Touro e Escorpião são signos fixos e por conta disso você é uma pessoa muito densa, muito firme e sólida nos seus propósitos e em sua forma de se colocar no mundo, mas ao mesmo tempo representa contradições extremas, já que eles também são opostos. Enquanto a imagem mostra algo simples, agradável e suave, internamente a alma borbulha de sentimentos intensos e uma natureza complexa, repleta de vergonhas (que nem sempre são assim tão vergonhosas) e vontades “impronunciáveis”, que você só não pronuncia porque não quer, ou porque acredita que não pode. Na verdade você se oculta como forma de se proteger do mundo. O pior sentimento imaginável pra você é o da vulnerabilidade, e contra isso você lutará ao longo de toda sua vida. A sua imagem, portanto é sempre plácida, firme e incólume. Você  é como uma represa do seu próprio universo emocional, e se você não quiser, ninguém realmente jamais virá a saber o que se passa no seu universo íntimo. Dotado de uma inteligência profunda e de uma habilidade instintiva para reconhecer a verdade dos outros, externamente a sua imagem chega a ser simplória, óbvia, até ingênua. Assim você jamais desperta suspeitas, porque mostra-se de forma sempre limpa e inquestionável, ocultando as atitudes mais ardilosas e ameaçadoras, típicas do Sol em Escorpião, que costuma ser ofensivo, mas não no seu caso. Você é muito magnético, atraindo pessoas e circunstâncias como um imã.  E faz isso das mais diversas maneiras sendo a sensualidade o principal instrumento utilizado.
Abrir mão e compartilhar são um problema grave para quem tem ascendente em Touro, mas são coisas com as quais alguém que tem o Sol em escorpião lida com facilidade. Enquanto que escorpião representa a disseminação, proliferação e compartilhamento, Touro é a concentração das energias. Você tende então a instintivamente ser muito conservador e relutante diante da necessidade de troca ou de renovação, mas como tem sol em escorpião intimamente conhece a necessidade e a importância desses processos. Mas como o sol incide sobre o sétimo signo em relação ao ascendente, você vivenciará o universo escorpiano através dos outros. Você transforma-se através dos outros, através dos seus relacionamentos, e atrairá pessoas que lhe obrigarão a abrir mão e a compartilhar. Um aspecto perigoso disso é a tendência a atrair pessoas dominadoras, ou mesmo violentas, porque no fundo a única forma de romper a barreira criada pelo ascendente em touro é através de alguém que não tenha piedade de demolir as mais imensas muralhas criadas por você mesmo.  Você é igual a essas pessoas que atrai, e só alguém com o mesmo nível de intensidade conseguiria lidar com seu temperamento dominador e sua natureza teimosa e obstinada. O trunfo de ser assim é a capacidade de suportar tudo em nome da consolidação dos objetivos, a perseverança e a fidelidade extrema, não somente a seus compromissos e relacionamentos, mas em relação a si mesmo.    

CARL SAGAN

Carl Edward Sagan (Nova Iorque, 9 de novembro de 1934 — Seattle, 20 de dezembro de 1996) foi um cientista e astrônomo dos Estados Unidos.
Em 1960, obteve o título de doutor pela Universidade de Chicago. Dedicou-se à pesquisa e à divulgação da astronomia, como também ao estudo da chamada exobiologia. Morreu aos 62 anos, de câncer, no Centro de Pesquisas do Câncer Fred Hutchinson, depois de uma batalha de dois anos com uma rara e grave doença na medula óssea (mielodisplasia).

CHARLES MANSON

Charles Milles Manson (Cincinnati, 12 de novembro de 1934) foi o fundador, mentor intelectual e líder de um grupo que cometeu vários assassinatos, entre eles o da atriz Sharon Tate, esposa do diretor de cinema Roman Polanski.
Filho de uma prostituta, assíduo jogador de poker e frequentador assíduo de reformatórios juvenis pelos crimes de falsificação e roubo, Charles Manson acabava de cumprir uma pena de dez anos, em 1964, quando formou uma comunidade estilo hippie em Spahn Ranch, perto de Los Angeles. Manson tinha idéias grandiosas e os seus seguidores, ou Família Manson como eram conhecidos, jovens homens e mulheres, consideravam-no a reencarnação de Jesus Cristo. O próprio Manson acreditava nisso e ainda dizia que os Beatles conversavam com ele através de suas canções.

VIVIEN LEIGH

Vivien Leigh, Lady Olivier (nascida Vivian Mary Hartley; Darjeeling, 5 de novembro de 1913 — Londres, 7 de julho de 1967), foi uma famosa atriz e lady inglesa nascida na Índia (quando este país ainda pertencia ao Império Britânico), considerada uma das mais belas e importantes personalidades do século XX, presente na lista feita pelo Instituto Americano de Cinema das 50 maiores lendas do cinema.
Apesar de suas aparições no cinema terem sido relativamente poucas, Viv venceu o Oscar de melhor atriz duas vezes. A primeira vez foi interpretando Scarlett O’Hara em E o Vento Levou (1939), e a segunda foi interpretando Blanche DuBois em Um Bonde chamado Desejo (1951) (a mesma personagem que ela interpretara nos palcos da West End, em Londres).