Júpiter em Virgem ♍

Júpiter chega ao signo de Virgem, região do zodíaco em que
esse planeta tem a sua maior depressão quando pensamos em termos de dignidades
essenciais. De fato, O signo de Virgem fica melhor para planetas que governam
questões do cotidiano, como Marte e Lua que tem triplicidade neste signo, ou
Mercúrio que tem domicílio e exaltação simultaneamente. Os planetas que
governam a esfera mais coletiva (Júpiter e Saturno) não ficam confortáveis ali.
Saturno fica peregrino, e Júpiter além de peregrino tem detrimento. Talvez pelo
fato de que virgem operar no nível do detalhe, não sendo de grande utilidade
quando pensamos as coisas de uma perspectiva mais ampla. E na esfera de Júpiter
é basicamente isso que tentamos fazer, então neste signo Júpiter encontra
dificuldades pra realizar seu propósito mais fundamental.
Outro planeta que não fica bem em Virgem é Vênus (em queda),
que é uma benéfica, e ao colocarmos isso em perspectiva com o fato de o outro
benéfico também ficar mal no signo de Virgem, passamos a olhar este signo com
certa desconfiança. Virgem na verdade não confere grande poder nem mesmo aos
maléficos. Os planetas que ficam melhor neste signo são Mercúrio e Lua, que tem
uma natureza muito variável, absolutamente neutra no caso de mercúrio. Há uma
certa adstringência e assepsia na natureza desse signo, que advêm da sua
natureza seca e estéril, e percebemos também a sua não aderência aos extremos
(nem maléficos e nem benéficos) indo pelo caminho da isonomia na esfera dos
conflitos, se atendo principalmente ao banal, ao cotidiano e ao
específico.     
De qualquer maneira, júpiter é um benéfico e tentará fazer o
melhor mesmo neste signo, ainda que as circunstâncias estejam contra ele.
Porque uma das coisas que Virgem pede é comedimento e economia, o que se opõe
aos lemas de crescimento e expansão de Júpiter. Então essa combinação acaba
gerando uma série de impulsos bem intencionados que acabam não tendo condições
de se realizarem totalmente. Promessas que não se cumprem. Especialmente pela
tendência Jupteriana a nos induzir a pensar grande, de forma ambiciosa e
confiante. É a receita pra uma série de decepções. A coisa mais simples a se
observar é basicamente isso: quanto maiores as suas expectativas, menores são
as chances de você conseguir aproveitar qualquer coisa durante este período.
Quanto menores as suas expectativas e intenções, maiores as chances de você ser
surpreendido pela sorte, ainda que ele seja pequena. Se não estiver esperando
por nada, o pouco que surgir vai compensá-lo. 
E isso é desafiador, porque quando pensamos em júpiter pensamos em sorte
numa perspectiva faraônica, pensamos em benefício e facilidade, e o que Virgem
tem de melhor a oferecer é trabalho, frequentemente sem prêmios ou aplausos
associados. Mas a sorte estará disfarçada de ônus e de esforço. Se você for
incapaz de enxergar a oportunidade que se escondem no ato de servir, de ser
útil ao próximo, então Júpiter em virgem será pra você um momento de seca e
desolação. Aqui a única maneira de sobreviver é sendo humilde, arregaçando as
mangas e sendo útil de alguma maneira, pra si mesmo, pras pessoas que ama, pro
mundo ao seu redor.      
Existe uma passagem bíblica do novo testamento que sintetiza
muito bem a idéia básica de Júpiter em Virgem, conhecida como “parábola do
grão de mostarda”. Nela, Jesus afirma que a palavra de Deus é como o grão
de mostarda; É como a menor das sementes, mas quando semeada, se transforma
numa grande árvore que dá de alimento e faz sombra  a quem passa. Poderíamos dizer que Júpiter em
Virgem é como o grão de mostarda. Se pensarmos que qualquer coisa iniciada sob
Júpiter em Virgem vai viver seu processo de expansão (fase crescente) a partir
de Júpiter em Sagitário, signo que é a quadratura crescente de Virgem, daí a
analogia faz ainda mais sentido. A ideia aqui é a de que por menores e mais
medíocres que sejam as oportunidades surgidas sob Júpiter em Virgem, é sábio cultivá-las
porque elas tem potencial de crescer e frutificar e trazer boas recompensas no
futuro.  E quando lidamos com Júpiter,
tudo tem que ser visto sob perspectiva! Virgem por exemplo é a quadratura
crescente de Gêmeos. Em Gêmeos as oportunidades são encaradas de forma leviana
e irresponsável. Não cuidamos direito da nossa semente. O resultado é que na
fase crescente (Virgem) não vemos crescimento algum. A penúria de agora pode
ser consequência da superficialidade com que lidamos com a vida no passado. O
momento portanto é de ver as coisas em perspectiva, aprender com o passado e
semear um futuro promissor.
Sem essa perspectiva no futuro, Júpiter em virgem pode ser
um momento muito infeliz do ponto de vista mais imediatista. É um momento em
que não se pode contar com a sorte, generosidade , perdão, desconto, em suma,
com nenhum tipo de benesse gratuita. Neste momento, se você erra é melhor
começar de novo porque ninguém vai fazer vistas grossas e não vai ter como você
dar um ‘jeitinho’. É um momento terrível pra quem é acostumado a levar a vida
“nas coxas”, de qualquer maneira, sem organização ou comprometimento.
Mas pra quem é acostumado com o empenho, o momento pode se revelar
recompensador, principalmente com quem pensa a vida no longo prazo, em
perspectiva.
A retrogradação de Júpiter este ano lembra bastante o
movimento realizado por Saturno durante os anos de 2008-2009. Entre final de
2008 até a metade de 2009, Saturno realizou uma retrogradação de 21° de Virgem (onde
estacionou em janeiro de 2009) até 14° de Virgem (onde estacionou em maio de
2009). Júpiter vai passar por todos esses graus e incluir uma pequena região
antes e depois deles já que enquanto Saturno retrograde apenas 7° por ano,
Júpiter retrograde 10° de cada vez. E assim em janeiro de 2016 veremos Júpiter
estacionando aos 23° de Virgem e retornando ao 13° de Virgem em maio de 2016.
Entre esses graus chamo atenção pra uma estrela fixa localizada
no grau 21° de Virgem atualmente. Trata-se de Denébola, a calda da constelação
de Leão. Leia mais sobre essa estrela aqui mesmo clicando no link. Falei sobre
ela em 2009 na época em que Saturno estacionou precisamente sobre ela.
Pra saber mais sobre os possíveis efeitos de Júpiter leia
cada signo levando em conta seu ascendente ou planetas que você tem no signo em
questão. A lua, o sol ou qualquer aglomerado planetário do seu mapa também
conta bastante.
Áries – Antiscion (relação favorável)
Pra Áries, Virgem forma Antiscion, que é um aspecto
equivalente a conjunção, portanto o período é benéfico. Sua boa vontade e
atitude enérgica são bem recebidas, é um momento de agir pensando no futuro.
Pode não ver vantagens imediatas nas oportunidades surgidas agora mas se
sentirá realizado ao ajudar e se sentir útil, terá a gratidão das pessoas e
possivelmente alguns dividendos dos esforços de agora num futuro não muito
distante. Principalmente pra quem tem ascendente Áries, é hora de aproveitar o
momento pra dar uma melhorada na saúde e se preparar pra uma fase de aumento de
atividades no futuro próximo.
Touro – Trígono Crescente (muito favorável)


O signo de virgem é a maior alegria do signo de Touro, é seu
trígono crescente. Através de uma conduta mais frugal e da simplificação de
diversos aspectos da sua vida você vai passar a se sentir mais livre, leve e
produtivo. Poderá lucrar mais por conta da atitude natural de poupar instigada
pelo signo de Virgem. Seu humor estará melhor, o aspecto afetivo tende a ser
muito beneficiado tanto no campo dos romances quanto no campo das amizades.
Trata-se de uma fase de diversão e prazeres sem culpa (principalmente pela consciência
de não se estar exagerando) e de investimento no futuro. Excelente momento pra
dar início a novos projetos visando o futuro.
Gêmeos – Quadratura Crescente  (relação tensa, necessita de atenção)


Sua autoconfiança pode ter aumentado perigosamente com a
passagem de júpiter em leão, a ponto de você correr o risco de se desorganizar
bastante quanto a conduta dos seus projetos e a sua vida financeira. Contar com
a sorte agora pode ser muito arriscado, melhor ser cauteloso com relação a
novos investimentos. De qualquer maneira, essa quadratura é positiva porque
começa a abrir caminho pra uma fase efetivamente mais produtiva no futuro. Isso
requer que você passe a fazer investimentos mais altos, e por isso esse momento
é de ajustes pra que você passe a se acostumar com as novas proporções.
Principalmente por conta disso é que você pode se sentir um tanto
“emaranhado”, os deslizes serão frequentes, mas também não serão
trágicos. Não ser ingênuo e presunçoso é a chave pro sucesso agora.
Câncer – Sextil crescente (favorável)


Momento favorável, de aumento na autoconfiança e surgimento
de boas oportunidades. A leveza e a simplicidade virginianas tem um efeito tranquilizador e seu humor estará em elevação. Evidentemente, como Júpiter estará fraco, não
adianta muito esperar por coisas grandiosas, se o fizer certamente vai se
decepcionar. Você vai se sentir mais gregário e ansioso por novidades.      
      
Leão – Sem aspecto
Momento neutro, que pode ser produtivo do ponto de vista
daqueles que tem ascendente em Leão em particular, onde você pode realizar bons
investimentos do ponto de vista financeiro. Não se trata de uma época de ganhos
ou perdas em especial, mas de remanejamento dos seus recursos. Necessidade
talvez de desacelerar o ritmo, já que vem de uma conjunção.
Virgem – Conjunção
Momento repleto de potenciais. Trata-se de uma fase de
renovação nos seus propósitos, na sua fé, com possibilidade inclusive de algum
tipo de virada favorável na sorte. Se sentirá muito mais confiante do que em
outros momentos, mais alegre e otimista também. Entretanto, saiba que muitas
pessoas lerão seu aumento na autoconfiança como arrogância neste momento,
especialmente porque Júpiter está em detrimento. Significa que as bases da sua
confiança agora podem ser um pouco frágeis. Por isso é interessante que você
seja também realista . Muitas pessoas sob conjunções de Júpiter, mesmo quando
ele tem dignidade, passam a se sentir invulneráveis e merecedoras de tudo de
bom que o mundo, a vida e todas as pessoas tem a oferecer. E isso beira ao
delírio! Não esqueça de manter os pés no chão, e mais do que nunca seja cético
antes de voar em sonhos, promessas e intenções infladas. Tomando cuidado com
esses perigos (e mesmo se os ignorar completamente), perceberá que sua vida vai
melhorar no próximo ano (apesar de saturno em sagitário). Oportunidades
realmente valiosos podem surgir. Apenas cuidado pra não iniciar muitas frentes
de atividade, o excesso de otimismo pode levar a uma empolgação que no final
impede você de aproveitar os benefícios. Haverá uma espécie de proteção também,
pessoas que tentarem prejudicá-lo não vão ter muito sucesso agora. Viagens
podem despertar seu interesse durante essa fase.
Libra – contra-antiscion (relação tensa, necessita de
atenção)
Pode sentir que o mundo se recusa a cooperar com você neste
momento. Seu charme e poder de sedução tem pouco ou nenhum efeito sob os
auspícios do signo de virgem. Trata-se de um momento em que ninguém acredita em
adulação. Portanto tente não ser presunçoso. Subestimar a inteligência alheia
pode lhe trazer consequências negativas. É possível que se sinta um pouco
extenuado e desorganizado, e talvez uma estratégia inteligente agora seria
assumir uma postura de ficar um pouco mais nos bastidores. Não perca de vista
que o próximo signo por onde Júpiter irá passar é justamente Libra, então as
coisas não tardam a melhorar.    
Escorpião – sextil minguante (favorável)
O momento é de recuperação de eventos potencialmente
desorganizadores e enfraquecedores no seu passado recente. Agora você tem um
pouco mais de tranquilidade, menos cobranças e menos expectativas.
Simplificando sua vida e pegando mais leve, você da a si mesmo tempo pra se
recuperar e se preparar para novos projetos.  
Sagitário – quadratura minguante (relação tensa, necessita
de atenção)
O momento pode até ser positivo pra quem tem ascendente em
Sagitário com Júpiter levando alguns benefícios, ainda que pequenos em função
do detrimento, para os assuntos relacionados a vida profissional. Mas de modo
geral, quem tiver planetas em sagitário que venham a receber quadratura de
Júpiter em Virgem precisa ficar alerta com o excesso de autoconfiança que pode
levar a pessoa a assumir riscos irresponsáveis, colocando-se em perigo de
fracasso e até mesmo humilhações quando ela se recusa a enxergar sinais óbvios
ou age com muita arrogância. Nas questões financeiras a coisa pode ser ainda
mais perigosa e é necessário cautela e comedimento, principalmente conter a
ideia de que “tudo vai ficar bem no final”, que pode ser traiçoeira.
Pode ser um péssimo momento pra viajar e pra questões ligadas a estudos. Tudo
acontece em função da perda do senso de proporções que essa quadratura pode
causar nos nativos de sagitário. Estimativas muito otimistas serão sempre
frustradas num período como esse e contar com a generosidade alheia pode se
revelar um perigo. O ideal é tentar simplificar ao máximo a vida e encarar as
coisas com uma visão no mínimo realista. Trata-se também de uma fase de
finalizações (fase minguante), portanto iniciar novos projetos agora pode não
ser a melhor das ideias.   
Capricórnio – trígono minguante (favorável)
O momento é bem favorável  porque a sua conduta naturalmente se afina com
a do signo de virgem. Você tende a ser naturalmente frugal, cético e
pessimista, então estará  nadando de
acordo com a corrente e por isso tem chance de se beneficiar de oportunidades
surgidas neste momento, principalmente porque tem os pés no chão e sabe
identificar o que é oportunidade real e o que é embuste. Existe possibilidade
de realizar viagens, em alguns casos de você ganhar a oportunidade de viajar.
Todos os assuntos ligados aos estudos são beneficiados (tanto ensinar quanto
aprender) e você encara a vida de maneira muito positiva neste momento, se
revelando um excelente conselheiro.
Aquário – sem aspecto
A ausência de aspectos indica um momento neutro, em que você
também diminui o ritmo já que pode vir de uma fase de atividades muito intensas
com a oposição ocorrida durante o último ano. Agora tem a chance de organizar
melhor a vida e se preparar para os seus próximos movimentos.
Peixes – oposição – (favorável, mas também requer atenção)
As oposições são aspectos muito difíceis mas ao mesmo tempo
muito promissores. É momento de culminação de projetos e relacionamentos semeados
no passado que agora exibem os frutos bons e ruins. Para os piscianos é hora de
lidar com o aplauso decorrente das escolhas acertadas e com as críticas, porque
os resultados ficam absolutamente expostos durante este momento. Assim você se
sente visado e requisitado e sente uma mescla de crítica com apoio emanando dos
outros. Sua vida social deve entrar em efervescência com início de novas
amizades, sociedades e possivelmente relacionamentos afetivos. Qualquer deslize
é notado, portanto é aconselhável que você esteja atento ao que estiver fazendo
e evite o excesso. É possível que possa assumir uma postura muito arrogante
também, que instigue nas outras pessoas o desejo de detê-lo, que você pode
resolver encarar como “inveja”, mas entenda que não há ação sem
reação! As consequências que vive agora vem de coisas iniciadas ao longo dos
últimos 6 anos. É um momento em que você terá parâmetros se deve continuar com
o que vem fazendo ou se deve começar de novo por outra linha ou fazer
alterações.
Com relação ao tempo, as datas e as efemérides de Júpiter em
Virgem, além de dar as habituais datas de ingresso e estacionamentos vou citar
também os momentos de quadratura exata com saturno, trígono com Plutão, antiscion com urano e sizígias (conjunções e oposições) com o sol.
 #1
Quadratura com Júpiter   28°♌17′  (3
de agosto de 2015)

Ingresso
de Júpiter em Virgem  00°♍00′  (11 de agosto de 2015)

Conjunção
Sol/Júpiter  03°♍21′  (26 de agosto de 2015)

Oposição
com Netuno em Peixes  07°♍57′  (17 de
setembro de 2015)

Antiscion
com Urano em Áries 11°♍06′ (2 de outubro de 2015)

#1
Trígono com Plutão em Capricórnio 13°♍02′ (11 de
outubro de 2015)

Ingresso
na shadow phase*  13°♍15′  (12 de outubro de 2015)

Estacionamento
pra ficar retrógrado  23°♍14’S (7
de janeiro de 2016)

Oposição
com o Sol em Peixes 18°♍18’R (8
de março de 2016)

#2
Trígono com Plutão em Capricórnio 17°♍13’R  (16 de
março de 2016)

#2
Quadratura com Saturno em Sagitário 16°♍24’R (23
de março de 2016)

Estacionamento
pra ficar direto  13°♍15’S (9 de maio de 2016)

#3
Quadratura com Saturno em Sagitário  13°♍41′ (26
de maio de 2016)

#3
Trígono com Plutão em Capricórnio  16°♍29′ (26 de junho de 2016)

Deixa
a shadow phase*  23°♍14′  (7 de agosto de 2016)

Deixa
o signo de Virgem  e entra em Libra  00°♎00′    (9 de setembro de 2016)

  *
Shadow Phase (ou fase de sombra) é a região do zodíaco onde ocorre a retrogradação
de um planeta. No caso de Júpiter nesta ocasião vai ser entre 12 de outubro de
2015 e 7 de agosto 2016, onde Júpiter passará somente pelos graus que vão de
13°♍15′ e
23°♍14′
primeiro em movimento direto(outubro-janeiro), depois retrógrado (janeiro –
maio)  e finalmente direto (maio –
agosto).

 Se
desejar marcar uma consulta de prognósticos pra saber de maneira detalhada como
este e outros trânsitos vão incidir sobre o seu mapa, bem como verificar outras
técnicas preditivas para o seu mapa no período, mande e-mail para
eliasastrologia@gmail.com e marque uma consulta pelo skype. O valor é R$200,00
para pagamento via depósito bancário e R$250,00 para pagamento via cartão de
crédito (paypal). Valores válidos até o fim de 2015, para 2016 cheque por
e-mail ou informativos no site.   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.