O uso dos geracionais na Astrologia Horária

Os planetas geracionais começaram a ser descobertos mais de um século depois da publicação de um dos livros que é considerado como um dos melhores e mais completos sobre Astrologia Horária até aquele momento, o “Astrologia Cristã”, por volta de 1647. No século seguinte , o movimento iluminista varre a Astrologia do cenário elitizado e político que ela costumava ocupar , e assim a astrologia perde fôlego e passa a ser cada vez menos praticada no mundo ocidental. Nesse cenário, em 1781, Urano é descoberto, e cerca de 70 anos depois é a vez de Netuno, e passados mais 80 anos, é descoberto Plutão em 1930.

Com o ressurgimento da astrologia em escolas esotéricas europeias entre final do século XIX e início do século XX, esses novos planetas passam a ser incluídos em análises astrológicas, e é quando eles recebem a alcunha de geracionais. Esse termo se refere ao fato de eles ficarem muito tempo em um mesmo signo, tendo uma velocidade de translação bem baixa, e por isso , parecendo mais lógica a utilização deles como representação das pessoas que nascem em uma determinada época, tendo sua importância diminuída em análises individuais.

Por conta disso, não existem regras tradicionais para o uso desses planetas , e alguns praticantes mais ortodoxos da astrologia optam por suprimi-los de suas análises, o que é uma opção válida, já que não existe necessidade do seu uso. Mas também não existe uma proibição, e na verdade, é papel dos astrólogos contemporâneos a exploração desses planetas em diversos tipos de análises astrológicos para que seus significados sejam melhor conhecidos. Como eles foram descobertos a relativamente pouco tempo, muito dos sentidos atribuídos a eles podem ser exagerados, ou subestimados. Até hoje, desde que foi descoberto, netuno completou apenas uma volta ao redor do zodíaco, e fez isso em 2009, enquanto que Plutão ainda nem chegou a metade do seu tempo orbital desde que foi descoberto.

E na verdade, muito do sentido construído ao redor desses planetas gira em torno de conceitos místicos, pouco práticos, sendo esses conceitos absolutamente inúteis para questões de Astrologia Horária, que tem uma conotação mais prática. Porém, alguns dos significados deles podem ser empregados na leitura horária em situações muito específicas: Quando um deles aparece em conjunção a um dos ângulos do mapa, quando aparece conjunto a cúspide da casa do quesito, ou quando aparece em conjunção com o querente ou quesito. Como eles não são visíveis a olho nu, eles não tem orbe própria, então o correto nesses casos seria adotar algo bem restrito como o que se usa para Estrelas Fixas maiores (em torno de 5°). O que eles trazem são informações adicionais, raramente suficientes pra se responder uma horária, a não ser em casos muito incomuns. Mas são elementos que enriquecem e completa a interpretação. Eles não recebem dignidades, jamais são usados como significadores e aspectos em relação a eles não devem ser levados em conta como evento, apenas como elemento descritivo. Além disso, somente conjunções devem ser levadas em conta para esse fim. Vamos ver abaixo o que eles podem significar :

Urano

Urano é o mais conhecido, o que foi descoberto a mais tempo e o que tem o menor tempo orbital dentre os três geracionais, por isso é o que termina trazendo mais informações úteis. Ele significa inovações, tecnologia e intuições. Ele está associado a acontecimentos disruptivos, divórcios e acidentes. Descreve comportamentos erráticos, imprevisíveis e que frustram as expectativas do querente, por serem eventos que vão contra a lógica previsível.

Netuno

Netuno significa ilusões, enganos e mundos fictícios: Ele está ligado ao cinema, a televisão e ao plano virtual. A presença de Netuno angular numa horária, pode indicar que o querente pode estar se apoiando em ilusões. Ele também sugere um elemento de fraqueza e fragilidade, se o significador do querente ou do quesito quando ele representa uma pessoa estiver em conjunção a Netuno. Se estiver no ascendente, o querente pode se auto-iludir, mas se estiver na casa 7, pode estar sendo enganado por alguém.

Plutão

Plutão simboliza poder , corrupção e coisas secretas. Enquanto Netuno sugere ilusões, Plutão sugere que o querente pode estar omitindo alguma informação importante, da qual ele sente vergonha ou não se sente à vontade pra compartilhar. Pode sugerir que ele não tem acesso a todas as informações pertinente , que alguém pode estar lhe escondendo alguma coisa , geralmente ruim. Os segredos e mistérios em Plutão normalmente existem para ocultar algo que iria incomodar bastante caso fosse facilmente exposto, por ser comprometedor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.