Aldebaran

Aldebaran é a estrela alfa da constelação de Touro,
localizando-se na região que corresponderia ao olho do animal em sua
representação tradicional. A constelação de Touro está localizada na região ao
norte do equador celeste, e aqui no hemisfério sul é visualizável principalmente
durante o verão. Tem o formato de um ‘Y’ deitado, e nesta constelação está localizado
também o aglomerado de estrelas conhecido como Plêiades, de fácil visualização
no céu de verão. Na mesma
região do céu, um pouco mais ao sul está a constelação de Orion, uma das mais
importantes e repleta de estrelas de fácil localização (como as 3 marias por
exemplo). Quando um planeta passa pelo signo de Gêmeos (nos dias de hoje) ele
na verdade estará passando próximo dessas duas constelações, Touro e Orion, e
formando conjunção com suas estrelas.
A representação de Orion é a de um Guardião, um guerreiro. Essa
constelação está em Oposição com a constelação de Escorpião, que simbolizaria
uma espécie de adversário. A constelação de Touro está em oposição exata no que
diz respeito ao equador celeste. Quando uma deles nasce, a outra se põe. É uma
visão bem bonita quando no céu de Primavera vemos a constelação de Escorpião no
horizonte oeste lentamente se pondo enquanto as constelações de Touro e Órion
se erguem no horizonte leste. Quando Touro está completamente visível já não se
pode mais observar a constelação de Escorpião. É como o triunfo do herói sobre
a besta. Na estação oposta, entretanto, o herói é derrotado pela fera,
simbolicamente falando, porque o que vemos é o contrário (escorpião se erguendo
e touro se pondo).  

Na época dos gregos, Aldebaran marcava o auge da primavera.
Por este motivo essa estrela carrega em si os significados típicos da primavera,
de crescimento, fertilidade e prosperidade. Ela carrega em si também algumas
características parecidas com as da constelação de Orion, no sentido de figurar
nesta representação celeste de Guerreiro guardião (Orion) versus Inimigo
(Escorpião). Assim essa estrela tem uma reputação de guerreira, significando
força, dignidade e alguém que não se curva diante das ameaças.

A natureza dessa estrela é associada com Marte e Júpiter,
indicando ao mesmo tempo sorte, vitórias e honras de todos os tipos associado a
um comportamento irascível, por vezes violento. Sua coloração vai do laranja
pálido ao avermelhado. É uma das quatro estrelas reais dos Persas, sendo a
guardiã do leste e da primavera (Régulus é a estrela do Norte, Antares a
estrela do Oeste e Fomalhaut a estrela do sul). Podemos considera-la como
benéfica, especialmente se associada a elementos benéficos do mapa. Atualmente
vemos o Planeta Júpiter em conjunção exata com ela. Sua localização precisa nos
dias de hoje (2012) é 09°58’ de Gêmeos.            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.