Categoria: técnicas Page 1 of 2

Dignidades e Debilidades Acidentais pela condição de movimento dos planetas

A velocidade dos planetas é um fator importante para determinar seu nível de dignidades acidentais. Quanto mais rápido o planeta , tanto melhor . Cada planeta tem uma velocidade a depender do ponto em que ele se encontra em seu ciclo sinódico, com a existência de ciclos de retrogradação (com exceção dos luminares) e alterações menores causadas pelo nível de proximidade do planeta em relação ao sol, que também modificam seu movimento.

PlanetaRápido (+2)Lento(-2)
Sol não se aplicanão se aplica
Lua13°30′ ou mais12°30′ ou menos.
Mercúrio1°30′ ou mais 1°00′ ou menos
Vênus1°10′ ou mais0°50′ ou menos
Marte0°40′ ou mais0°30′ ou menos
Júpiter0°10′ ou mais0°05′ ou menos
Saturno0°05′ ou mais 0°02′ ou menos

Vamos entender melhor o movimento de todos os 7 planetas visíveis para entendermos como aplicar as regras de dignidade de acordo com o movimento.

O sol

O Movimento do Sol na realidade é produzido pelo movimento da própria terra em seu movimento de translação. A terra, assim como todos os planetas, tem uma órbita elíptica, o que faz com que a passagem do sol pelos diferentes signos tenha uma velocidade ligeiramente diferente. Assim, a duração de cada estação do ano também é diferente, e tem durações diferentes nos hemisférios norte e sul.

Quando está por volta de 08° – 13° de Capricórnio, o sol atinge uma velocidade diária de 1°01’10”. Depois disso vai perdendo velocidade gradativamente até chegar em sua velocidade média, que é de 59’00” quando o sol está em torno do segundo decanato de Áries. A partir de 17° de Áries ele começa a andar a menos de 59′ por dia. Quando chega em Câncer, o sol chega a andar 57’12” por dia. Ele se torna mais lento na medida em que entra em Leão. Quando o sol chega em libra, ele assume a mesma velocidade que tinha em Áries , por volta de 59’00” por dia e começa a acelerar.

A diferença é realmente pequena entre a velocidade máxima e mínima, por isso o sol não é considerado beneficiado se estiver mais rápido nem prejudicado se mais lento. Mas ainda assim percebemos que existe uma diferença, que é o suficiente pra nos forçar a adotar um calendário que tem meses com durações diferentes e anos bissextos para corrigir as pequenas diferenças cumulativas resultantes.

Assim, o sol não é considerado quanto a sua velocidade, mas todos os outros planetas sim. Até porque , como veremos mais adiante, a posição dos planetas relativa ao sol é determinante para seu movimento retrógrado como vermos adiante, com exceção da lua.

A Lua

A lua não é exatamente um planeta, mas um satélite que gira em torno do planeta terra. Por conta disso a lua não exibe movimento de retrogradação, que é algo característico de planetas que giram em torno do sol. Assim como a terra, a lua também possui uma órbita elíptica , e isso faz com que ela tenha velocidade variável.

Quando a lua está no apogeu ou em suas redondezas, percebemos ela mais lenta. Quando ela está no perigeu e em suas redondezas , percebemos ela mais rápida. A velocidade da lua pode variar de 11°50′ por dia a mais de 15°. Então não se trata de uma variação pequena como no caso do sol , é algo bem expressivo.

A velocidade média da lua gira em torno de 13° por dia. Quando a velocidade da lua ultrapassa 13°30′, ela é rápida. E iremos considerar a lua lenta quando sua velocidade for menor que 12°30′ por dia.

Por sorte, temos uma ferramenta visual para verificar onde está o ponto do apogeu da lua na maioria dos programas de Astrologia. Em alguns se chama Lilith, em outros black moon (ou lua negra) . Se a lua estiver a aproximadamente 70° ou menos de distância do ponto da lilith, significa que ela está Lenta. Quando ela chega a aproximadamente 110° de distância desse ponto ou mais , ela está rápida. Para maior precisão, confira no seu software, ou consulte a efeméride.

Mercúrio

Mercúrio é o planeta mais próximo do sol, e ele realiza por ano cerca de 3 voltas completas em torno do sol no tempo em que a terra realiza uma. Isso implica, do ponto de vista geocêntrico, que ele entra em movimento retrógrado. Isso ocorre sempre que Mercúrio passa na frente do sol. A conjunção que ele faz com o sol enquanto retrógrado se chama “conjunção inferior”. Alguns dias antes e alguns dias depois da retrogradação, Mercúrio se encontra mais lento que o normal. Na medida em que se aproxima da sua conjunção superior, ele vai ficando mais rápido.

Consideramos Mercúrio lento quando ele está andando menos de 1° por dia, e consideramos rápido quando ele anda mais de 1°30′ por dia. A velocidade máxima de Mercúrio pode passar de 2° por dia dependendo do signo. Quando encontrar mercúrio retrógrado, você não precisa ponderar se a velocidade dele é rápida ou lenta porque a retrogradação em si já é debilidade o suficiente. Isso sobre a retrogradação vale para todos os outros planetas.

Vênus

A Mecânica de Vênus é muito parecida com a de Mercúrio, com a diferença sendo a velocidade dos dois. A cada 8 anos, vemos Vênus retrógrada por 5 vezes, e isso sempre ocorre em épocas de conjunção inferior. No caso de Vênus, consideramos ela lenta quando anda menos que 50′ por dia. E consideramos ela rápida quando ela anda mais que 1°10′ por dia.

Na prática, notaremos que ela passa a maior parte do tempo andando ao redor de 1° por dia, se mostrando bastante regrada. Encontramos ela lenta somente algumas semanas antes e depois da retrogradação, e encontramos ela rápida durante boa parte do seu trânsito, sempre durante as conjunções superiores e também alguns meses antes e depois delas acontecerem. Ela nunca anda mais rápido do que 1°15′ por dia.

Marte

Com Marte, o ciclo de retrogradação é diferente, porque marte tem uma órbita exterior a da terra. O planeta vermelho leva quase o dobro do tempo da terra para realizar uma volta em torno do sol. Por isso, percebemos o movimento de retrogradação de Marte a cada 2 anos aproximadamente.

Marte fica lento normalmente quando ele entra na orbe de quadratura com o sol e continua perdendo velocidade até ficar retrógrado. Depois da retrogradação, ele segue lento novamente, e permanece assim até a quadratura minguante. Marte fica rápido normalmente entre o sextil minguante e o sextil crescente, passando pela conjunção.

Marte é considerado rápido quando anda a 40′ por dia ou mais. Ele é considerado lento quando anda a 30′ por dia ou menos.

Júpiter

Júpiter é um planeta mais lento , que leva cerca de 12 anos para completar uma órbita ao redor do sol. Isso faz com que ele entre em retrogradação praticamente todo ano ao redor da quadratura e trígono com o sol. Ele fica rápido geralmente quando está mais próximo do sol , a 60° de distância ou menos.

Se Júpiter estiver andando 10′ por dia ou mais, ele é considerado rápido, e se estiver andando 5′ por dia ou menos, é considerado lento.

Saturno

Saturno é ainda mais lento do que Júpiter , levando cerca de 29 anos para completar uma órbita ao redor do sol. Ele é considerado lento quando entra em orbe de quadratura crescente com o sol, até o momento em que fica retrógrado. Quando sai da retrogradação, é considerado lento até sair da orbe de quadratura minguante com sol .

Se saturno estiver andando 5′ ou mais por dia, ele é considerado rápido. Se estiver andando 2′ ou menos por dia, está lento.

Retrogradação

O planeta é considerado debilitado quando retrógrado, e é considerado excepcionalmente debilitado quando estacionário. O estacionamento em horária é uma forma de proibição por exemplo, a não ser nos casos em que se espera que algo seja interrompido, em que daí sinaliza de forma positiva. Mas raramente um estacionamento é um bom sinal. Significa que o planeta vai ficar ou lento ou retrógrado, em outras palavras , ou ruim ou péssimo.

A retrogradação implica que você não tem que se preocupar em medir a velocidade do planeta, porque ele normalmente estará lento, e em movimento negativo. Ela já é debilidade o suficiente. PLANETAS RETRÓGRADOS ESTÃO DEBILITADOS, E PERDEM -5 PONTOS DE FORÇA.

O sol e a lua estão sempre diretos, então eles não se aplicam a esta próxima regra: OS PLANETAS MERCÚRIO, VÊNUS, MARTE , JÚPITER E SATURNO SÃO CONSIDERADOS DIGNIFICADOS QUANDO EM MOVIMENTO DIRETO, E GANHAM +4 PONTOS DE FORÇA.

Dignidades e Debilidades Acidentais por casa astrológica

Uma das formas de se verificar a eficácia de um planeta tanto na Astrologia Horária quanto na Natal , é verificar sua posição nas casas astrológicas. As casas concedem diferentes níveis de poder, e isto está relacionado ao papel de cada uma delas. Nesse sentido, a análise das Dignidades e debilidades Acidentais por casa são importantes para entender o potencial de atuação de um planeta.

Casas Angulares, Sucedentes e Cadentes

As casas angulares são as mais importantes, portanto são as que concedem mais força para os planetas de uma maneira geral. Elas sintetizam o tema do quadrante que elas iniciam, e estão ligadas aos assuntos mais importantes como a personalidade e saúde (1), lar e família (4), casamento e vida social (7), carreira e imagem pública(10).

Já as casas sucedentes são desdobramentos materiais e consequências diretas dos assuntos da casa angular que elas estão sucedendo. O nome é indicativo desta “continuidade” na temática iniciada e portanto elas tam um sentido de complementação dos assuntos da casa anterior. Elas tem força média e representam assuntos importantes : Posses materiais(2), filhos e diversão (5), trocas, heranças e perdas (8), ganhos, prêmios e amizades(11).

As casas cadentes são desdobramentos abstratos e consequências indiretas dos assuntos da casa angular do quadrante que elas estão finalizando , e representam a finalização daquela temática. Podem ser um pouco mais difíceis de entender e geralmente tem menos importância. Representam comunicação e relações circunstanciais(3), rotina e problemas de saúde(6), religião, viagens e ensino superior(9), inimigos ocultos e isolamento(12).

Este tema ja foi discutido no site a muito tempo atrás, portanto é interessante reler os seguintes artigos:

Casas Benéficas ou Maléficas

De uma maneira geral, As casas que aspectam o ascendente são benéficas : 1, 3, 4, 5, 7, 9, 10 e 11. As casas que não aspectam o ascendente são maléficas: 2, 6, 8 e 12. Porém, não é assim tão simples:

As casas angulares formam aspectos tensos com o ascendente , então não podemos chamar elas de benéficas por natureza. Elas beneficiam os planetas colocados ali, mas regem assuntos que são considerados neutros . Podemos dizer que essas casas são potentes. Elas conferem dignidades acidentais mais altas do que as demais casas.

No caso das sucedentes, duas são claramente benéficas, a 11 e a 5. Mas entre a 2 e a 8, a tradição qualifica a 2 como benéfica (por reger o dinheiro) e a 8 como maléfica. No caso das cadentes, a 3 e a 9 aspectam o ascendente e são benéficas, porém, não deixam de ser fracas. As casas 6 e 12 além de fracas são maléficas, e são as piores casas. De modo geral, as casas cadentes conferem poucas dignidades (no caso da 9 e 3) e muitas debilidades acidentais por casas, especialmente no caso da casa 12.

Tabela com as Dignidades e Debilidade Acidentais por casa

Explicada a hierarquia que existe entre as casas , além de sua natureza maléfica ou benéfica, vamos ver como ficam as dignidades acidentais de um planeta qualquer que cair em cada uma das 12 casas na tabela abaixo, com as casas listadas em ordem de potência listadas por Lilly no Astrologia Cristã, página 115:

casa 1 e casa 10+5
casas 4, 7 e 11+4
Casas 2 e 5+3
casa 9+2
casa 3+1
casas 8 e 6-2
casa 12-5

A aplicação disso é que qualquer planeta colocado numa casa sera potencializado ou debilitado de acordo com os valores mostrados nesta tabela. Outros autores tem outras opiniões a este respeito, aqui estou apenas mostrando a opinião de um autor , William Lilly no caso, e são esses valores que eu adoto. Note que os números servem no final das contas mais como elemento de comparação do que necessariamente atributo de valor. Aqui estabelecemos uma hierarquia que é de importância crucial para algumas questões horárias.

Domínio e Júbilo dos planetas sobre as casas

Cada planeta tem domínio sobre uma ou duas casas, e tem júbilo em uma das 12 casas. Entretanto, não podemos entender esse domínio ou júbilo como dignidades e debilidades acidentais por casa. Um planeta que está na casa que é seu Júbilo pode na realidade ficar enfraquecido se essa casa for a 12 por exemplo. É o que acontece com Saturno na 12, por exemplo. A casa 12 tem natureza de Saturno na 12, mas isso não quer dizer que a experiência de Saturno na 12 seja positiva.

Esse conhecimento é mais útil nos casos em que você quer um regente alternativo para uma determinada casa, sobretudo nos casos onde as opções mais óbvias já foram esgotadas por algum motivo. Também tem utilidade na astrologia natal, onde pra falar da temática de uma casa, você normalmente lê também os significados dos planetas que tem domínio ou júbilo ali, que são os significadores naturais. Veja a tabela:

CasaDomínioJúbilo
Casa 1SaturnoMercúrio
Casa 2Júpiter
Casa 3MarteLua
Casa 4Sol
Casa 5VênusVênus
Casa 6MercúrioMarte
Casa 7Lua
Casa 8Saturno
Casa 9JúpiterSol
Casa 10Marte
Casa 11SolJúpiter
Casa 12VênusSaturno

Note porém, que o domínio é dado pela ordem caldaica começando por Saturno na casa 1 e não tendo nenhum critério além desse. Entretanto, no caso dos Júbilos , você nota que Planetas maléficos tem Júbilo em casas maléfica e planetas benéficos tem júbilo em casas benéficas. Além disso, Mercúrio tem Júbilo na 1 porque ele é entendido como um dos significadores naturais da mente, personalidade e comportamento do nativo. Por fim, o sol e a lua tem Júbilo nas casas 3 e 12 , porque a 3 no caso da lua é a hora mais escura do dia, e a 9 no caso do sol, é a hora com mais sol, quando normalmente se atingem as temperaturas máximas de cada dia.

Dignidades Acidentais

As dignidades acidentais são dignidades dadas por outras condições ou fatores que não são a posição zodiacal. Como já vimos , as dignidades essenciais são associadas a posição longitudinal dos planetas, e são o domicílio, a exaltação, a triplicidade, os termos e a face. Existem ainda as debilidades essenciais, que são o detrimento, a queda e a condição de planeta peregrino, que é dada pela ausência de dignidades essenciais.

A dignidade essencial fala da estirpe , de qualidades inerentes a um determinado posicionamento, e tem mais relação ao quanto um planeta tem como potencial . A dignidade acidental porém, vai descrever o quão funcional é um planeta, o quanto ele realmente pode realizar independente de sua natureza essencial. As dignidades acidentais podem fortalecer planetas debilitados essencialmente, da mesma forma que as debilidades acidentais podem enfraquecer planetas dignificados essencialmente.

Existem algumas categorias de dignidades e debilidades acidentais, e o conjunto de dignidades que eu vou informar aqui são as presentes no livro Astrologia Cristã, de William Lilly:

Dignidades e debilidades dadas pela posição por casa

As diferentes casas astrológicos dão diferentes níveis de poder para os planetas. Casas angulares dão muita força para todos os planetas , independente da afinidade dele com aquela casa. As casas angulares são a casa 1, 4, 7 e 10. As casas 1 e 10 dão mais força que a 4 e a 7.

Além disso, existem casas cuja natureza é considerada benéfica: Casa 2, 3, 5, 9 e 11. Essas conferem dignidades acidentais menores aos planetas. E existem casas cuja natureza é considerada maléfica: Casa 6, 8 e 12. Essas casas dão debilidades acidentais para os planetas.

Existe ainda a questão da afinidades dos planetas por casas, que não modificam o poder de atuação do planeta, mas ajudam com fatores interpretativos importantes.

Dignidades e Debilidades dadas pela condição de movimento do planeta

A velocidade dos planetas é um fator de dignidade acidental: Se está acima da sua velocidade média é considerado acidentalmente dignificado, se está abaixo está debilitado. Isso varia de acordo com cada planeta.

Além disso, com exceção do sol e da lua, os demais planetas podem estar retrógrados. O fato de um planeta estar direto concede a ele uma dignidade acidental, e quando está retrógrado uma debilidade acidental. Planetas estacionários são considerados particularmente debilitados.

Dignidades e debilidades dadas pela posição do planeta relativa ao sol.

Planetas que estão em relação crescente com o sol são considerados dignificados acidentalmente, e planetas em relação minguante com o sol são considerados debilitados acidentalmente. A forma de identificar isso varia conforme a velocidade normal de cada planeta. Se o planeta é mais rápido do que o sol, e está crescente, ele estará ocidental, isto é, aparecerá depois do sol no horizonte leste , ou antes do sol no horizonte oeste (poente). Se o planeta é mais lento que o sol, e está crescente, ele estará oriental, isto é, o sol que é mais rápido estará na frente dele. Isso será explicado em detalhes em artigo apropriado.

Além disso, A relação de proximidade com o sol confere dignidades ou debilidades . Se um planeta estiver a menos de 17° de distância o sol, ele está sob os raios do sol , e se estiver a menos de 8° de distância dele, está combusto. Se o planeta estiver no coração do sol , em cazimi, em aspecto partil de 17′ de orbe em relação ao sol, ele é considerado muito dignificado. Um planeta livre de combustão e raios do sol também é considerado dignificado.

Dignidades e debilidades dadas pelos aspectos dos planetas

Planetas em conjunção com Júpiter ou vênus,e em menor grau, em trígono ou sextil com um desses planetas , estão acidentalmente dignificados. Planetas em conjunção com Marte ou Saturno, e em menor grau , em quadratura ou oposição com um deles, está acidentalmente debilitado. Para Lilly, o aspecto precisa ser partil, isto é , 1° de orbe.

Um planeta que esteja colocado entre os dois maléficos é considerado debilitado. Essa condição se chama “sitiamento”. Para determinar se um planeta está sitiado é necessário levar em consideração a posição dos planetas por longitude e em ordem de posição.

Lilly considera os nodos lunares também. Ele diz que planetas em conjunção com o Nodo norte são dignificados, e os planetas em conjunção com o nodo sul estão debilitados.

Lilly também considera como dignificados planetas que estejam em conjunção com as estrelas Régulus (00° Virgem) e Spica(24° de Libra), e debilitados os planetas em conjunção com Algol (26° de Touro). Essas são as estrelas consideradas por Lilly.

Nos próximos artigos vamos entender como determinar exatamente essas dignidades acidentais.

Casas Cadentes

Esse terceiro artigo encerra o assunto do significado das casas astrológicas que foi iniciado com o artigo sobre casas angulares. Aqui vamos falar a respeito das casas cadentes. É aconselhável que você leia os artigos anteriores para compreender bem este tema. Pode acessar os botões:

As casas cadentes são as mais fracas em termos de potencializar a ação de um planeta. Cada quadrante do mapa é formado por uma casa Angular que dá inicio ao quadrante, e é seguido por uma casa sucedente, e finalizado por uma casa cadente. As casas cadentes são tão fracas que planetas colocados nelas, mas que já estejam a ao menos 10 graus de distância da casa angular seguinte, já sofrem mais a influência da casa angular do que da casa cadente.

Por exemplo, vamos levar em consideração o primeiro quadrante do mapa. Ele começa no Ascendente e na casa 1. Esse primeiro quadrante é o mais “individual” digamos assim, o que trata dos temas mais pessoais. A casa 1 é o carro chefe, pois fala do corpo e da personalidade, é a própria pessoal. Já a casa 2 fala a respeito da extensão material da pessoa , representando tudo o que lhe pertence: Seu dinheiro, seus bens, suas roupas. A casa 3 é uma extensão abstrata da pessoa, que não lhe pertence e também não faz parte dela pois fala mais do seu pensamento e comunicação.

Compreendendo as casas cadentes

Podemos definir conceitos pra entender ainda melhor como funciona cada tipo de casa:

  • As casas angulares personificam o tema de um quadrante
  • Casas sucedentes são a extensão física/material daquele tema
  • As casas cadentes são uma extensão abstrata do tema daquele quadrante

Por isso, as casas cadentes são as mais fracas. Elas tratam de assuntos que podem ser considerados secundários. Como ocorre com as casas sucedentes, algumas por aspectarem o ascendente são consideradas mais positivas enquanto outras, por não aspectarem o ascendente são consideradas negativas.

A hierarquia é a seguinte: Dentre as casas cadentes, a mais poderosa é a casa 9, porque além de aspectar o ascendente, está acima do horizonte. A casa 3 é a segunda mais poderosa, porque aspecta o ascendente apesar de se encontrar abaixo do horizonte. A casa 12 é a terceira, porque apesar de não aspectar o ascendente, ao menos está acima do horizonte. E por fim, a casa 6 é a mais fraca dentre todas as casas, porque além de ser cadente e de não aspectar o ascendente, se encontra abaixo do horizonte.

A casa 3

Esta casa representa algo que podemos chamar de “relacionamentos circunstanciais”. Todo o tipo de relacionamento sem importância, que temos somente por questões circunstancias e não por escolha própria portanto. Por exemplo: Irmãos, parentes, vizinhos, colegas de trabalho, colegas de classe, pessoas que sentam ao nosso lado no transporte coletivo.

Esta também é uma casa que fala a respeito de comunicação. Tanto a comunicação escrita, quanto a falada. E também os deslocamentos curtos, que fazemos a pé ou de carro, pelas redondezas. A distância não é tão importante, especialmente depois do advento dos aviões, o que conta é a noção de familiaridade. As viagens dessa casa não são pra conhecer novos locais, são pra ir onde costumamos ir.

Sendo assim, marte é o planeta que tem domínio nesta casa, porque ele é o significador dos deslocamentos rápidos e é o planeta que melhor simboliza os carros. Também é uma casa que fala a respeito de conhecimento e sabedoria, principalmente dos aprendizados mais rasos e cotidianos, ou dos níveis primários e secundários da escola. É uma casa de conhecimentos gerais. A lua, planeta da imaginação e que representa o aspecto do aprendizado da mente, tem seu Júbilo nesta casa.

A casa 6

A casa 6 representa somente assuntos desagradáveis. Pense em tudo o que existe de chato e desagradável na vida: essa casa personifica justamente esses assuntos. As doenças e não a saúde, são vistas nessa casa. Saúde e estilo de vida é um tema de casa 1, que trata do corpo.

Antigamente essa casa simbolizava escravidão. Mas pense em tudo que você tem que fazer na sua vida e pelo qual você não recebe : esses são os assuntos da casa 6. Lavar a roupa, limpar a casa, o quintal, tratar os animais pra quem os cria, etc. Se você tem dinheiro e pode pagar pessoas que façam essas coisas por você, então essa casa fala dos seus empregados.

Esta casa fala sobre animais de pequeno porte. Na astrologia horária, se você pergunta sobre um animal pequeno , esta casa é o significador. Entretanto, o conceito de pet é um tema que se entrelaça com o tema filhos na vida de algumas pessoas. Sobretudo na astrologia natal, a casa 5 pode ajudar a entender melhor algumas nuances desse tipo de relação.

Todos os pequenos problemas da vida são assuntos dessa casa, que é o Júbilo de Marte e que por isso esta associada a brigas e discussões banais também. Mercúrio é o planeta que tem domínio sobre esta casa, porque é o planeta que personifica os “servos”.

A casa 9

Esta casa é muito parecida com a 11, se pensarmos nos efeitos dela. É a mais benéfica dentre as casas cadentes, e tem a mesma natureza planetária da casa 11. A casa 11 é domínio do sol e jubilo de Júpiter. Já a casa 9 é domínio de Júpiter e Júbilo do Sol. Dentre as casas cadentes, esta é a que mais fortalece os planetas de maneira geral.

Esta é a casa que representa a religião, portanto trata de espiritualidade tanto quanto a casa 12. A questão é que a espiritualidade desta casa é uma boa espiritualidade. Aqui você reza e pede bênçãos. Pessoas que cultivam este hábito certamente tem um regente de sua casa 9 em boas condições, ou então uma casa 9 forte. E não precisa fazer parte de nenhuma religião pra rezar. Qualquer senda espiritual,compreensão maior ou aconselhamento que a pessoa busca entra na temática da casa 9. Se essas coisas funcionam ou não, isso não vem ao caso, o que conta mais são os efeitos positivos que essas atitudes têm na vida da pessoa.

Esta casa fala ainda do conhecimento superior, principalmente dos estudos associados a sua carreira. São os estudos que você fez com o intuito de aprender a fazer algo, voltados pro trabalho, porque a casa 10, da carreira, é a casa que vem logo depois dessa. Geralmente os estudos dessa casa são de nível superior, em universidade, mas nem sempre.

Outro assunto que vemos aqui são as viagens longas, que envolvem algum nível de exploração . E também fala do contato que você tem com as culturas estrangeiras e de tudo o que você aprende com isso. Também mostra se você é tolerante ou mais capaz de dialogar com alguém que pensa de uma maneira completamente diferente da sua.

A casa 12

Esta é a casa que fala do inconsciente, dos processos de auto-sabotagem, vícios etc. Descreve a atuação do nosso pior inimigo: nós mesmos. Em função disso, ela tem uma reputação terrível na antiguidade, significando os inimigos ocultos e a espiritualidade negativa.

Entretanto, os inimigos ocultos dessa casa podem também ser as pessoas que agem pelas nossas costas, nos invejam e atuam difamando a nossa reputação. Isso acontece porque essa casa não aspecta o Ascendente, mas aspectar a casa 10, que fala de nossa imagem pública. Ela ajuda a entender a fama que construímos em função da nossa atuação na sociedade.

Outra coisa da qual essa casa fala: o conceito de “perdição” empregado por muitas religiões. É nessa casa que encontramos nosso vício. O planeta que tem domínio sobre ela é justamente Vênus, e esta é a casa que representa as coisas boas da vida que nos desviam de nosso caminho. Saturno é o planeta que tem Júbilo nesta casa, e é ele o senhor da depressão. E todas as doenças psicológicas/mentais/espirituais são tema desta casa. Os retiros, isolamentos, prisões e internações também são temas dessa casa.

Casas Sucedentes

Neste artigo iremos conhecer os significados básicos das casas chamadas “sucedentes”. Antes de prosseguir, se ainda não leu o texto sobre as casas angulares,  leia ou releia o texto clicando no botão abaixo:

Como o nome sugere, as casas sucedentes recebem este nome porque elas são os setores do mapa que sucedem as casas angulares. É importante frisar que não existe correspondência entre signos fixos e casas sucedentes. Aliás, a lógica que permeia as modalidades dos signos é muito diferente da lógica que empregamos na classificação das casas.

No caso das modalidades, cada modalidade e totalmente diferente uma da outra representando um modo distinto de ação. Não existe um modo que seja melhor do que o outro, não é uma forma de classificação que fala em poder, mas que fala em diferenciação. É qualitativo e não quantitativo.

As casas sucedentes e a hierarquia entre os três tipos de casa

Quando pensamos nas casas, existe uma hierarquia muito bem definida. As angulares são claramente mais poderosas. Um planeta angular é sempre mais forte do que um planeta em qualquer outro tipo de casa, porque a angularidade prioriza e enaltece a ação representada pelo planeta que está angular. Já a casa sucedente tem força média: É mais fraca do que uma casa angular, mas é mais forte do que uma casa cadente. Essa é a base do sentido das casas. As cadentes são as mais fracas. Se particularizamos suas funções, pra cada situação deveremos pensar levando em conta a questão da hierarquia.

Por exemplo, se numa horária perguntam se determinado empreendimento vai ser durável, não é o posicionamento na casa sucedente que vai indicar a durabilidade, mas o posicionamento na casa angular, que maximiza a ação do significador. Se lhe perguntam se o resultado de um processo será rápido ou demorado, a casa angular indica o tempo rápido, a casa cadente indica um tempo lento ou que nem haverá solução, e a sucendente é um tempo médio. Não sei se ficou claro, mas a questão não reside necessariamente em torno de um significado intrínseco à casa, mas sim a questão da hierarquia.

As casas sucendente são a casa 2, 5, 8 e 11. Elas tem uma hierarquia de poder também. A casa 11, por aspectar o ascendente e por estar acima do horizonte, é a casa sucedente mais poderosa. Já a casa 5 é a segunda mais poderosa, por aspectar o ascendente também. A casa 2 é a terceira mais poderosa, por ser domínio de Júpiter; A casa 8 seria a mais fraca dentre as casas sucedentes. Vamos ver agora qual o significado básico de cada uma das casas:

Casa 2

A casa 2 representa o patrimônio, a riqueza pessoal de uma pessoa, representa tudo o que ela tem e a forma como ela administra o que tem. Olhamos a casa 2 pra entender como funciona, no geral, a questão da estabilidade financeira da pessoa: ela vai ter sempre o suficiente,  vai acabar vivendo problemas ou sempre vai ter dinheiro sobrando? ela sabota a si mesma nessas questões? Júpiter é o planeta que tem domínio sobre esta casa, e ele próprio é um significador geral das riquezas e da prosperidade na vida de uma pessoa.

É frequente se pensar nessa casa como a casa que representa a forma de se conseguir dinheiro, mas os ganhos são representados por diversas outras casas. Essa casa pode falar de lucros provenientes do que já se tem, como lucros provenientes de ações ou investimentos.  Geralmente casa 11 e Casa 8 representam ganhos já que a 11 é a casa 2 a partir da 10, e a casa 8 é a 2 a partir da 7. Mas é a casa 2 do mapa que vai falar de como a pessoa cuida daquilo que já tem. Numa interpretação mais psicológica, essa casa representa valores e está muito associada as noções de corpo e autoestima.

Casa 5

O significado básico desta casa é a diversão. Ela representa todos os prazeres da vida e a forma como a pessoa desfruta desses prazeres. Jogos, festas, namoros são temas básicos dessa casa. Esta casa rege a sexualidade, não somente sob o aspecto do prazer, mas também no aspecto da procriação, porque os filhos são assunto desta casa.

Vênus tem Júbilo e simultaneamente domínio nesta casa o que ajuda a explicar seus significados com mais clareza, já que Vênus é a senhora do hedonismo e do prazer. A casa 5 governa tudo aquilo que nós apreciamos artisticamente e todas as atividades de entretenimento que desempenham um papel em nossas vidas. Ela também descreve o tipo de amante que mais nos atrai no quesito sexual , e é ela que fala a respeito de filhos: da possibilidade de te-los, da quantidade e da forma como vamos se relacionar com eles.

Casa 8

Esta é uma casa maléfica e seu significado básico é a Morte. Não somente a morte da própria pessoa (este seria tradicionalmente o significado básico) mas também fala a respeito da experiência da morte de outras pessoas, de que forma a pessoa lidaria com perdas e despedidas também. É certamente uma casa que fala a respeito de crises. Fala também a respeito das consequências das mortes: por exemplo, de heranças ou legados. Ela é domínio de Saturno, planeta que fala sobre perdas e sobre a morte e principalmente sobre o sentimento de luto.

Como casa 2 a partir da casa 7, essa casa pode falar da fonte de renda de pessoas autônomas, que tem de lidar diretamente com seus clientes, e também dos recursos do parceiro ou de associados. Também fala do nível financeiro geral das pessoas que fazem parte de sua vida social. Na astrologia moderna esta é a casa da sexualidade. Mas a sexualidade aqui é algo muito mais ligado a taras, obsessões, e a um aspecto mais doentio da sexualidade. Até porque, esta é uma casa relacionada a segredos e vergonhas. A sexualidade em si, como fonte de prazer, seria um assunto da casa 5. Tudo o que é misterioso é assunto desta casa, e em certo sentido ela fala também de espiritualidade (especialmente em função da sua conexão com o mundo dos mortos).

Casa 11

Em contraste com a casa 8, esta seria uma casa benéfica, aliás, de todas a mais benéfica. De todas as casas sucedentes, esta é a mais poderosa. O domínio dela fica a cargo do Sol, e o planeta Júpiter tem seu Júbilo ali. Ela representa as amizades que a pessoa faz ao longo da vida, todas as pessoas que lhe ajudam de alguma forma e todo o tipo de ajuda que o universo oferece a pessoa. O dinheiro que “cai do céu”, por pura sorte ou mais frequentemente, em função de algum tipo de ajuda ou influência aliada.

Como casa 2 a partir da 10, representa o seu salário, o dinheiro que você obtém através da sua carreira e as relações que constrói em função disso. Também fala sobre as aspirações mais elevadas, sobre os sonhos, desejos e vontades como projeções futuras num sentido psicológico.

Leia a continuação:

Casas Angulares

Neste artigo vamos ver uma introdução sobre o que são as casas astrológicas e sistemas de domificação, e principalmente, vamos analisar em detalhes o que significa as casas angulares, que são na realidade as principais dentre os tipos de casas.

Planetas, estrelas fixas e signos formaram o protótipo inicial da nossa Astrologia, mas ela somente tomou a forma que ela tem hoje em dia a partir do momento que se estabeleceu o conceito de casas astrológicas. Algumas pessoas usam o termo “casas do zodíaco” que acaba sendo uma referência aos signos. Mas é importante ter em mente que casas e signos são conceitos completamente diferentes, é errada a associação direta entre esses elementos.

Aliás, cada casa possui associações planetárias específicas que muitas vezes não tem relação nenhuma com o conceito de “signo natural da casa”. Apesar disso, é possível associar cada signo a cada casa sim, mas cuidado, porque há uma diferença sutil entre dizer que a casa 1 corresponde a Áries e dizer que a casa 1 é igual a Áries. São duas coisas bem diferentes! E o planeta que tem domínio sobre a casa 1 é Saturno, justamente o planeta que tem queda em Áries.

As casas

As casas são o elemento terrestre da análise. Signos e planetas estão fora da terra, já as casas representam a própria terra. Por esse motivo elas representam as diversas áreas da vida humana, diferente dos signos que representam muito mais as diferentes fases de desenvolvimento cíclico natural, ou seja, não somente humano, mas temporal.

Todos os sistemas de casas dividem o céu a partir de determinados princípios. Varia o número de casas (inicialmente eram apenas os 4 ângulos, depois 8 casas, hoje em dia são 12) e o referencial do cálculo. Em alguns sistemas, as casas são estabelecidas a partir do ascendente de forma igual, e outros sistemas a divisão é desigual e leva em consideração variados fatores. Em outro post falarei mais especificamente da história por trás do surgimento das casas e dos diversos sistemas que existem a nossa disposição. Nesse post vamos nos concentrar no significado essencial das 12 casas que usamos atualmente na Astrologia Ocidental.

A maioria dos sistemas tem como pilares o meridiano local , que é a linha do eixo Meio do Céu (parte mais alta do mapa)/ Fundo do Céu (parte mais baixa do mapa), de Ascenção reta, e o paralelo local, que é uma esquematização da linha do horizonte do local onde se deu o nascimento. Nesta linha está o eixo Ascendente (leste) e descendente (oeste), de Ascenção oblíqua.

Casas Angulares

Geralmente as linhas do Ascendente e do Meio do céu são utilizadas como início das casas chamadas angulares, que são as mais poderosas e importantes, representando assuntos fundamentais onde normalmente se centra a vida da maioria das pessoas. Qualquer planeta posicionado numa dessas casas tem sua força ampliada, e os signos posicionados em suas cúspides representam elementos que são dominantes na vida da pessoa. As casas 1, 4, 7 e 10 são as casas angulares.

Casa 1

Essa é a casa mais importante dentre as casas angulares, porque é a casa que representa a própria pessoa, é a personificação do indivíduo representando seu corpo e sua personalidade básica. O planeta Saturno tem domínio nesta casa, enquanto Mercúrio tem Júbilo. Saturno é o planeta mais associado ao corpo físico, porque na filosofia tradicional, o corpo é encarado como o contentor do espírito, sendo a manifestação mais básica, rudimentar e mais primária da vida humana.

Mercúrio é um planeta associado a esta casa porque ele representa a mente, sendo esta a casa significadora da personalidade basicamente, apesar de este fator . Ter mais indícios em diferentes outros posicionamentos. Na verdade, o mapa em si é a representação do todo desta personalidade, mas esta é a casa que funciona como o “estandarte” da pessoa ou coisa.

O Ascendente é a cúspide desta casa na maioria dos sistemas, e qualquer planeta que esteja em conjunção a ele terá importância fundamental na vida da pessoa, mesmo que este planeta esteja na casa 12, mas ainda em orbe de conjunção. Qualquer planeta na casa 1 contaminará as interpretações relacionadas a personalidade e ao corpo da pessoa com seus significados, e as casas que este planeta rege terão importância especial por serem setores onde ocorre uma intensa identificação. O estado de saúde geral da pessoa também é representado pelo regente desta casa.

Casa 10

Em ordem de importância, podemos dizer que esta é a segunda casa mais forte dentre as casas angulares. A cúspide dela na maioria dos sistemas é o Meio do céu. Este é o setor que fala a respeito da reputação da pessoa. Enquanto a casa 1 fala da aparência e do comportamento da pessoa, a casa 10 fala dos elementos pelos quais a pessoa fica conhecida. Em outras palavras: descreve o tipo de fama que a pessoa vai ter, coisa que fica mais clara a medida que a pessoa cresce. Também é a casa que fala sobre o ofício, a ocupação da pessoa, e da posição que a pessoa ocupa em seu nicho social. Tradicionalmente esta é a casa que simboliza a mãe.

Marte é o planeta que tem domínio sobre esta casa, uma vez que é ele quem fala a respeito do trabalho. Nenhum planeta em específico tem seu Júbilo ali, mas podemos dizer que todos os planetas colocados na casa 10 serão imediatamente fortalecidos. Eles terão seus efeitos amplificados, e as coisas representadas por eles de alguma maneira irão impregnar o que se sabe a respeito da reputação da pessoa. Na falta de um planeta nesta casa, é o regente do signo que está na cúspide que responderá por ela.

Casa 7

Seguindo a ordem de importância, esta é a terceira casa mais forte e importante do mapa. Diz respeito ao casamento, ou a qualquer tipo de relacionamento afetivo importante travado pela pessoa, seja namoro ou que for, é a casa que vai personificar o “outro” , o duplo, o complementar da vida da pessoa. Também é a casa que representa os inimigos, já que o signo que se encontra na sua cúspide será sempre o signo oposto ao ascendente. Fala ainda de clientes, sócios e do público de modo geral.

A cúspide desta casa é o Descendente, o local onde todos os dias o sol e os demais planetas se põem. Planetas nesta casa vão representar o tipo de pessoa com quem nos relacionamos. Além disso, representa também o tipo de pessoa que vamos odiar, que serão os chamados “inimigos declarados”. Esses planetas ali posicionados também vão falar a respeito do público da pessoa, no caso de ela trabalhar com algo que envolva clientes ou plateias. Planetas ali terão o poder de aumentar ou diminuir os níveis de popularidade e descreverão o tipo de popularidade da pessoa. A lua é o planeta que tem domínio sobre esta casa, como significadora essencial do matrimônio e do povo, do público de modo geral.

Casa 4

Em ordem de importância ela é a quarta e também é a quarta na ordem de sucessão a partir do Ascendente. Esta casa representa a parte mais baixa do mapa e por este motivo esta associada aos fundamentos da vida. Fala do Pai, da família e dos antepassados de modo geral e está ligada a elementos fundamentais da vida, principalmente ao conceito de lar. Ela descreve como é a percepção do lar de origem e como a pessoa tende a construir seu próprio lar no decorrer de sua vida.

É uma casa associada a fins e inícios. De fato, adotamos contemporaneamente o conceito de mudança de data para o momento em que o sol está em conjunção a cúspide desta casa, sendo então o momento em que os dias morrem e nascem de novo. O sol é o planeta que tem domínio sobre esta casa, sendo esta justamente a casa que significa tradicionalmente o pai. A cúspide dela é normalmente o grau do Fundo do céu na maioria dos sistemas. Qualquer planeta nesta casa estará fortalecido, pelo fato de ela ser angular.

Leia também:

O uso dos geracionais na Astrologia Horária

Os planetas geracionais começaram a ser descobertos mais de um século depois da publicação de um dos livros que é considerado como um dos melhores e mais completos sobre Astrologia Horária até aquele momento, o “Astrologia Cristã”, por volta de 1647. No século seguinte , o movimento iluminista varre a Astrologia do cenário elitizado e político que ela costumava ocupar , e assim a astrologia perde fôlego e passa a ser cada vez menos praticada no mundo ocidental. Nesse cenário, em 1781, Urano é descoberto, e cerca de 70 anos depois é a vez de Netuno, e passados mais 80 anos, é descoberto Plutão em 1930.

Com o ressurgimento da astrologia em escolas esotéricas europeias entre final do século XIX e início do século XX, esses novos planetas passam a ser incluídos em análises astrológicas, e é quando eles recebem a alcunha de geracionais. Esse termo se refere ao fato de eles ficarem muito tempo em um mesmo signo, tendo uma velocidade de translação bem baixa, e por isso , parecendo mais lógica a utilização deles como representação das pessoas que nascem em uma determinada época, tendo sua importância diminuída em análises individuais.

Por conta disso, não existem regras tradicionais para o uso desses planetas , e alguns praticantes mais ortodoxos da astrologia optam por suprimi-los de suas análises, o que é uma opção válida, já que não existe necessidade do seu uso. Mas também não existe uma proibição, e na verdade, é papel dos astrólogos contemporâneos a exploração desses planetas em diversos tipos de análises astrológicos para que seus significados sejam melhor conhecidos. Como eles foram descobertos a relativamente pouco tempo, muito dos sentidos atribuídos a eles podem ser exagerados, ou subestimados. Até hoje, desde que foi descoberto, netuno completou apenas uma volta ao redor do zodíaco, e fez isso em 2009, enquanto que Plutão ainda nem chegou a metade do seu tempo orbital desde que foi descoberto.

E na verdade, muito do sentido construído ao redor desses planetas gira em torno de conceitos místicos, pouco práticos, sendo esses conceitos absolutamente inúteis para questões de Astrologia Horária, que tem uma conotação mais prática. Porém, alguns dos significados deles podem ser empregados na leitura horária em situações muito específicas: Quando um deles aparece em conjunção a um dos ângulos do mapa, quando aparece conjunto a cúspide da casa do quesito, ou quando aparece em conjunção com o querente ou quesito. Como eles não são visíveis a olho nu, eles não tem orbe própria, então o correto nesses casos seria adotar algo bem restrito como o que se usa para Estrelas Fixas maiores (em torno de 5°). O que eles trazem são informações adicionais, raramente suficientes pra se responder uma horária, a não ser em casos muito incomuns. Mas são elementos que enriquecem e completa a interpretação. Eles não recebem dignidades, jamais são usados como significadores e aspectos em relação a eles não devem ser levados em conta como evento, apenas como elemento descritivo. Além disso, somente conjunções devem ser levadas em conta para esse fim. Vamos ver abaixo o que eles podem significar :

Urano

Urano é o mais conhecido, o que foi descoberto a mais tempo e o que tem o menor tempo orbital dentre os três geracionais, por isso é o que termina trazendo mais informações úteis. Ele significa inovações, tecnologia e intuições. Ele está associado a acontecimentos disruptivos, divórcios e acidentes. Descreve comportamentos erráticos, imprevisíveis e que frustram as expectativas do querente, por serem eventos que vão contra a lógica previsível.

Netuno

Netuno significa ilusões, enganos e mundos fictícios: Ele está ligado ao cinema, a televisão e ao plano virtual. A presença de Netuno angular numa horária, pode indicar que o querente pode estar se apoiando em ilusões. Ele também sugere um elemento de fraqueza e fragilidade, se o significador do querente ou do quesito quando ele representa uma pessoa estiver em conjunção a Netuno. Se estiver no ascendente, o querente pode se auto-iludir, mas se estiver na casa 7, pode estar sendo enganado por alguém.

Plutão

Plutão simboliza poder , corrupção e coisas secretas. Enquanto Netuno sugere ilusões, Plutão sugere que o querente pode estar omitindo alguma informação importante, da qual ele sente vergonha ou não se sente à vontade pra compartilhar. Pode sugerir que ele não tem acesso a todas as informações pertinente , que alguém pode estar lhe escondendo alguma coisa , geralmente ruim. Os segredos e mistérios em Plutão normalmente existem para ocultar algo que iria incomodar bastante caso fosse facilmente exposto, por ser comprometedor.

Marte e Saturno – Os Maléficos na astrologia horária

Marte e Saturno são conhecidos como “maléficos” na astrologia tradicional. A razão disso pode derivar de sua qualidade em comum: a secura. Marte é quente e seco (colérico) e saturno é frio e seco (melancólico). Um representa violência , o outro paralisia. Um significa esforço , o outro significa resistência.O termo maléfico está menos relacionado a princípios morais, e mais ao dano potencial que eles podem simbolizar. Marte etá associado com a ira e simboliza a destruição via violência. Saturno está associado com a velhice , e simboliza a destruição por negligência , abandono ou pela ação inexorável do tempo, que faz as coisas envelhecerem e definharem.

Na astrologia horária, a presença de um dos maléficos angular na carta é um sinal de que , independente do desfecho apontado pelos aspectos dos regentes, tudo tende a terminar contrariando as expectativas do querente. Mesmo que consiga o que quer, o querente pode amargar um prejuízo ou revés(conflito no caso de marte, perda no caso de saturno). Quanto mais próximo de um ângulo o maléfico estiver , mais forte é esse testemunho. Se um maléfico for significador do querente ou quesito, é possível que a parte simbolizada por ele não tenha a melhor das disposições pra levar o assunto perguntado a cabo, a não ser que esse maléfico esteja fortalecido em suas dignidades essenciais, quando daí sua manifestação é mais produtiva.

Marte

Marte é o pequeno Maléfico, e tem a natureza oposta a de vênus (a pequena benéfica). Ele está associado com conflitos, com o trabalho , o esforço físico, os ferimentos e dores. Acidentes e doenças agudas caracterizadas por febres ou inflamações tem natureza de Marte. É um significador geral de cirurgia, já que ele preside os cortes. Geralmente simboliza homens de aparência viril (quando dignificado) ou feios e desagradáveis caso esteja peregrino ou debilitado. Está associado aos órgãos excretores , ao pênis , aos animais que são mais agressivos, as plantas que tem espinhos ou que causam reações alérgicas, ao ferro, a alimentos picantes e a cor vermelha.

Numa horária que envolver qualquer tipo de relacionamento, Marte em evidência é um sinal de desentendimento e conflito, a não ser que esteja dignificado (porque aí é capaz de se controlar melhor). Em horárias relativas a trabalho ele tende a funcionar bem porque ele tem associação natural com este tema. Mas é sempre mais desejável que ele esteja dignificado de alguma forma.

Marte tem afélio em Virgem. Significa que ele é em média mais lento nos signos de Leão, virgem e libra, e fica retrógrado neste signos com mais frequência do que nos outros. Ele é mais rápido em Aquário, Peixes e Áries. Essa velocidade aparente porém não tem a ver com sua velocidade relativa do ponto de vista terrestre, tem a ver com a velocidade da translação de Marte ao redor do sol. Ele fica retrógrado a cada 2 anos aproximadamente , e sua retrogradação dura apenas 2 meses num dos signos onde é mais rápido, mas pode durar quase 3 meses quando está em um dos signos onde é mais lento. Ele fica especialmente destrutivo quando retrógrado e ao redor dos seus estacionamentos.

Mesmo tendo natureza colérica, ele também se ressente de estar combusto ou sob os raios do sol. É um planeta superior , por ser mais lento do que o sol, sendo mais rápido do que Júpiter e Saturno. É um significador de atletas, cozinheiros, soldados, policiais e médicos, especialmente os cirurgiões.Nem todos os trabalhos são marcianos, mas em horárias ou eletivas relativas a qualquer tipo de trabalho ou empreendimento, um Marte forte é sempre um excelente sinal em favor do sucesso, porque ele fala na execução das coisas.

Saturno

Saturno é o grande maléfico. Assim como o deus romano, ele preside o tempo e está associado especificamente com a velhice e a maturidade. Saturno é um sinal de demora quando aparece em evidência em uma horária, as vezes porque alguém está resistindo aos acontecimentos, porque alguém tem medo de agir, porque algo está enfraquecido e não tem condições de dar o que se espera, porque alguém está agindo com o intuito de sabotar o êxito, enfim, as razões podem ser várias. Geralmente isso não acontece quando Saturno está dignificado, mas ele dificilmente significará rapidez seja lá qual for o cenário.

Saturno simboliza pessoas idosas, tanto homens quanto mulheres, apesar de ser um planeta masculino. Ele simboliza objetos antigos e bem conservados caso esteja dignificado, ou coisas velhas e caindo aos pedaços quando está em mal estado. Simboliza animais relacionados a morte como os abutres, ou que podem causar a morte, como os peçonhentos. Alimentos secos e ou amargos, os maus odores, árvores velhas ou que tenham aspecto sinistro, ou plantas venenosa. Rege coisas com coloração negra ou cinzenta. Ele é o planeta que rege os ossos , e simboliza doenças que causam grande sofrimento , que demoram a ser curadas, ou que levam invariavelmente à morte. Aliás, ele simboliza a morte.

Numa pergunta sobre coisas que naturalmente demoram a se processar como processos judiciais ou construções, A presença de saturno não é problemática , especialmente se ele estiver dignificado. Mas em assuntos onde se deseja um desdobramento rápido, a presença de saturno é sinal de que podemos ser frustrados quanto a rapidez dos eventos. Em horárias relacionadas a saúde ele também não é interessante de se encontrar em evidência, tanto representando o querente quanto representando a doença.

Ele é um planeta superior, e o mais lento de todos os 7, e sempre recebe aspectos, nunca os aplica, a não ser quando retrógrado em casos de aplicações mútuas aparentes. Ele fica retrógrado todo ano por cerca de 4 meses, ou seja, 1 terço do tempo. Ele é mais lento nos signos de Sagitário e Capricórnio, com seu afélio se localizando atualmente nos primeiros graus de Capricórnio. Leva aproximadamente 29 anos e meio para dar uma volta completa ao redor do sol.

Vênus e Júpiter – Os benéficos na Astrologia Horária

Vênus e Júpiter são chamados de “benéficos”. Vênus é a pequena benéfica, mais rápida, associada aos pequenos mas intensos prazeres, mais materiais e físicos. Júpiter é o grande benéfico, associado a viagens, a fé e a sabedoria. Benesses com uma característica talvez mais abstrata e genérica. Mas Júpiter também significa boa fortuna em diversos sentidos. Eles tem em comum o fato de serem úmidos : Vênus é fleumática, Júpiter é sanguíneo. Ao mesmo tempo, são temperados, isso é, suas características sempre surgem na medida ideal.

Qualquer um dos benéficos que aparecer angular, especialmente em conjunção a um dos ângulos do mapa (Ascendente, meio do céu, descendente ou fundo do céu) inclina a resposta de uma horária na direção positiva. Independente do que o querente conseguir ou não, tudo tende a terminar da melhor forma pra ele. Para isso eles nem mesmo precisam ser significadores. Também é bom sinal quando um benéfico é significador do quesito.

Vênus

Vênus é o pequeno benéfico. Simboliza uma expressão diurna do feminino (rege a triplicidade do elemento terra e água durante o dia), simbolizando mulheres jovens , dos 20 aos 30, no auge de suas vitalidades. Apesar da lua simbolizar a maternidade, é Vênus quem representa o sexo, ou o ato reprodutivo em si, e ela é uma significadora de fertilidade e magnetismo. Numa pergunta afetiva, que envolver uma mulher, vênus pode ser adotada como significadora. As pessoas simbolizadas por Vênus não são sempre mulheres, mas elas tendem a ser sempre bonitas, simpáticas, agradáveis, bem arrumadas, etc. Num sentido negativo, podem ser consideradas fúteis e materialistas.

As coisas simbolizadas por vénus tem coloração verde e ou suave, tons mais claros de qualquer cor, tons pasteis, cor de rosa, etc. Costuma simbolizar tudo o que é doce, que tem bons odores (especialmente adocicados), que é bonito, decorativo, artístico, que está associado a higiene, autocuidado e embelezamento. Costuma significar coisas pequenas e caras, como joias por exemplo. Sobremesas ou alimentos de sabor intenso e agradável. Drogas recreativas podem ser associadas a Vênus. Tudo o que é ligado a diversão, entretenimento, sexo e prazer é de Vênus.

A cada 1 ano e meio aproximadamente, temos uma retrogradação de Vênus. Mas ela jamais se afasta mais do que 48° do sol, e quanto mais longe dele, melhor se encontra, especialmente a mais de 17° de distância. Úmida em natureza, é como se ela desidratasse ao se aproximar demais do sol, enfraquecendo suas funções naturais.

Quando prominente em horárias relacionadas a conflitos, ela tende a indicar acordos e saídas pacíficas. Em horárias afetivas, aos desfechos positivos. Ela rege os rins , o pâncreas, o ventre e os órgãos reprodutivos, especialmente nas mulheres.

Júpiter

Júpiter é o grande benéfico, um dos planetas superiores e o maior do sistema solar. Não por acaso, ele simboliza coisas grande ou grandiosas, a fartura, a generosidade e a boa fortuna. Ele simboliza pessoas sábias, especialistas, magistrados, professores, líderes religiosos, embaixadores e diplomatas. Tem ligação com viagens por sua ligação com a casa 9 . É um planeta masculino, e que se alegra principalmente em signos masculinos, já que tem triplicidade tanto no fogo quanto no ar. Simboliza homens maduros, na casa dos 50 anos. Júpiter normalmente está ligado aos excessos e desperdícios num sentido negativo.

As coisas simbolizadas por Júpiter são geralmente grandes , as maiores num conjunto de coisas de tamanho variado. Está ligado a animais de grande porte como cavalos, touros, elefantes e baleias. Suas cores são os diversos tons de azul, violeta, roxo , magenta e vinho. No corpo rege o maior órgão, o fígado, aquele que normalmente se ressente dos nossos exageros. Odores agradáveis, mas suaves. Sabores temperados e equilibrados, texturas macias e leves ao toque. O cheiro de “novo” é o que temos que ter em mente ao pensar em Júpiter.

O ciclo de Júpiter é de 12 anos ao redor do sol, então raramente vemos Júpiter se aplicando a um planeta, normalmente ele faz isso somente com saturno, e faz isso de maneira bem lenta, então ele é um significador que atua de maneira mais passiva e receptiva. Todo ano ele fica retrógrado por cerca de 4 meses. Ele costuma ser mais rápido nos signos de Peixes, Áries e Touro, e mais lento nos signos opostos, Virgem, Libra e Escorpião, já que seu afélio fica no signo de Libra atualmente.

Em horárias profissionais, Júpiter em evidência significa aparecimento de oportunidades, que são valiosas na medida em que ele está dignificado. Ele é um sinal de êxito quando perguntamos sobre nossos sucesso em uma empreitada, e significa lucro e ganhos em negócios, mas simboliza coisas muito caras e inflacionadas se estiver simbolizando um objeto ou imóvel sobre o qual perguntamos.

O sol e Mercúrio na Astrologia Horária

O sol é a estrela do nosso sistema solar, ao redor da qual todos os planetas giram, mas é considerado um planeta na astrologia, sendo o luminar diurno. É um significador geral de figuras de autoridade . Já Mercúrio é o segundo planeta mais rápido do septenário, e em função de estar sempre muito próximo do sol (sempre a menos de 28° de orbe) é um significador geral de figuras subordinadas que auxiliam autoridades. Mercúrio é também o planeta que fica retrógrado com mais sequência (média de 3 vezes por ano).

O sol

O sol é um dos doadores de vida , onde ele emana a luz e o calor necessários para dar energia, alegrar e animar (enquanto a lua doa umidade). É , nesse sentido, um símbolo da vitalidade , da boa saúde e da força. É um dos regentes da triplicidade do elemento fogo , e tem domicílio no signo de Leão, e exaltação em Áries. É o luminar mais forte durante o dia , e tem associação com o masculino, com maridos (cônjuges do sexo masculino de uma maneira geral) , com o pai e com figuras de autoridade, centralidade ou que sejam “famosas” ou “importantes”. Está associado a beleza masculina e normalmente representa homens dos 20 aos 30, no auge da vitalidade.

O sol não é nem maléfico e nem benéfico , tudo vai depender da relação e da proximidade em relação a ele. Inclusive, diversas das dignidades acidentais tem relação com a posição do sol. Planetas combustos ou sob os raios do sol ficam extremamente enfraquecidos, como se suas funções fossem dominadas pelo sol. Por outro lado, planetas no “coração” do sol, numa condição conhecida como “cazimi”, ficam excepcionalmente fortalecidos. Além disso, planetas em tensão com o sol são considerados debilitados. É como quem é louco o bastante para desafiar frontalmente o rei. Da maneira similar, planetas em harmonia com o sol ficam bem . Outra condição que pode alterar a força dos planetas é se eles estão em aplicação ou afastamento em relação ao sol.

A natureza do sol se modifica a depender da estação do ano. Mais quente no verão, mais úmido na primavera, mais frio no inverno, mais seco no outono. Isso é mais relevante porém em astrologia natal, mas é um fator interessante de se ter em conta quando o sol aparece como significador. Quando ele representa alguém, ele representa pessoas importantes , que tem poder, autoridade ou fama. Pode representar tanto homens quanto mulheres, mas é mais comum que represente homens. Quando ele representa coisas, geralmente são coisas belas, caras, e tem cores vivas, vibrantes como amarelo, laranja e tons de pardo e dourado. Em qualquer matéria , geralmente vai representar as coisas mais nobres: Os alimentos mais caros e desejados, as partes do corpo mais nobres (coração e cérebro) e os animais que normalmente nos remetem a realeza: Leão, águia, crocodilo, etc;

O sol regula a velocidade dos planetas superiores (de maneira aparente). A depender da posição de um planeta em relação ao sol, você é capaz de dizer se ele está retrógrado, prestes a ficar retrógrado, finalizando uma retrogradação ou rápido. Marte , saturno e Júpiter em sextil ou próximo desse aspecto estão sempre rápidos e diretos. Em quadratura, estão lentos e diretos; Em trígono, ou já estão retrógrados ou estão próximos de ficar retrógrado ou de terminar uma retrogradação. Em oposição, estão sempre retrógrados, e atingem o máximo de velocidade retrógrada durante a oposição. No caso de Mercúrio e Vênus , estes não são capazes de se afastar muito do sol, então fica mais difícil de palpitar sobre a velocidade deles de maneira visual. A lua não é afetada pelo sol em seu movimento, e sua velocidade é regulada pela posição dela em relação ao ponto conhecido como lua negra, que é seu apogeu.

A velocidade do sol em ai varia ligeiramente. Ele é mais rápido nos signos de Sagitário, Capricórnio e Aquário, e mais lento nos signos de Gêmeos, Câncer e Leão.

Mercúrio

Mercúrio é um planeta associado com a ideia do que é disforme e com a ideia do que é multiforme. Ele representa tanto algo indefinido quanto algo que é definitivamente duas, ou muitas coisas ao mesmo tempo. O metal mercúrio tem essa característica de ser extremamente maleável, uma vez que seu estado é líquido em temperatura ambiente . É como se Mercúrio fosse o gênero neutro da astrologia . Das idades , representa a infância onde se dá a fase de aprendizado. Ele simboliza pessoas que não tem um gênero definido , ou que são fluidas.

Mercúrio é um significador geral dos mensageiros, comerciantes e auxiliares de uma maneira geral, e isso se deve a sua proximidade em relação ao sol. De todos , é o que mais se beneficia de estar livre de combustão, raios do sol ou de estar retrógrado, já que são raros os momentos em que ele não está em uma dessas condições. Também representa ladrões e trapaceiros de uma maneira geral.

Uma das características de Mercúrio é que ele tem mais dignidades naqueles signos que são chamados de “humanos” (Virgem, Gêmeos, Libra e Aquário). Ele simboliza a fala, o pensamento e a civilização por essa razão. Sua expressão é ideal quando ele se encontra em um dos signos humanos, sendo um planeta que passa bastante tempo Peregrino.

Outra característica é que sozinho ele é frio e seco (semelhante a saturno), mas na verdade, tende a assumir o gênero e a natureza dos planetas aos quais se associa, especialmente em conjunção ou aspectos próximos. Aquele que tem o aspecto mais exato com Mercúrio é o que tende a dominar sua natureza. Por ser assim adaptável, Mercúrio é também o que melhor tolera a influência dos maléficos, porque consegue cooperar com eles se não tiver escolha.

Ele simboliza coisas que são pequenas e acessórias, sabores complexos, que realmente são misturas e contrastes, como agridoce por exemplo. Coisas multi-coloridas ou cores que normalmente são fruto de misturas de outras cores. Objetos eletrônicos, livros, papeis em geral e os locais onde ficam esses objetos. Ele pode ser adotado como o significador geral de uma carta, um documento ou uma chave em perguntas que evoquem esses elementos.

Mercúrio passa mais de 50 dias em movimento retrógrado todo ano, tendo 3 ciclos de retrogradação anuais.

Page 1 of 2

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén