Indica uma personalidade cativante, que inspira segurança e transmite
confiabilidade. Câncer e Capricórnio são signos opostos, tem em comum a
modalidade cardinal e a polaridade feminina. Por esse motivo a pessoa é
controladora, fazendo isso com sutileza, sensibilidade e ao mesmo tempo muita
firmeza, mas sem tirania ou autoritarismo gratuito. Tendem a posturas paternais
ou maternais, e nessa pessoa os papeis de pai e mãe podem ser bem misturados,
inclusive com a vivência desses elementos tendo sido percebida de modo confuso.
Isso seria melhor explicado pela lua no mapa de nascimento, mas de qualquer
maneira é como se a mãe tivesse características paternalistas e o pai características
maternais, é como se na psique os dois elementos estivessem misturados. Costumam
ser provedores, e tende a haver uma divisão forte entre um lado mais ambicioso
e um lado voltado pro mundo particular e a vida privada. São mais intimistas,
sensíveis e empáticos do que outros capricornianos.

Podem ser bem conservadores e não se trata aqui de uma
questão de ideologia política, mas de forma básica de atuar no mundo. São mais
reativos, defensivos e costumam evitar a instabilidade e o desconhecido,
preferindo fórmulas conhecidas, que deem base e segurança. O sol estando no
sétimo signo em relação ao ascendente indica uma pessoa contraditória. Não se
consideram pessoas com “frescuras” ou de excessivas suscetibilidades,
mas o comportamento contradiz isso por que o ascendente em câncer tende a ser
espontaneamente melindroso, defensivo e reativo. Isso cria a impressão de que a
pessoa é insegura ou chorona, mas a realidade pode ser bem diferente,
surpreendendo e até chocando os outros, porque na realidade a pessoa é mais
firme e objetiva do que aparenta.  As
vezes dão a impressão de serem extremamente intimistas mas revelam um comportamento
apático, que se envolve pouco e que chega a expressar inclusive certa frieza. Não
gostam de perder tempo com futilidades, costumam não se empolgar muito com
novidades ou coisas que surgem de forma súbita, valorizando o que tem tradição,
história e valor agregado ao invés do que é potencialmente efêmero.

Mel Gibson

Carla Bruni