Júpiter em Sagitário

Júpiter em Sagitário

Júpiter em Sagitário é um dos posicionamentos mais poderosos astrologicamente. Sagitário, domicílio de Júpiter, é o local onde ocorre a manifestação plena das virtudes Jupterianas. Júpiter simboliza a maneira como nós buscamos crescer e nos expandir na vida, como embasamos a nossa fé e como funcionam nosso sistema de valores e crenças. Sagitário é justamente o signo mais expansivo, com mais fé e que aspira aos valores mais elevados. É portanto um posicionamento ideal, que confere sorte a quem nasce com ele.

A origem da sorte de Júpiter em Sagitário

É dito que as pessoas que nascem com Júpiter em Sagitário tem sorte na vida. Mas essa é uma sorte que não tem nada de mágico ou milagroso, existe uma fórmula quase matemática por trás dela. As características da personalidade e do comportamento da pessoa que nasce com esse júpiter é que terminam produzindo esta “sorte”.

Basicamente, a pessoa com esse posicionamento tende a abordar a vida com boa vontade e positividade. Isso significa que em todas as situações, elas vão olhar para o que ganharam antes de contabilizar o que perderam. Só essa atitude já é responsável por pelo menos 50% da dita “sorte” do Júpiter sagitariano, porque a pessoa quase sempre consegue enxergar lucros e dividendos, em situações onde a maioria das pessoas só consegue ter olhos para os danos e para aquilo que elas tiveram de abrir mão. Quem deseja ganhar sem abrir mão de nada , vai sempre ganhar muito pouco.

Júpiter em Sagitário Pegasus

A atitude de quem tem Júpiter em Sagitário diante da vida tende a ser generosa. De acordo com um ditado, gentileza gera gentileza. Mas esse Júpiter eleva esse ditado ao quadrado: generosidade e abundância geram generosidade e abundância. São generosos com a vida, com as pessoas com as coisas. Aceitam as pessoas como são, aprendem com tudo e com todos , enxergam valor em cada pequeno acontecimento, são gratos e não tem medo de perder, já que só tem olhos para o que podem ganhar. E eles conseguem enxergar oportunidades em lugares que a maioria das pessoas desprezam.

Assim é praticamente impossível você encontrar alguém que nasceu com esse Júpiter que se considere azarado. Mas é claro que mesmo um Júpiter em Sagitário pode estar limitado em um mapa por condições acidentais, mas em tese essa é a origem do baú de ouro no final do arco-íris.

A personalidade de quem tem Júpiter em Sagitário

Tendem a ser otimistas e bem humorados, e normalmente produzem pontos de vista positivos, ou no mínimo esperançosos. Isso faz deles bons conselheiros na medida em que se precisa de uma mensagem de fé e de esperança , mas conselheiros falhos quando é necessária uma análise realista dos fatos, já que tendem a pintar a realidade com cores vivas, e isso nem sempre é um retrato fiel das coisas como elas são.

São dotados de fé. Isso significa que uma eventual falta de autoconfiança apontada por outros elementos do mapa, é compensada por uma capacidade de confiar seja numa providência divina, seja nas outras pessoas, seja na sua própria sorte lendária. Tem grande sede de conhecimento e uma postura de eterno estudante, mesmo quando se tornam professores, porque nunca param de aprender. Estão sempre prontos pra aventuras, gostam de viajar e de conhecer coisas novas.

Por conta de sua generosidade, são também pessoas francas e sinceras, e talvez não exista sintoma maior de generosidade do que um comportamento franco e aberto, que não tem nada a esconder. Dizer a verdade é um ato de confiança e de fé , de crença na boa vontade alheia , um voto de boa fé no outro. Por isso também são pessoas que acabam se sentindo muito culpadas quando envolvidas em mentiras e situações de pouca clareza e nebulosidade.

Possíveis manifestações de desequilíbrio

A arrogância pode ser um problema, especialmente quando Júpiter aparece com muita ênfase no mapa. Em inglês existe uma expressão chamada “sense of entitlement” que é alguém que se acredita com direito a alguma coisa, só porque ela quer, sem nenhum tipo de direito real associado aquilo, capacidade, conhecimento ou experiência a não ser a alucinada crença de que ela merece porque sim. E isso pode levar a pessoa a viver graves frustrações na vida, especialmente quando ainda não apendeu a conviver com o não. Ou pior, isso pode levar a pessoa a agir de forma predatória e inescrupulosa até conseguir aquilo que ela julga que está no seu destino. Ser ético e não esquecer dos próprios valores elevados (ou seja, aplica-los em si mesmo, e não apenas na hora de dar lições aos outros) é um meio de contornar esse problema.

Outra questão pode ser o excesso de empolgação que pode levar a pessoa a se comprometer com tudo o que aparece em sua frente. Tudo é visto como oportunidade e ela não quer deixar passar nenhuma, e esquece de ler as letrinhas invisíveis do contrato, que indicam que se ela se comprometeu, terá algumas obrigações. E em alguns momentos pode haver uma sobrecarga em função disso, ou pior, ela termina deixando um rastro de tarefas inacabadas por onde passa. Desenvolver senso de disciplina é o remédio pra isso.

O domicílio de Júpiter em Sagitário

Sagitário é o local onde Júpiter se encontra mais forte no zodíaco, porque além de domicílio o planeta também rege a triplicidade do elemento desse signo (No caso júpiter rege a triplicidade de fogo). Além disso , Júpiter é um planeta benéfico e associado ao temperamento sanguíneo. E sagitário é considerado o mais “temperado” dos signos de fogo. Isso acontece porque todos os signos de fogo são também bestiais, mas Sagitário é um signo que também é humano (lembrem que o centauro é metade cavalo e metade humano). Sagitário é como calor de uma fogueira numa noite fria de inverno (ainda que seja um signo de meia estação).

Júpiter em Sagitário em Trânsito

Em trânsito, o momento marcado por Júpiter em Sagitário é caracterizado pela fé e pelo pensamento positivo. Mesmo que esse Júpiter tenha que conviver com outras influências mais negativas, ele ainda assim consegue sustentar um elemento de fé, de esperança no amanhã e de boa vontade entre as pessoas. Nem sempre a fé é uma coisa positiva, especialmente quando em excesso , mas a ausência de fé e de confiança no futuro também são coisas tão terríveis quanto. O mais interessante é o elemento de generosidade e boa vontade que ele incute , que faz com que mais oportunidades se criem.

Esse trânsito favorece viagens, investimentos, projetos educacionais e intelectuais e o início de atividades de onde se deseja extrair sustento e prosperidade. Evidente que ele é um momento que pra ser aproveitado, necessita de planejamento. O que torna um Júpiter em sagitário tão bom para viajar? Ele provavelmente não vai diminuir o preço das passagens ou das moedas estrangeiras. Mas o que ele faz é justamente promover esse clima de boa vontade. E quando você está se aventurando, você com certeza vai querer que a vida e as pessoas com quem encontrar no seu caminho, tenham essa disposição positiva, que lhe abram caminho e que lhe sejam hospitaleiras.

Compartilhe nosso conteúdo nas redes sociais:
error

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.