Os Trânsitos de Urano

Urano é um planeta que foi descoberto oficialmente na década
de 80 do século XVIII, desbancando Saturno como o limite conhecido do sistema
solar , e coroando a destituição da astrologia enquanto ciência no mundo
ocidental (processo que se deu desde entre o final do século XVII e o século
XVIII, ou seja, ao longo do período chamado de “Iluminismo”).  Curiosamente é esse o planeta que os
astrólogos modernos passaram a considerar como o governante ou significador da
astrologia, sendo ele igualmente o planeta que impulsionou o desenvolvimento da
astronomia enquanto ciência totalmente independente da astrologia e o que
significou uma pá da cal no papel da astrologia e dos astrólogos na sociedade
do momento de sua descoberta.  Essa  é uma das inúmeras contradições que se
relacionam ao papel de Urano na Astrologia.  
Outra contradição interessante é que na mitologia, é Saturno
quem desbanca Urano (seu pai) como o soberano do Universo, castrando-o com sua
foice. Na prática, astronômica e astrológicamente falando, ao menos durante
algum tempo, foi Urano quem rompeu com o domínio de saturno enquanto limite
do  sistema solar, como o planeta mais
distante e mais lento, mas logo ele mesmo foi desbancado por outros planetas e
logo , com o tempo, a ideia de “limite” do sistema solar se
transforma em uma ideia bastante relativa e flexível. A Urano foi também
atribuída a regência sobre o signo de Aquário, indicando que Urano na realidade
veio para complementar funções tradicionalmente Saturninas, pois era Saturno o
regente tradicional deste signo. O corte limitador com a foice de saturno é
substituído em Urano pela mudança em caráter drástico, subto e revolucionário.  Assim como Aquário, Urano vem pra significar e
destacar também os elementos destoantes , únicos, originais ou mesmo aberrantes
da existência humana.
Em trânsito, Urano significa  grandes mudanças; Na verdade, Netuno e Plutão
também significam isso em essência e de forma bem simplista. Mas dentre os três
Urano é o que se move mais rapidamente e é o único desses três que temos enquanto
humanos a chance de vivenciar um ciclo completo no zodíaco, já que seu período
de translação ao redor do sol é de 84 anos, Idade alcançada por cada vez mais
pessoas nos dias de hoje. Esses três planetas dão uma dimensão de tempo que se
move apesar da humanidade e dos seus
tempos proprios. Diferente de Saturno, mais rápido e cujo ciclo pode ser vivido
até 3 vezes ao longo de uma vida. Com Urano você tem uma chance, e com netuno e
Plutão não chega a isso porque seus ciclos completos não podem ser vividos por
uma pessoa porque ultrapassam bastante a duração média da vida humana (165 anos
para Netuno, 245 anos para Plutão).
Apesar da possibilidade de se viver um ciclo completo de
Urano, a maioria dos seus trânsitos  são
vividos uma única vez na vida , especialmente aqueles vividos a partir da
adolescência , porque os da infância podem ser revisitados em idade
extremamente avançada. Diferente de Saturno, onde temos a oportunidade de
aprender com uma experiência e repeti-la, e assim tentar se aproximar de uma
maestria ou domínio sobre aquele tempo ou aquele tipo de experiência,  Urano não oferece essa possiblidade. Com Urano
a chance de aprendizado e vivência é única, é pegar ou largar. As vezes há
escolha, mas na maioria das vezes não há, e se optamos por não cooperar, somos
arrastados pelas correntes do tempo, absolutamente indiferentes a nossa
capacidade de adaptação ou aprendizado, tendo que lidar com imprevistos ou
incidentes que refletem nossa cegueira em relação a um modo de ser ou agir que
simplesmente  deixou de funcionar, de
maneira irreversível.        
Em média Urano fica cerca de 7 anos em cada signo, e avança
algo em torno de 4° por  ano . Assim um
trânsito de Urano, dependendo da orbe usada , pode durar de 1 a 3 anos. Se
optar por uma orbe estreita, como a de apenas 1 °, no máximo 2 anos, com isso se
expandido na medida em que você aplica orbes maiores. Independente da orbe
usada, é obviamente no contato exato que as coisas realmente acontecem de forma
contudente. Há entretanto um processo de ansiedade com a aproximação do
trânsito que diminui justamente durante os contatos exatos, quando então a
novidade que ele vem simbolizar se torna completamente conhecida e assimilada.
O Afélio de Urano fica no final do signo de Peixes , e o
Perihélio fica no final do signo de Virgem. Assim, os signos em que Urano fica
mais lento são justamente esses por onde ele tem transitado ultimamente:
Aquário, Peixes, Áries e Touro, onde ele vai ingressar no ano de 2018. Os
signos por onde Urano fica mais rápido são os signos de Leão, Virgem, Libra e
Escorpião. Entre Sagitário e Capricórnio ocorre um processo de desaceleração.
Ao entrar em Sagitário, Urano anda quase 5° por ano, e ao final do signo de
Capricórnio ele anda apenas 4° por ano. É uma mudança sutil, mas significativa
quando levamos em conta a lentidão geral do planeta. Entre os signos de Gêmeos
e Câncer ocorre o inverso, um processo de aceleração nas mesmas proporções: Em
gêmeos ele ainda está bastante lento andando em torno de 4° por ano, e no final
do signo de Câncer já anda quase 5° por ano.
Falando agora em quantidade de tempo, a título de
comparação: Para transitar entre os signos de Leão e Escorpião, Urano leva 26
anos, (média de 6,5 anos por signo) e para transitar por entre os signos de
Aquário a Touro, ele leva 30 anos (média de 7,5 anos por signo).   Essa
diferença na velocidade de Urano não é sentida nos processos individuais,
porque altera muito pouco a frequência e duração dos trânsitos. Mas ela tem
relevância no contexto coletivo e histórico, que foge do escopo deste artigo.   
Assim como Netuno e Plutão, Urano preside mudanças que
afetam de maneira direta a coletividade como um todo, e de maneira indireta a
pessoa que vivencia um trânsito qualquer desse planeta, por mais importante ou
“pessoal” que seja o ponto afetado.  Ao trazer inovações tecnológicas, ideológicas
e comportamentais para o plano coletivo, que assumem a forma do signo por onde
ele vai transitando, Urano promove uma reação em cadeia que de alguma forma irá
afetar a todas as pessoas uniformemente. Todos de alguma maneira terão de lidar
e se adaptar com aquilo, e se a pessoa por ventura nasceu com planetas que
entram em choque com o que Urano representa naquele momento, ela vai encarar
aquelas mudanças como distúbios ou anomalias em relação ao que ela entende como
o normal ou ameaças ao seu status, e até se tornar capaz de compreender a
dimensão das mudanças que a circundam, alguém sob um trânsito de Urano pode
experimentar imensa ansiedade, desconforto ou mesmo sofrimento enquanto dura o
trânsito.
Diante de um trânsito de Urano, ou assumimos a iniciativa
nas mudança necessária ou somos atropelados pelas circunstâncias. Mudar é difícil
e o trânsito não nos obriga diretamente a mudar, mas as mudanças que ele
significa tratam de gerar a pressão que vai nos levar invariavelmente na
direção de uma atitude ou mudança radical pra lidar com aquela novidade.  Você é livre pra escolher se vai conviver
mansamente com as pressões ou se assumirá uma postura incisiva e libertadora,
mudando onde for necessário e abrindo mão de apegos. Assim, para pessoas mais
conservadoras, acomodadas ou passivas, Urano pode frequentemente ser sentido como
uma tortura psicológica, e se a índole da pessoa a fizer resistir, ela é capaz
de atravessar todo o trânsito apenas tentando evitar as mudanças e chegar ao
final sem ter mudado em absolutamente nada. Mesmo que isso signifique limitação
nas possibilidades e liberdades. Já para pessoas mais progressistas, dinâmicas
e arrojadas, as experiencias uranianas são vividas com naturalidade e essas são
sempre as mais capazes de tirar proveito das mudanças simbolizadas por Urano.
 As mudanças podem assumir diferentes formas a depender de
cada ponto que é desafiado, impelido ou convidado a mudar:

  • Trânsitos com o Ascendente levam as pessoas a modificarem a
    aparência de alguma forma e quase sempre impõe mudanças drásticas a nível
    comportamental e nos relacionamentos, principalmente casamento e sociedades.

  •  Já os trânsitos com o
    Meio do céu indicam grandes reviravoltas a nível estrutural relacionadas a
    carreira e imagem pública, e também a questões familiares.

  • Trânsitos de Urano com a lua indicam imensa ansiedade e
    instabilidade nas relações mais íntimas, familiares ou relacionadas a questões
    de moradia ou mesmo com o passado remoto.

  • Os trânsitos com o sol são recebidos como afrontas ou
    desafios ao ego que podem nos empurrar nas mais variadas direções na nossa
    busca por fazer valer nossa vontade e nosso senso de importância na sociedade.

  • Urano em trânsitos com Mercúrio indica a necessidade de se
    adaptar a novidades que vem das mais diversas fontes, inovações tecnológicas e
    sutilezas relacionadas a comunicação e burocracia, capazes de gerar grande dor
    de cabeça.

  • Urano em trânsito com vênus altera nossa forma de se
    relacionar com as pessoas e de extrair prazeres da vida, geralmente causando
    imensa excitação e vontade de explorar novidades.

  • Urano em trânsitos com Marte pode gerar imensa
    irritabilidade, situações explosivas, violentas, descontrole  e até mesmo a ocorrência de acidentes, até que
    a pessoa se adapte com mudanças sutis relacionadas para ela a autoafirmação e o
    modo de executar as ações no plano físico.          

  • Urano com Júpiter indica vontade de viver, necessidade de se
    expandir, aprender e errinquecer se possível, despertando em nós o nosso lado
    mais oportunista e temerário, nos levando a correr riscos e a apostar alto  nas mudanças.

  • Urano em trânsito com Saturno indica confrontação com nossas
    limitações, sensação de perda do controle e necessidade de flexibilizar e
    aceitar mudanças em áreas onde somos costumeiramente mais rígidos,
    preconceituosos ou tacanhos.

  • Os trânsitos de Urano com Urano natal e também com Netuno e
    Plutão nos obrigam a lidar com a inexorabilidade do tempo que passa
    independente da nossa vontade e varre da existência, de tempos em tempos,
    situações, lugares, coisas e relacionamentos com os quais vamos desenvolvendo
    apego e dependência. Porém, esses trânsitos atuam num sentido muito mais
    coletivo que individual, sinalizando os conflitos de geração. Quanto mais forte
    for Urano, netuno ou Plutão no mapa da pessoa, maior o impacto de trânsitos
    desse tipo.  
Os trânsitos de Urano pelas casas no mapa natal apontam as áreas de nossa vida que serão sacudidas pelas eventuais mudanças que Urano venha a promover. Quanto mais tensões incidirem sobre aquela casa, tanto maior é caos e a dimensão da mudança que a pessoa terá de enfrentar. Urano pode permanecer de 5 a 10 anos numa casa (as vezes até mais ou menos que isso) a depender da sua velocidade e do tamanho da casa. Sua passagem pelos principais ângulos do mapa é sempre contundente, assinalando períodos de imensas reviravoltas.
Por fim, é sempre importante observar uma das principais características de Urano, que é a sua absoluta neutralidade ou indiferença: As mudanças que ele significa não são para lhe testar, não são para lhe prejudicar, não são um “desafio” que você precisa superar, e não tem intenção nenhuma de lhe ajudar. Elas simplesmente são, independe de você, da sua vontade, da sua insignificante existência e do tamanho que seu ego possa ter. A mudança acontece e você sempre escolhe se vai tentar evitar ou se vai abraçar a nova coreografia imposta pelo universo, e o tempo seguirá,  independente da sua decisão. Nesse sentido é sempre interessante buscar um equilíbrio: Nem todas as mudanças são necessárias, alguma podem ser evitadas sem prejuízo , outras requerem que nós realmente nos tornemos mais flexíveis. Se a cada virada de curva no ciclo de Urano nós virarmos nossas vidas de cabeça pra baixo, em algum momento ela se torna impraticável, da mesma forma que em algum ponto somos obrigados a ceder em alguma mudança para evitar que algo que nos é caro se rompa e se perca para sempre.  Não há uma regra geral para lidar com esse tipo de trânsito. Quanto mais soubermos quem somos e mais controle tivermos sobre nossa ansiedade, com mais clareza se atravessa a experiência uraniana. 
Anúncios

1 opinião sobre “Os Trânsitos de Urano”

  1. Ótimos textos como sempre, mas venho aqui pedir pra que você continue os textos de SolxAscendente…….. Faltam alguns de Peixes e todos de Aquário…. minha amiga é de Aquário com Ascendente em escorpião e está louca pelo seu texto! Não pare com eles ): obrigado1 e continue ccom o ótimo trabalho no blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *