Uma das formas de se verificar a eficácia de um planeta tanto na Astrologia Horária quanto na Natal , é verificar sua posição nas casas astrológicas. As casas concedem diferentes níveis de poder, e isto está relacionado ao papel de cada uma delas. Nesse sentido, a análise das Dignidades e debilidades Acidentais por casa são importantes para entender o potencial de atuação de um planeta.

Casas Angulares, Sucedentes e Cadentes

As casas angulares são as mais importantes, portanto são as que concedem mais força para os planetas de uma maneira geral. Elas sintetizam o tema do quadrante que elas iniciam, e estão ligadas aos assuntos mais importantes como a personalidade e saúde (1), lar e família (4), casamento e vida social (7), carreira e imagem pública(10).

Já as casas sucedentes são desdobramentos materiais e consequências diretas dos assuntos da casa angular que elas estão sucedendo. O nome é indicativo desta “continuidade” na temática iniciada e portanto elas tam um sentido de complementação dos assuntos da casa anterior. Elas tem força média e representam assuntos importantes : Posses materiais(2), filhos e diversão (5), trocas, heranças e perdas (8), ganhos, prêmios e amizades(11).

As casas cadentes são desdobramentos abstratos e consequências indiretas dos assuntos da casa angular do quadrante que elas estão finalizando , e representam a finalização daquela temática. Podem ser um pouco mais difíceis de entender e geralmente tem menos importância. Representam comunicação e relações circunstanciais(3), rotina e problemas de saúde(6), religião, viagens e ensino superior(9), inimigos ocultos e isolamento(12).

Este tema ja foi discutido no site a muito tempo atrás, portanto é interessante reler os seguintes artigos:

Casas Benéficas ou Maléficas

De uma maneira geral, As casas que aspectam o ascendente são benéficas : 1, 3, 4, 5, 7, 9, 10 e 11. As casas que não aspectam o ascendente são maléficas: 2, 6, 8 e 12. Porém, não é assim tão simples:

As casas angulares formam aspectos tensos com o ascendente , então não podemos chamar elas de benéficas por natureza. Elas beneficiam os planetas colocados ali, mas regem assuntos que são considerados neutros . Podemos dizer que essas casas são potentes. Elas conferem dignidades acidentais mais altas do que as demais casas.

No caso das sucedentes, duas são claramente benéficas, a 11 e a 5. Mas entre a 2 e a 8, a tradição qualifica a 2 como benéfica (por reger o dinheiro) e a 8 como maléfica. No caso das cadentes, a 3 e a 9 aspectam o ascendente e são benéficas, porém, não deixam de ser fracas. As casas 6 e 12 além de fracas são maléficas, e são as piores casas. De modo geral, as casas cadentes conferem poucas dignidades (no caso da 9 e 3) e muitas debilidades acidentais por casas, especialmente no caso da casa 12.

Tabela com as Dignidades e Debilidade Acidentais por casa

Explicada a hierarquia que existe entre as casas , além de sua natureza maléfica ou benéfica, vamos ver como ficam as dignidades acidentais de um planeta qualquer que cair em cada uma das 12 casas na tabela abaixo, com as casas listadas em ordem de potência listadas por Lilly no Astrologia Cristã, página 115:

casa 1 e casa 10+5
casas 4, 7 e 11+4
Casas 2 e 5+3
casa 9+2
casa 3+1
casas 8 e 6-2
casa 12-5

A aplicação disso é que qualquer planeta colocado numa casa sera potencializado ou debilitado de acordo com os valores mostrados nesta tabela. Outros autores tem outras opiniões a este respeito, aqui estou apenas mostrando a opinião de um autor , William Lilly no caso, e são esses valores que eu adoto. Note que os números servem no final das contas mais como elemento de comparação do que necessariamente atributo de valor. Aqui estabelecemos uma hierarquia que é de importância crucial para algumas questões horárias.

Domínio e Júbilo dos planetas sobre as casas

Cada planeta tem domínio sobre uma ou duas casas, e tem júbilo em uma das 12 casas. Entretanto, não podemos entender esse domínio ou júbilo como dignidades e debilidades acidentais por casa. Um planeta que está na casa que é seu Júbilo pode na realidade ficar enfraquecido se essa casa for a 12 por exemplo. É o que acontece com Saturno na 12, por exemplo. A casa 12 tem natureza de Saturno na 12, mas isso não quer dizer que a experiência de Saturno na 12 seja positiva.

Esse conhecimento é mais útil nos casos em que você quer um regente alternativo para uma determinada casa, sobretudo nos casos onde as opções mais óbvias já foram esgotadas por algum motivo. Também tem utilidade na astrologia natal, onde pra falar da temática de uma casa, você normalmente lê também os significados dos planetas que tem domínio ou júbilo ali, que são os significadores naturais. Veja a tabela:

CasaDomínioJúbilo
Casa 1SaturnoMercúrio
Casa 2Júpiter
Casa 3MarteLua
Casa 4Sol
Casa 5VênusVênus
Casa 6MercúrioMarte
Casa 7Lua
Casa 8Saturno
Casa 9JúpiterSol
Casa 10Marte
Casa 11SolJúpiter
Casa 12VênusSaturno

Note porém, que o domínio é dado pela ordem caldaica começando por Saturno na casa 1 e não tendo nenhum critério além desse. Entretanto, no caso dos Júbilos , você nota que Planetas maléficos tem Júbilo em casas maléfica e planetas benéficos tem júbilo em casas benéficas. Além disso, Mercúrio tem Júbilo na 1 porque ele é entendido como um dos significadores naturais da mente, personalidade e comportamento do nativo. Por fim, o sol e a lua tem Júbilo nas casas 3 e 12 , porque a 3 no caso da lua é a hora mais escura do dia, e a 9 no caso do sol, é a hora com mais sol, quando normalmente se atingem as temperaturas máximas de cada dia.