Sol em Peixes com Ascendente em Gêmeos

Esses são os dois signos que estão mais ligados a ideia de
dualidade na astrologia, já que são eles que apresentam em suas imagens
representativas duas figuras, no caso de gêmeos as duas crianças, e de peixes
os dois peixes amarrados pela boca e nadando em direções opostas. Justamente
por isso, a dualidade não será uma questão encarada com drama ou como algo
problemático, e tende a ser expressa de maneira saudável inclusive por quem
nasce com esta combinação. A pessoa é plenamente consciente de suas oscilações,
mudanças de opinião e direção e tende a fazer disso seu princípio. Jamais
assumem posições radicais e tendem a se esquivar o quanto podem das situações
que podem potencialmente prende-los ou exigir deles uma escolha definitiva.
O simples fato de terem a sensação de que estão livres pra
mudar e sair quando quiserem de uma situação qualquer os faz sossegar e se
estabilizar, já que oscilam mais quanto mais pressionados se sentem.  Neste caso como Gêmeos é o ascendente, é por
isso que a ideia de liberdade surge com tanta importância, porque esse é o
signo do livre pensamento e do livre transitar na vida, e essas são questões
fundamentais pra pessoa. Há algo de camaleônico e geralmente são pessoas que
tendem a mudar bastante ao longo de suas vidas, seja na aparência, nas ideias
ou mesmo de forma mais profunda e estrutural.
São extremamente versáteis e adaptáveis, e nesta combinação
existe o equilíbrio entre o racional e o sentimental, entre a visão cínica e
super objetiva do signo de gêmeos e as idealizações e o romantismo do signo de
Peixes. Podem ter afinidade com a poesia, a literatura romântica ou fantástica
e a música. Sonham acordados, mas raciocinam objetivamente em cima dos seus
sonhos e tratam de descartar rapidamente aqueles que são mais absurdos. É
possível porém que isso não se dê de forma tão tranqüila, especialmente  se a pessoa sente que é muito
pressionada  a viver constantemente no
racional, podendo  daí desenvolver
comportamentos de fuga dos mais variados. O Sol pisciano precisa se realizar de
alguma maneira, e se isso não puder ser feito de forma espontânea, então será
através da bebida ou de outro meio que tire a pessoa temporariamente de uma
realidade opressiva. 

Além da possibilidade de surgirem comportamentos de fuga,
outro problema é a dificuldade em assumir compromissos. Sua criatividade ou
força de trabalho podem inclusive se ver comprometidos quanto mais pressionados
se sentem. Se são deixados livres pra se expressar do jeito que gostam, são
capazes de se doar e aí conseguem ultrapassar facilmente seus próprios limites.
Infelizmente vivemos num mundo que nos obriga constantemente a assumir posições
rígidas, mas se você entrar nessa onda, rapidamente perceberá que não produz. O
mais interessante seria você se envolver com atividades onde tenha liberdade
pra produzir no seu ritmo, e em relacionamentos que não monopolizam seu tempo e
não tentam lhe controlar. Assim evita a maioria dos problemas.   
Drew Barrymore
Drew Blyth Barrymore (Culver City, 22 de fevereiro de 1975) é uma atriz, produtora e diretora norte-americana. Integrante mais jovem da célebre família Barrymore, apareceu pela primeira vez em um anúncio quando tinha onze meses de vida. Barrymore fez sua estreia no filme Altered States (br: Viagens Alucinantes), em 1980. Em seguida, estrelou no papel de “Gertie” no filme E.T. the Extra-Terrestrial (br: E.T.- O Extraterrestre). Ela se tornou rapidamente uma das mais conhecidas atrizes-mirins de Hollywood, passando a estabelecer-se principalmente em papéis cômicos.
Após uma infância turbulenta, que foi marcada pelo abuso de álcool e drogas e duas internações em clínicas de reabilitação, Barrymore escreveu a autobiografia,Little Girl Lost, em 1990. Ela fez com sucesso a transição de estrela mirim, para atriz adulto com uma série de filmes, incluindo os mal sucedidos Poison Ivy (br:Relação Indecente), Bad Girls (br: Quatro Mulheres e um Destino), Boys on the Side (br: Somente Elas), e Everyone Says I Love You (br: Todos Dizem Eu te Amo). Posteriormente, ela estabeleceu-se em comédias românticas como The Wedding Singer (br: Afinado no Amor).
Em 1995 ela e a sócia Nancy Juvonen formaram a produtora Flower Films, a sua primeira produção foi o filme Never Been Kissed (br: Nunca Fui Beijada), de 1999, filme este estrelado por Barrymore. A Flower Films passou a produzir os filmes de Barrymore incluindo Charlie’s Angels: The Movie (br: As Panteras / pt: Anjos de Charlie), 50 First Dates (br: Como Se Fosse a Primeira Vez) e Music and Lyrics (br: Letra e Música), bem como o filme cult Donnie Darko. Os mais recentes projetos de Barrymore incluem He’s Just Not That Into You (br: Ele Não Está Tão a Fim de Você), Beverly Hills Chihuahua (br: Perdido Pra Cachorro), e Everybody’s Fine. Drew ganhou uma estrela na Calçada da Fama em Hollywood, e apareceu em 2007 na capa da revista People como uma das “100 pessoas mais bonitas do mundo”.
Barrymore foi nomeada “Embaixadora Contra a Fome” para o Programa Alimentar Mundial (PAM) das Nações Unidas. Desde então, ela doou mais de $1 milhão para o programa. Em 2007, ela se tornou tanto a mais nova modelo da CoverGirl, quanto porta-voz para os cosméticos e o novo rosto da mais recente linha de joias da Gucci.
Em 2010 Drew ganhou o Prêmio do Screen Actors Guild e o Globo de Ouro de melhor atriz em minissérie ou filme para a televisão por sua interpretação de Pequena Edie em Grey Gardens.
Michael Caine
Michael Caine (nome artístico de Maurice Joseph Micklewhite, CBE; Londres, 14 de março de 1933) é um premiado ator e produtor de cinema britânico, duas vezes vencedor do Oscar da Academia para Melhor Ator Coadjuvante (por suas atuações em Hannah and Her Sisters e The Cider House Rules).
Alain Proust
Alain Marie Pascal Prost  (Loire, 24 de fevereiro de 1955) é um ex-automobilista francês, quatro vezes campeão do Mundial de Pilotos da Fórmula 1. Durante sua carreira na F1, que foi de 1980 a 1993, ele venceu 51 Grandes Prêmios.
Gioachino Rossini
Gioachino Antonio Rossini (Pésaro, 29 de fevereiro de 1792 — Paris, 13 de novembro de 1868) foi um compositor erudito italiano, muito popular em seu tempo, que criou 39 óperas, assim como diversos trabalhos para música sacra e música de câmara. Entre seus trabalhos mais conhecidos estão Il barbiere di Siviglia(“O Barbeiro de Sevilha”), La Cenerentola (“A Cinderela”) e Guillaume Tell (“Guilherme Tell”).

Urbain Leverrier



Urbain Jean Joseph Le Verrier (Saint-Lô, 11 de março de 1811 — Paris, 23 de setembro de 1877) foi um matemático e astrónomo francês. Especializado em mecânica celeste, é conhecido pela contribuição para a descoberta do planeta Netuno. Após Netuno ser descoberto, ele tentou explicar as discrepâncias na órbita de mercúrio supondo um planeta orbitando entre mercúrio e o sol; este planeta, chamado de Vulcano, nunca foi descoberto.
Compartilhe nosso conteúdo nas redes sociais:
error

12 opiniões sobre “Sol em Peixes com Ascendente em Gêmeos”

  1. Essa dualidade dupla chega a ser perturbadora. Como consolo, pelo menos os peixes-gêmeos não sofrem da síndrome de Gabriela: "eu nasci assim, eu cresci assim, vou ser sempre assim, Gabrié-é-la!" =D

  2. Melhor texto que eu já li. Sou peixes asc em gêmeos, e sim, dualidade nem começa a definir minha forma de pensar e agir… É perturbador as vezes, mas geralmente eu gosto do jeito que eu sou….

  3. Realmente se encaixa muito na minha forma de viver. Vejo pessoas que sempre foram estáveis e gostaram das mesmas coisas, mas no meu caso sempre passei por muitas mudanças, sejam elas na forma de pensar ou até mesmo de vestir. Tive todas as fases bem demarcadas, e fico até rindo da forma que eu me vestia ou mesmo pensava quando mais nova. Amo essa dualidade e a percepção de estar em constante mudança.

  4. Sou se câncer com ascendente em virgem e meu marido é de peixes em gêmeos e agora entendi porque ele é tão revoltado. É o geminiano colocando as barrinhas pra fora. Acho que agora vou co seguir entendê-lo melhor.

    1. E como pode ter pessoas que não confiam na astrologia, sou capricorniana com ascendente em gêmeos e meu marido peixes com ascendente em gêmeos. Ele é muito revoltado em muitas situações que eu fico chateada com algo e vou falar pra ele…pronto esta feita a guerra, e no fim muitas vezes eu que tenho que reatar, joga tudo para alto todas as vezes, ate esfriar a cabeça. Santa paciência.

  5. Olha é o seguinte, nós somos assim mesmo, gostamos dos outros de verdade, somos fiéis, mas não conseguimos viver sem um espaço, sem um tempo para nós mesmos e a maioria das pessoas não entende isso e nos chamam de egoístas. Acho que só quem é pisciano ascendente em gêmeos é capaz de entender essa necessidade, no meu caso, para piorar, sou tigre no chinês, você já viu um gato de coleira preso e feliz! Estamos uma grande parte do tempo em outros mundos, temos pontos de vista incomuns e adoramos as artes e o lado lúdico da vida. Por essas razões, muitas vezes somos taxados de tanta coisa que na realidade não tem fundamento algum, são opiniões de pessoas que nunca apreenderam a ser livres ou nunca tiveram coragem. Liberdade, auto conhecimento, segurança, ter a capacidade de se reinventar e ser criativo ofende e causa muita inveja, muitas vezes nem precisamos abrir a boca, a nossa própria postura natural incomoda. Em um mundo em que a mesmice impera ser uma pessoa diferente não é fácil, nos chamam de revoltados porque sempre buscamos a justiça e o que é correto, ficamos indignados e furiosos na falta dela. Nos chamam de loucos e não se dão conta que somos parte de uns poucos que enxergam a realidade como ela é. Apesar de flutuarmos e nos deixar levar pelos pensamentos e inspirações estamos sempre situados e procuramos manter o equilíbrio até nos momentos mais difíceis. Não é fácil ser pisciano ascendente em gêmeos mas é recompensador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.