A constelação de Aquário

A constelação de Aquário, ou Aquarius, fica localizada no hemisfério sul celestial , próxima da eclíptica , e é uma das constelações zodiacais. Em algum momento entre o século XX e o século XXII, o ponto vernal vai migrar para esta constelação, dando início a chamada “Era de Aquário”. Fica próxima de Peixes, Pegasus, Cetus, Peixe Austral e Capricórnio,pra citar os vizinhos mais importantes.

É importante lembrar porém, que a criação das era com base na precessão dos equinócios, é algo relativamente novo. Foi proposto por teosofistas e rosacrucianos no final do século XIX, sem base nenhuma na astrologia tradicional. O maior problemas dessas eras é que elas esbarram na arbitrariedade da definição da área de cada constelação. É por isso que existem tantos cálculos diferentes , varia de acordo com o planisfério celeste que se adota como base, além de diferentes métodos de cálculo.

Mitos associados a constelação de Aquário

Aquário é uma constelação muito antiga. No Egito era associada a divindade andrógina Hapi que era uma das personificações do rio Nilo. Na Mesopotâmia, ao deus Ea da Babilônia , o deus das águas, e era associada as enchentes dos rios Tigre e Eufrates, que eram frequentemente muito destrutivas. Na Grécia antiga, estava relacionada a dois personagens: Ganimedes, o príncipe troiano raptado por Zeus para viver no Olimpo, e Deucalião, o sobrevivente do grande dilúvio que foi enviado pelos deuses para a destruição da terra. Para os árabes tinha um significado muito afortunado porque apontava a época em que chovia nos desertos da Arábia.

Egito

No antigo Egito essa constelação está relacionada ao próprio rio Nilo, fonte da vida e também da destruição para aquele povo, cujos ciclos de vida estavam ligados as enchentes daquele rio. O Nilo era personificado por uma divindade, Hapi, que era um homem com características femininas: Tinha seios e uma barriga pronunciada, ao mesmo tempo em que usava uma barba cerimonial em suas representações.

Era um símbolo da fertilidade do próprio Nilo e a adoração a esse deus era importante porque era a ele a quem se pedia por uma colheita favorável e fartura de peixes. Os egípcios associavam secas ou enxentes destrutivas a uma adoração insuficiente a Hapi. Na época do Egito antigo (ao redor de 2000 AC) o solstício de inverno ocorria com o sol nessa constelação, e ela era uma das que ficava mais ao sul, sendo associada a nascente do próprio Nilo que fica em direção ao sul de Mênfis e Assuã, principais centros culto.

Mesopotâmia

Na Mesopotâmia , essa constelação era associada ao deus das Águas, Enqui. Essa divindade Sumeriana governava a água doce e estava relacionado aos rios e chuvas , e portanto tinha um link evidente com noções de fertilidade. Era a água que fertilizava os solos mas era também a água que causava as por vezes violentas cheias dos rios Tigres e Eufrates, que deformavam a geografia da região e arrasavam vilarejos inteiros.

Mais tarde esse deus ficou conhecido como Ea pelos Acadianos e posteriormente babilônicos, e é representado na constelação de Aquário como o Aguardeiro que fertiliza e que também destrói.

Grécia

Uma das representações desta constelação é Ganimedes. Ganimedes era o mais belo dentre os mortais, um jovem príncipe Troiano que chamou a atenção de Zeus pela beleza. Zeus era famoso por não poupar nem mulheres e nem homens de sua infinita disposição para a cópula. Algumas versões do mito falam que Zeus envia uma águia para raptar Ganimedes, outras versões falam que o próprio Zeus se transformou em águia.

O fato é que Zeus raptou o jovem Ganimedes e o levou para viver no Olimpo, onde ele passou a eternidade servindo o vinho para os deuses. Em agradecimento ao serviço prestado aos deuses, Ganimedes teve a honra de ser eternizado na forma da constelação de Aquário. A águia que o raptou está na constelação da Águia, que fica relativamente próxima.

Outro mito grego associado a esta constelação é o mito de Deucalião. Deucalião era filho de Prometeu , que ouviu sobre o descontentamento dos deuses com a raça dos mortais e do plano deles para a sua destruição. Zeus queria convocar uma tempestade tão grande que inundaria completamente o mundo, não permitindo nenhum sobrevivente. Prometeu, um inveterado transgressor, que já havia roubado o fogo dos deuses e o dado de presente para a humanidade, correu para alertar o seu filho.

Sabendo do que aconteceria, Deucalião construiu uma arca e assim sobreviveu ao dilúvio. Ele e sua esposa foram os responsáveis pela repovoação do planeta. O paralelo com a mitologia hebraica e Arca de Noé é notório, e haviam lendas sobre dilúvios apocalípticos em várias outras culturas. Zeus , não sabendo que Deucalião tinha um informante, ficou admirado com a a proeza dele em sobreviver aquela danação, e o transforma na constelação de Aquário.

China

Na astronomia Chinesa, o que era visto nesta constelação era uma das maiores constelações dos chineses , formada por quase todas as estrelas da constelação de Aquário: Yu-lin-kiun , o exército do Imperador Yu-Lin. Como as estrelas dessa região são pouco brilhantes, mas numerosas, os antigos associavam ela a um exército. Os chineses se imaginavam donos do exército mais numeroso da face da terra, e a julgar pelo fato de sempre terem ostentado a maior população desde a antiguidade, provavelmente não estavam muito distantes da realidade nesta crença.

Anatomia da constelação de Aquário

Aquário é décima maior constelação do céu, com 980 graus quadrados de área. É uma constelação completamente invisível para as áreas do polo norte da terra. Ela começa a ficar observável a partir do outono do hemisfério sul, ascendendo antes do sol. A melhor época para observação é a partir de agosto quando ela começa a ascender logo após o por do sol, ficando bem visível de agosto até janeiro. Em dezembro essa constelação se encontra no zênite assim que o sol se põe.

Aquário é uma constelação de pouco destaque em função do baixo brilho de suas estrelas e pela ausência de um asterismos de fácil identificação. O melhor ponto de referência que podemos encontrar é a constelação de Pegasus com seu quadrado característico. Se encontrar Pegasus, significa que a constelação de Aquário já está completamente visível, posicionada um pouco mais a frente, já que a estrelas de Aquário ascendem antes de Pegasus. Outra constelação que ajuda a identificar Aquário é Capricórnio que forma um asterismo em formato aproximado de triângulo, e que sempre ascende antes de Aquário.

Uma curiosidade é que existe uma chuva de meteoros periódica na constelação de Aquário que é resquício da última passagem do cometa Halley em 1986. Vejamos as principais estrelas de Aquário:

Albali epsilon (ε)12°00′ de Aquário
Sadalsuud beta  (β)23°41′ de Aquário
Ancha theta (θ)03°33′ de Peixes
Sadalmelik alpha (α)04°01′ de Peixes
Sadalbachia gamma (γ)07°00′ de Peixes
Skat delta (δ)09°09′ de Peixes
Situla kappa (κ)09°42′ de Peixes
Hydor lambda (λ)11°52′ de Peixes

Albali, epsilon (ε) Aquarii, é uma estrela localizada na mão esquerda do Aguadeiro. Ela fica bem próxima a constelação de Capricórnio. O nome vem do árabe, Al Sa’d al Bula’, e deriva dessa proximidade com Capricórnio: O Asterismo triangular de Capricórnio era visto como uma boca aberta que engolia essa e outras estrelas ao redor da mão esquerda do aguadeiro. Significa literalmente “A sorte do engolidor”

Sadalsuud, beta  (β) Aquarii, localizada no ombro esquerdo do Aguadeiro, essa é a estrela mais brilhante da constelação. O nome é árabe, Al Sa’d al Su’ud, “A sorte das sortes” e essas referências a sorte são uma constante nas estrelas de Aquário e também de outras constelações próximas. Esse local era visto como afortunado porque demarcava os raros momentos de chuva no deserto árabe ao final do inverno e início da primavera. Outros nomes pra ela são Kakkab Namax na babilônia, “a estrela do futuro poderoso” e Fortuna Fortunarum no latim.

Ancha, theta (θ) Aquarii, é uma estrela localizada no quadril do Aguadeiro, e significa literalmente “quadril”.

Sadalmelik, alpha (α) Aquarii, é uma estrela localizada no ombro direito do Aguadeiro, aquele que suporta o vaso com água. O nome vem do árabe , Al Sa’d al Malik ,e significa “a sorte do rei”. Apesar de ser a estrela alfa da constelação, não é a mais brilhante. O equador celeste passa a 1° de distância dela.

Sadalbachia, gamma (γ) Aquarii, é uma estrela localizada na mão direita, que segura o vaso com água do Aguadeiro. O nome é árabe Al Sa’d al Ahbiyah, significando “a sorte das coisas escondidas”.

Skat, delta (δ) Aquarii, é uma estrela localizada na canela direita do Aguadeiro . O nome significa “perna”. Era associada ao herói sobrevivente do dilúvio mítico dos babilônicos.

Situla, kappa (κ) Aquarii, é uma estrela localizada no vaso cuja água o Aguadeiro derruba. O nome significa balde, e vem do latim.

Hydor, lambda (λ) Aquarii, é uma estrela localizada na água derrubada pelo Aguadeiro. O nome é grego e significa literalmente “água”.

Significado Astrológico das estrelas da Constelação de Aquário

a constelação de Aquário

A maioria das estrelas é atribuída a natureza de Saturno e Mercúrio, e é uma constelação com uma reputação positiva. Poucas estrelas porém devem ser consideradas, porque a maioria delas possui um brilho pouco expressivo. Essa constelação indica pessoas que tem sucesso nos seus relacionamentos, tanto íntimos quanto os mais informais. Também está relacionada a engenhosidade e inteligência.

Sadalsuud, por ser a mais bilhante, é evidentemente a mais importante estrela da constelação. Note porém, que ela é a mais brilhante num contexto de estrelas muito tímidas. De maneira geral, é uma estrela de magnitude alta (o que implica em brilho baixo). Ainda assim é visível a olho nu. Ela significa civilidade, boa educação, boa aparência, sorte nas questões sociais e no casamento, mas dificilmente alguém que se destaca ou que é reconhecido, sendo destinado a uma vida tranquila. É reputada como uma estrela ruim para reis ou reinos. Fica ao redor de 23° de Aquário atualmente.

Sadalmelik, é a estrela alfa e a segunda mais brilhante da constelação de Aquário. Note que ela ocupa quase a mesma longitude de uma outra estrela excepcionalmente afortunada, Fomalhaut , ambas localizadas atualmente em 04° de Peixes. Sadalmelik expressa os significados positivos de Aquário, indicando civilidade e boas relações sociais, mas Fomalhaut tende a intensificar os benefícios , prometendo sucesso material e uma boa reputação, além de sabedoria e inteligência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.