo não conseguir conter seus ímpetos sexuais, seja homem, seja mulher. É também indício de grande potencial de atração, especialmente se uma das estrelas principais estiver em algum elemento significador da aparência física. Também costuma atrair conforto material, especialmente se a estrela Alfa ou Beta estiverem relacionadas.

Alpheraz é a estrela Alfa e está localizada aos 14° de Áries nos dias de hoje. No céu, é a estrela que está mais próxima do quadrado de Pégasus. Essa estrela também tem outro nome, Sirrah. Esta localizada nos cabelos de Andrômeda, é significadora de grande beleza, carisma e popularidade.Alguns autores incluíam essa estrela na constelação de Pégasus mas a maioria a posiciona em Andrômeda.

A Galáxia de Andrômeda, também conhecida como Vertex (M31 NGC224) está localizada muito próxima da estrela Beta de Andrômeda, atualmente aos 28° de Áries. Na figura, a galáxia fica localizada próxima a região do ventre-vagina de Andrômeda. É encarada astrologicamente como um aglomerado estelar, e é interpretada da mesma forma, podendo simbolizar problemas de visão e algo como um véu a encobrir e confundir os assuntos relacionados aos planetas/ângulos tocados. Era chamada também de pequena Nuvem porque é esse o aspecto que tem quando observada a olho nu numa noite de céu limpo e tempo seco.

Mirach é a estrela Beta, e está localizada atualmente aos 00° de Touro. É quase tão brilhante quanto Alpheraz e os significados são bem parecidos, com a diferença de que essa é considerada um pouco mais benéfica, indicando fertilidade , sorte no casamento e sendo auspiciosa no quesito vida familiar.

Almach fica localizada na região do pé esquerdo de Andrômeda aos 14° de Touro nos dias de hoje. É a região que fica mais próxima de Perseus, sendo na região que passa por essa estrela, a constelação do triângulo e a constelação de Perseus que ocorre a chuva de meteoros das Perséiades. Por esse motivo os Chineses consideravam essa como uma região especialmente afortunada do céu, porque entendiam as estrelas cadentes como bons augúrios. Essa região era conhecida entre os chineses como “o grande general dos céus” e significava eminência, representando uma das mansões lunares da astrologia sideral chinesa. Na astrologia ocidental, Almach tem os significados básicos de andrômeda simbolizando carisma, atração física e sorte moderada nos assuntos venusianos, com possibilidade de aventuras extra-conjugais. das estrelas de Andrômeda, o forte desta não é exatamente na sorte matrimonial ou no carisma, mas no hedonismo e na capacidade de se extrair prazer da vida.

Mercúrio em Aquário ♒

Mercúrio está em Aquário, deixando o signo de Capricórnio. Ambos os signos são domicílios de Saturno, mas a diferença é que em Aquário Mercúrio possui a dignidade da triplicidade. Essencialmente, Mercúrio tende a ter uma natureza variável. Mas quando ele não está sob a influência de nenhum outro planeta , sua natureza é justamente como a de Saturno, como se ele fosse uma versão mais leve de Saturno. Em signos de ar, ambos os planetas, de natureza fria e seca se beneficiam, ficando, digamos assim, mais “animados” e menos pesados. Existem ainda alguns autores modernos que querem que a exaltação de Mercúrio seja em Aquário, mas o fato de Mercúrio ter triplicidade neste signo ja lhe concede poder o suficiente. A exaltação de Mercúrio na verdade é no signo de Virgem!

Com mercúrio em Aquário o intelecto se areja, se refresca e se dinamiza. A mente trabalha de forma criativa e original, e existe grande necessidade de se promover a quebra de moldes. As opiniões são sustentadas com veemência e teimosia, como se poderia esperar de um signo fixo, mas são capazes de mudar de forma  absoluta e completamente súbita, desde que ajam motivos racionais e suficientemente convincentes para tanto. É quase como se a pessoa jamais tivesse pensado de outra maneira, tamanha a firmeza que existe na forma de se construir opiniões. A opinião nova assume a posição da outra e a anterior é como se jamais tivesse existido. A consciência da mutabilidade das idéias é tipica do elemento ar, e um Mercúrio neste elemento vai mudar de posição sempre que isso fizer sentido, mas neste caso jamais  de forma temerária, impulsiva ou leviana, pela fixidez e pelo elemento racional inerente ao ar e que é muito bem aproveitado por Mercúrio neste elemento.

Outro aspecto importante de Aquário é o seu lado humano, que o torna diplomático, capaz de pensar sempre antes nos outros em detrimento do ego, mas de forma bastante idealista e elitizada. As mentes regidas por este mercúrio tendem a desenvolver um pensamento político bastante contestador, com ideias radicais, mas sempre muito racionais, pouco emotivas. O aspecto racional e lógico também é muito forte, indicando uma mente intuitiva, capaz de aprender rápido e com uma capacidade fantástica de ampliar sua visão observando as coisas sob diferentes perspectivas, sendo capaz de se colocar no lugar dos outros e de assumir uma posição de distanciamento intelectual total, e de relativizar situações, pessoas e ideias e encarar tudo de forma isenta e neutra.  

A mudança de Capricórnio pra Aquário promove uma mudança sensível nos ares, eliminando pessimismos e substituindo esses por um realismo mais saudável, ainda que idealista. A comunicação tende a fluir melhor, especialmente porque existe mais clareza e dinamismo pairando. O momento é positivo para o início de novas atividades intelectuais, pra escrever, pra “convencer” os outros de suas ideias desde que você se arme da lógica e do bom senso, já que as pessoas estarão mais abertas ao diálogo e até mesmo ao debate saudável, com as coisas descambando para o lado do extremismo mais raramente. É também tempo bom pra planejar mudanças com inteligência e temperança e se articular com o foco no futuro.

Acontece que neste ano teremos retrogradação de Mercúrio por este signo, numa situação interessante. Mercúrio vai percorrer todo o signo de Aquário e vai estacionar logo no começo do signo de Peixes. A retrogradação se dará entre 02° de Peixes e 18° de Aquário, com mercúrio permanecendo a maior parte do tempo em Aquário. É interessante porque Mercúrio primeiro entra no signo onde tem detrimento e queda, onde fica super enfraquecido e inicia a retrogradação ali, provavelmente criando problemas relacionados a natureza caótica, emotiva (e no caso de mercúrio) e também silenciosa do signo de Peixes. O movimento de retrogradação é um voltar no tempo a fim de se resolver problemas advindos de situações que acabaram ficando em aberto no passado recente. Para resolver os problemas criados em peixes e evitar o caos absoluto, temos que retornar a uma abordagem mais fria e distanciada, no signo de Aquário e resolver o que precisa ser resolvido pra só então mergulharmos no universo abstrato de Peixes, sem pendências.

Ingresso de Mercúrio em Aquário: 12/01/2014
Deixa aquário pra entrar em Peixes pela primeira vez: 31/01/2014
Estaciona aos 02° de Peixes e entra em movimento retrógrado: 06/02/2014
Ainda retrógrado, retorna para o signo de Aquário: 13/02/2014
Estaciona aos 18° de Aquário e volta a ficar direto: 28/02/2014
Deixa o signo de Aquário definitivamente por este ano: 17/03/2014

Jesus Cristo e Urano em Peixes

Uma das personalidades famosas que foi mais diretamente afetada ao longo da última passagem de Urano por Peixes em 2003, foi ele, jesus Cristo. Ele se tornou um rebelde inconseqüente e começou a aprontar loucas confusões e a viver divertidas aventuras por aí. Vejam só essa seqüência de imagens reveladoras:

Não quero nem pensar no que ele vai aprontar quando Netuno entrar em Peixes !

Sol em virgem com Ascendente em Peixes

A personalidade é um misto de caos e ordem, pragmatismo e confusão, virtude e permissividade, liberdade e constrição. Na verdade o que acontece é que espontaneamente o seu ascendente em Peixes faz de você uma pessoa meiga, doce, de convivência fácil, generosa, apegada à liberdade e permissiva ao extremo. Mas com o Sol em Virgem, os valores para os quais você da importância contradizem essa natureza, e em geral você tem um discurso pragmático, de quem parece ser muito exigente ou crítico, mas que no fundo não age de forma condizente com estes princípios. Em geral você é simpático, carismático e as pessoas querem estar perto de você, que tem uma influência que acalma e deixa qualquer um à vontade. Mas seu Sol em virgem provavelmente faz com que você não consiga entender o que as pessoas enxergam em você, porque é muito auto-crítico. Há uma forte tendência a negar as próprias qualidades e aumentar os próprios defeitos, e pior, permitir que outras pessoas façam isso. As características mais notáveis são o altruísmo, uma capacidade de ajudar o próximo sem esperar nada em troca e um lado muito compassivo em relação a quem sofre, uma habilidade de se colocar no lugar de quem passa por dificuldades ou sofre abusos que faz com que você automaticamente ajude quem considera que precise de ajuda. É necessário ao longo da vida adquirir a habilidade de resistir a pessoas donas de personalidades muito imperativas, e principalmente, aprender a resistir aos pedidos de ajuda, restringindo sua generosidade realmente a quem precisa e merece. É também importante aprender a iniciar coisas, já que pra você o mais fácil é atuar na manutenção e na conclusão de atividades iniciadas por outros.

Brian de Palma

Brian Russell De Palma (Newark, 11 de Setembro de 1940) é um cineasta norte-americano. Os seus trabalhos exploram principalmente temas de suspense, assassinato, e desordem psíquica, entre outros. Pelo seu estilo cinematográfico, De Palma é considerado por muitos como o sucessor de Alfred Hitchcock.

Georges Bataille

Georges Bataille (Puy-de-Dôme, 10 de Setembro de 1897 – 8 de Julho de 1962) foi um escritor francês, cuja obra se enquadra tanto no domínio da Literatura como no campo da Antropologia, Filosofia, Sociologia e História da Arte. O erotismo, a transgressão e o sagrado são temas abordados em seus escritos. A obra de Bataille atravessou campos diversos, da literatura à filosofia. Considerado como um dos escritores mais polêmicos e originais do século XX, transitava entre os boêmios na cena intelectual parisiense, além de trabalhar como arquivista da Biblioteca Nacional de Paris durante décadas, sua obra foi marcada por duas experiências centrais – a experiência estética no âmbito do surrealismo e a experiência política ligada ao radicalismo da esquerda.

Sol em Leão e Ascendente em Peixes

Sua imagem é carismática, você se mostra como uma pessoa compassiva, tranqüila, acolhedora e simples. Por outro lado, é também confiante e tem bastante fé na vida, sabe o que quer e faz o que precisa ser feito em nome dos seus sonhos. Você acaba meio que enganando as pessoas com uma imagem de total desligamento, alheamento, como se não estivesse fazendo nada pela própria vida. No fundo você está fazendo sim, e muito, mas é porque você é muito sutil, desliza suavemente de forma quase incógnita e não é de ficar cantando vitórias ou se gabando após as conquistas: Mantém sempre uma postura humilde. É uma pessoa romântica e sua imaginação é muito viva, sua criatividade é muito grande. Peixes no ascendente também leva a pessoa a se envolver com enganos, e dada a ingenuidade do Sol em Leão, você precisa frequentemente se policiar para não acreditar no conto do vigário, mas existe o risco de você mesmo, dada sua imaginação ser capaz de convencer as pessoas do que quiser. Na realidade seria um excelente ator ou atriz, e na vida pode agir como tal, sendo dissimulado ou camaleônico e manipulando facilmente as pessoas. Um grande problema no seu caso diz respeito ao conflito natural entre o Ascendente em peixes e o Sol em Leão. O Sol em Leão da prioridade para si mesmo, para os seus problemas e interesses e no geral tende ao egoísmo. O Ascendente em Peixes, por outro lado, leva você a se preocupar sempre com um bem maior, a estar conectado com a dor alheia, com o sofrimento coletivo. Você enxerga claramente o tamanho dos problemas insolúveis que existem no mundo e o tamanho do sofrimento das pessoas que lhe cercam, e tende a cuidar pouco de si, como se os seus problemas não tivessem importância nenhuma. Você pode se dedicar a resolver coisas para os outros e se esquecer completamente de si, o que não é nem um pouco vantajoso porque no final das contas ninguém cuida da sua vida por você! Pense nisso. 
Antonio Banderas

osé Antonio Domínguez Banderas (Málaga, 10 de Agosto de 1960) é um ator, produtor, cantor e diretor espanhol de cinema.Foi futebolista antes de ingressar na carreira artística.
É casado com a também atriz Melanie Griffith, que conheceu durante as filmagens de Quero Dizer que te Amo. O casal tem uma filha, Stella, nascida em 24 de dezembro de 1996.
É amigo pessoal do cineasta Pedro Almodóvar e esteve em vários filmes do diretor, como Matador, Ata-me!, Mujeres al borde de un ataque de nervios e La ley del deseo, entre outros. Só depois de atuar em vários filmes europeus é que o ator estreou em filmes comerciais dos Estados Unidos, como A Máscara do Zorro e outros filmes de ação.
Estreou na direção com Loucos do Alabama, em 1999.

Whitney Houston

Whitney Elizabeth Houston (Newark, 9 de agosto de 1963) é uma cantora, compositora, produtora musical e teatral e atriz norte-americana, uma das mais populares e famosas artistas das décadas de 1980, 1990 e 2000, recebendo vários Grammys, American Music Awards, Billboard Music Awards, Emmys, um MTV Video Music Award, um MTV Movie Award, um MTV Europe Music Award e o especial Legend Award. Influenciou a carreira de várias artistas como Kelly Price, Mariah Carey, Christina Aguilera, Beyoncé Knowles, Jessica Simpson, Alicia Keys, Leona Lewis, Jennifer Hudson e outras cantoras da música Pop e R&B.
Em 24 anos de carreira Whitney Houston já vendeu mais de 190 milhões de discos em todo o mundo, sendo 54 milhões somente nos Estados Unidos e 70 milhões de singles de acordo com a Recording Industry Association of America (RIAA), sendo uma das cantoas mais bem sucedidas.
Ela é classificada como a quarta melhor artista feminina de vendas nos Estados Unidos pela RIAA, com 54 milhões de álbuns certificados.
Em toda a sua carreira, Whitney Houston já recebeu mais de quatrocentos prêmios, sendo a cantora mais premiada da história, não igualada até os dias de hoje, certificada pelo Livro Guinness dos Recordes (Guinness World Record) em 2006.
Recentemente, Whitney foi incorporada na seleta lista dos “100 melhores cantores de todos os tempos”, realizada pela renomada revista “Rolling Stone”, ocupando a trigésima quarta posição, sendo a artista melhor colocada de sua geração.
É reconhecida em todo mundo por ter uma das vozes mais lindas de todos os tempos, além de uma grande habilidade vocálica que incluem uma imensa potência, melismas e vibratos sendo considerada uma voz única e lendária.

Robert Redford

Charles Robert Redford Jr. (Santa Mônica, 18 de agosto de 1936) é um ator e diretor de filmes estadunidense, atuante principalmente nas décadas de 60 e 70, quando era considerado um dos maiores sex symbols masculinos do cinema americano.
Como ator, estrelou alguns dos maiores sucessos de Hollywood da época, como “Caçada Humana/Perseguição Impiedosa”, “Butch Cassidy and the Sundance Kid”, “Descalços no Parque”, “Os Três Dias do Condor”, “Jeremiah Johnson”, “Golpe de Mestre/A Golpada”, “Todos os Homens do Presidente”. Ainda atua nos dias atuais, tendo feito recentemente dois filmes de sucesso popular, “Proposta Indecente” e “Jogo de Espiões”.
Como diretor consagrou-se ao receber o Oscar de melhor diretor por “Gente como a Gente”, de 1980, mas também realizou “Rebelião em Milagro” onde dirigiu a atriz brasileira Sonia Braga.
No fim dos anos 80, Robert Redford criou o maior festival americano de filmes independentes, o Sundance Film Festival.

Sol em Câncer e Ascendente em peixes

Você tem uma personalidade envolvente, sutil e muito intuitiva. É uma pessoa carismática, que atrai simpatia com facilidade por ter uma postura simples, humilde e desinteressada, sendo uma pessoa discreta, ‘deslizante’ . Pra você os vínculos emocionais tem uma importância tão grande que você seria incapaz de viver sem o amor e sem os laços familiares que são pra você fundamentais. Você tem uma necessidade profunda de pertencer a uma família, daquele convívio próximo, do compartilhar de um cotidiano com outras pessoas e principalmente do sentimento de proteger e de ser protegido. O amor tem uma importância grande em sua vida, você é uma pessoa romântica e com uma avassaladora necessidade de intimidade e de prazer. Por outro lado existe um aspecto confuso e nebuloso em sua personalidade, que o torna ‘escorregadio’ e vago na sua forma de se expressar. É como se você ‘se fingisse de morto pra pegar o coveiro’, como diz o ditado popular: Sua aparente ‘ausência’ da realidade é muitas vezes uma artimanha pra que você possa agir com maior liberdade, nos bastidores, sem o olhar cobrador e julgador das pessoas, sem atrair negatividade para os seus assuntos e pra que consiga executar os seus planos em paz. Além das suas necessidades emocionais muito intensas você tem também uma forte necessidade de isolamento do restante do mundo sem a qual não consegue recompor suas energias. É possível que sua criatividade e forte imaginação o inclinem para algum tipo de arte. Essa combinação indica ainda uma forte inclinação para a espiritualidade, caso outros fatores do mapa confirmem esta tendência.

Ringo Star

Richard Starkey Jr., MBE, (Liverpool, 7 de Julho de 1940 às 00:05), mais conhecido pelo seu nome artístico Ringo Starr, entrou para os Beatles após substituir o baterista Pete Best, ficando nos Beatles até a separação do grupo em 1970. Ringo é conhecido pelo seu estilo seguro de tocar e pelos seus toques de originalidade. O apelido Ringo surgiu por causa dos anéis que Ringo gostava de usar (ring quer dizer anel em inglês). Ele também é vegetariano e canhoto assim como outro integrante dos Beatles, Paul McCartney.

Fernanda Lima

Fernanda Cama Pereira Lima (Porto Alegre, 25 de junho de 1977 às 00:00) é uma modelo, apresentadora de televisão e atriz brasileira.

Page 1 of 2

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén