Tag: Planetas

O Sol
Sem classificação

O Sol

O sol é o centro do nosso sistema solar, é a estrela em torno da qual giram todos os planetas e corpos que compõe tal sistema. Em todas as religiões e culturas, desde as mais antigas, o sol sempre teve importância e foi cultuado por motivos evidentes. O sol é o grande provedor de luz e calor para o nosso planeta, o movimento da terra em torno do sol é responsável pelas estações do ano e a própria rotação da terra em torno de si mesma gera a alternância entre dia e noite, sempre que determinada região do globo estiver voltada para o sol será dia neste local. Assim vemos o quanto o sol é importante, por atuar como base para a definição da localização dos humanos no tempo. A maioria dos calendários tem base nos movimentos do sol e da lua, os chamados luminares. O sol por ser visível somen...
Sem classificação

Considerações sobre Saturno, o Grande Maléfico

Particularmente eu prefiro a  visão dos antigos a respeito de saturno, porque eles eram bem realistas, não tentavam florear uma coisa que traz em si justamente os significados daquilo simboliza o que existe de pior na experiência humana. Saturno fala de limitação, medo, restrição, penúria, miséria, condições espartanas, trabalho árduo, decadência e morte. Sob saturno, você faz, realiza, empreende e obtém resultados palpáveis, mas não obtém absolutamente nada em termos de reconhecimento, aplauso, prazer, benefício. Apenas o que for estritamente necessário, obtém bases e garantias, mas não "honrarias". Na visão moderna, o que ocorre de ruim na sua vida não se deve ao trânsito de saturno, na verdade se deve a sua incompetência ao lidar com o trânsito. Se c...
Sedna pelos signos e uma  associação com os diferentes períodos históricos
Sem classificação

Sedna pelos signos e uma associação com os diferentes períodos históricos

  À medida que os anos passam observamos mudanças drásticas em termos de cultura, costumes, vestuário, pensamento e arte. Quanto maior o espaço de tempo a que nos propusermos analisar, maiores são as transformações observadas. Isso não se deve a influência dos astros, mas a uma conseqüência natural decorrente da passagem do tempo, da evolução e involução natural de todas as coisas. Mas com a astrologia podemos caracterizar o tempo, não impondo o significado de um astro como contendo obrigatoriamente a qualidade de uma determinada época. Mas podemos observar, fascinados, as surpreendentes analogias entre fatos históricos e configurações astrológicas presentes naqueles momentos. Podemos fazer isso em diversas escalas, tomando desde o espaço de uma década até o espaço de um século...
Mercúrio
Sem classificação

Mercúrio

Mercúrio é outro astro repleto de curiosidades. Ele tende a ser muito negligenciado por quem estuda astrologia, porque as pessoas normalmente estão preocupadas com o que é muito maior do que elas e está fora da sua compreensão (Netuno e Plutão, por exemplo), e esquecem de olhar para coisas que são simples, porém importantes e muito ricas em significado. Nesta primeira parte vou colocar algumas generalidades sobre mercúrio, numa próxima postagem os ciclos de mercúrio, tanto o menor quanto o maior, serão desdobrados. Mercúrio também está muito próximo do sol, visto aqui da terra ele jamais está a mais do que 28° de distância do sol. Não chega a formar nem semi-sextil com o astro rei, realizando apenas conjunções. Na interpretação de mercúrio, diz-se que quanto mais distante do sol ...
Sem classificação

O Ciclo Vênus – Sol

Vênus pode ser vista como a estrela D’alva, ou estrela da amanhã, ou como afirmou Rudhyar, Vênus-Lúcifer. Lúcifer é nada mais nada menos do que uma palavra hebraica (originalmente heilel Ben-shachar ou הילל בן שחר) cujo significado é justamente estrela D'Alva, o planeta Vênus,"desvio", mas também foi o nome dado ao anjo caído, da ordem dos Querubins. Sempre que Vênus retrogride e realiza a conjunção inferior com o sol ela se desloca para a sua aparição oriental,surgindo como a estrela da manhã. Em sua aparição vespertina, Vênus é nomeada como a estrela vésper, Estrela da Tarde, ou Vênus-Héspero. Após a conjunção superior com o sol, Vênus começa a aparecer todos os dias logo após o por do sol. Vênus é um planeta com muito conteúdo pra ser estudado. Os planetas mercúrio, Vê...
Sem classificação

Ciclo anual de Mercúrio

SIMBOLOGIA CONTIDA NO CICLO DE MERCÚRIO O Ciclo de Mercúrio ao longo de aproximadamente um ano, da mesma forma que o ciclo de Vênus, produz uma figura interessante. Se tomarmos apenas as conjunções inferiores, ao longo de um ano teremos 3 conjunções que formarão um triângulo irregular. Uma analise da simbologia do triângulo associando cada tipo de triângulo a um elemento, segundo Platão, nos diz o seguinte: -Triângulo eqüilátero: água - (o triângulo perfeito) 3 ângulos de 60° -Triângulo Retângulo: Terra - 1 ângulo de 90° e 2 ângulos de 45° -Triângulo isóscele: Fogo - 2 ângulos iguais e 1 único ângulo diferente, mas com valores não complementares, como ocorre no triângulo reto. -Triângulo escaleno: Ar - (o triângulo imperfeito) todos os ângulos diferentes entre si. Os triângulos forma...
Lilith e a Velocidade da lua
Sem classificação

Lilith e a Velocidade da lua

A Lílith, ou lua negra, é um ponto astronômico associado ao perigeu e ao apogeu lunar. O apogeu é o ponto em que lua encontra-se mais distante da terra, e assim sua velocidade aparente é menor. O perigeu, ao contrário, seria o ponto onde a lua encontra-se mais próxima da terra, sua velocidade aparente, portanto, é bem maior. A velocidade atingida pela lua em seu perigeu é de aproximadamente 15° por dia (um pouco mais que isso), e a velocidade da lua no seu apogeu é de aproximadamente 11°50’ por dia (um pouco menos do que isso). Chegamos assim, a conclusão de que a lilith está intimamente ligada a velocidade da lua. E sabe-se que a velocidade lunar é um fator importante na interpretação astrológica da lua. Extraindo informações de alguns textos, chego às seguintes...