Qualidades (ou modalidades) no zodíaco

As qualidades ou modalidades de signos representam três posturas essenciais diferentes entre si, ao mesmo tempo complementares. Essas modalidades de ação básicas são a manifestação mais essencial em um ciclo, pois os princípios delas são a postura iniciadora, a postura de manutenção e a postura de mudança, transformadora ou conclusiva, que por sua vez é novamente sucedida pela postura iniciadora. Na astrologia, essas “qualidades” são assim nomeadas:

– Modalidade Cardinal: Representa o impulso unificador, que sai da dispersão e se concentra em um único objetivo, de forma aguda, num movimento unilateral, de dentro pra fora. É a modalidade iniciadora, que busca alterar o que se encontra lá fora e que pretende determinar uma nova direção. A palavra Cardinal significa fundamental, o que é bem condizente com a natureza dos signos cardinais, Áries, Câncer, Libra e Capricórnio, signos que demarcam o início das estações, a manifestação mais simples e básica de uma nova energia.

– Modalidade Fixa: Representa o impulso de manutenção, num movimento centrípeto, concentrado, de forma grave, pesada e insistente. É a garantia da existência do que foi iniciado no estágio cardinal precedente, e é também a energia que impede a manifestação de qualquer outro início. É também um impulso de desenvolvimento, de crescimento, de aquisição e também de estratificação e inércia. Os signos fixos são Touro, Leão, Escorpião e Aquário.

– Modalidade Mutável: Como o próprio nome sugere, representa o impulso de mudança, uma postura multilateral e dispersa, uma movimentação variável, errática e volúvel. Representa ausência de posição e busca por nova direção. É o impulso de sair da estagnação e se expandir de forma etérea e volátil, sem uma direção definida. Este movimento conclui o que fora iniciado na fase cardinal precedente, e abre caminho para uma próxima ação cardinal. Os signos mutáveis são Gêmeos, Virgem, Sagitário e Peixes.

Da mesma forma que existe uma sucessão entre signos positivos e negativos no zodíaco, signos cardinais, fixos e mutáveis também se sucedem obedecendo exatamente a esta ordem. Há o que podemos chamar de uma relação “hierárquica” bem explícita entre as três modalidades, baseada na lógica da sucessão.

O cardinal substitui o mutável, portanto não é incoerente afirmar que entre o cardeal e o mutável, haverá vantagem para o cardeal. A existência do cardinal impede a manifestação da mutabilidade, uma vez que o mutável representa a dispersão e o cardinal representa a energia que se concentra em uma direção definida.

O fixo substitui o cardinal, é quem invalida sua existência por concentrar a ação no modo previamente definido. A insistente permanência da energia fixa funciona como barreira para qualquer tipo de investida cardinal.

Finalmente é o mutável quem substitui o fixo, por não insistir em um modo de ação, mas por promover a não-ação e a dispersão das energias, o que anula o sentido da modalidade fixa que luta pela permanência.

1 opinião sobre “Qualidades (ou modalidades) no zodíaco”

  1. Acredito que eu sou pura e simplesmente o que diz meu mapa astral. Sou de virgem com ascend. capricornio, descend. câncer, lua em peixes e M.C. em libra e esse excesso de signos cardeais me faz mto impulsiva. Por isso nunca consegui ficar com um namorado por mais de 3 meses! :p
    Excelente blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.