Os Trânsitos astrológicos

Os Trânsitos são a técnica preditiva mais aplicada por
astrólogos modernos, e são também bastante utilizados entre os indianos tanto
tradicionais quanto modernos. Antigamente, a astrologia Tradicional (esse
apanhado de práticas astrológicas de diferentes momentos históricos e
diferentes culturas anteriores ao século XVIII) não dava uma importância tão
grande aos trânsitos, mas eles não eram ignorados. Talvez a diferença é que
agora a astrologia tem demandas muito mais subjetivas do que as que existiam
antigamente. A interpretação dos trânsitos antigamente não deixava de ir por um
viés mais ou menos subjetivo. Por exemplo, os trânsitos de oposição ou
conjunção de Marte com a lua ou com o Ascendente   tinham ambos o potencial de alterar
momentaneamente o temperamento individual. Mesmo uma pessoa calma e pacata,que
poderia ser fleumática ou melancólica, estaria sujeita a acessos de
ira, e teria um potencial maior pra se cortar, queimar, sofrer e praticar
violência e atos “selvagens” quando marte fizesse um aspecto muito
tenso ou passasse pela casa 1 da pessoa. Marte é um planeta colérico então a
interpretação é simples: O comportamento da pessoa se alterava de modo a se
aproximar de um temperamento colérico e ela estaria sujeita a fisicamente,
experimentar problemas tipicamente coléricos. 
Como os trânsitos são geralmente de curta duração (especialmente porque
o astrólogo medieval usava somente os planetas do septanário) eles recebiam uma
importância secundária nas interpretações.
Antigamente as pessoas não estavam muito interessadas em
seus processos psicológicos e emocionais, tão pouco queriam saber como estariam
se sentindo em dado momento. Elas queriam saber se seriam afetadas pela guerra,
pelas pragas, pela fome. Elas se preocupavam apenas com o básico: sua saúde e
sua subsistência , então o astrólogo era procurado pra tratar de assuntos
assim, voltados a saúde, ao cotidiano e a questões de cunho muito mais prático.
Talvez entre os romanos a astrologia tenha servido a coisas que fossem além do
material e que se aproximavam do uso mais narcisista que testemunhamos na
pós-modernidade do século XXI, mas em geral, principalmente entre árabes e
europeus medievais, a utilização era muito mais prosaica.  Hoje em dia a astrologia se coloca como uma
alternativa para aqueles que se voltam também para o autoconhecimento e estão
preocupados com questões de cunho muito mais subjetivo, psicológico e
emocional, e os trânsitos, além de desempenhar o papel que sempre tiveram de
tratar das alterações no temperamento e no corpo do indivíduo, tratam também
dessas questões subjetivas e servem como uma ferramenta muito interessante para
o entendimento de processos psicológicos, crises pessoais e outras questões de
ordem mais diáfana, próprias de uma sociedade lôngeva e que pode se dar ao luxo
de se preocupar com coisas além da sua mera sobrevivência. É uma questão de
paradigma social: A partir do momento em que surge a psicologia, surgem novas
demandas e a astrologia moderna, que se desenvolveu no coração dessa sociedade
moderna, subjetiva e profundamente narcisista cria e atende a novas demandas
que vão de encontro a essa natureza mais subjetiva, emotiva e narcisista do ser
humano. 
O que é um trânsito? Quando a lua passa de um signo para
outro no céu: isso é um trânsito. É simples assim. É o transitar, o movimento
dos planetas na abóboda celeste. Quando um planeta em trânsito forma aspecto
exato , vamos supor, com a lua do meu mapa, minha lua recebeu um trânsito
daquele planeta.
O trânsito é sempre algo passageiro, mas sua duração varia
de acordo com o período de cada planeta, e também de acordo com o fato de haver
ou não retrogradação, que é um fenômeno aparente que “atrasa” o
movimento do planeta do ponto de vista do espectador terrestre. Existem trânsitos
cíclicos, porque eles formam um processo de começo , meio e fim, e trânsitos
eventuais, cujo ciclo completo não podemos viver portanto temos uma
percepção de “evento extraordinário” quando estamos sob este tipo de trânsito.
Cães podem viver ciclos completos de Júpiter, mas não podem
viver ciclos completos de Saturno. Baratas são consideradas lôngevas e
experientes quando conseguem viver um ciclo completo de Marte, mas elas não
chegam a viver nem 1 terço de um ciclo de Júpiter. O cavalo é capaz de viver um
ciclo completo de saturno, mas chega somente até a metade de um ciclo de urano,
no máximo. Já o ser humano, nos tempos atuais (e salvo aqueles que vivem em
condições de miséria) é capaz de viver no máximo um ciclo de urano (84 anos),
podendo chegar a metade de um ciclo de netuno (165 anos no total)  e a viver 3 ciclos de saturno (29 anos cada) nos
casos de maior longevidade. Portanto, podemos dizer que Urano trata de um ciclo
único, vivido somente uma vez na vida do ponto de vista humano. Mas Netuno e
Plutão são muito mais lentos e o ser humano chega a viver, no máximo, a metade
do ciclo desses planetas. No caso de Plutão, dependendo da geração da pessoa
ela não chega a viver nem 1 quarto do ciclo deste planeta, mas em alguns casos
é capaz de chegar até a metade do seu ciclo (isso pode ser observado entre quem
tem plutão em gêmeos, câncer, leão, virgem e Libra).
Nem todo planeta realiza movimento retrógrado: A lua e o sol
tem um ciclo contínuo, jamais entram em retrogradação. Mas os demais planetas,
todos eles ficam retrógrados, alguns anualmente, outros de acordo com períodos
mais específicos. Quando um planeta fica retrógrado, ele ainda
“estaciona” por duas vezes. A interpretação de um trânsito direto,
estacionário ou retrógrado tem algumas diferenças sutis e que não são gerais
porque variam de acordo com a natureza de cada planeta. Dentro do processo de
retrogradação encontramos a chamada fase de sombra, que compreende a região
onde ocorrerá a retrogradação e onde os trânsitos serão mais proeminentes
porque serão experimentados por 3 vezes em seu ponto exato.          
Podemos viver trânsitos de todos os planetas, mas nem todos
os trânsitos são importantes.  Os
trânsitos do Sol e da Lua só ganham importância verdadeiramente nos momentos de
mudança de fase da lua. Já os trânsitos de Mercúrio e Vênus são mais
importantes durante seus ciclos de retrogradação. Todos os trânsitos de Marte
recebem importância mediana porque são rápidos, mas em especial quando ele
também fica retrógrado a cada 2 anos, porque neste caso os trânsitos marcianos podem durar meses. Já
os planetas Júpiter e Saturno podem ser considerados como os mais importantes.
O Trânsito desses dois planetas pelas casas é fundamental , bem como os
aspectos que eles fazem e seus retorno, especialmente no caso de Saturno. Urano,
Netuno e Plutão podem levar de 2 a 5 anos pra completar um único aspecto em
trânsito. Eles são lentos, sutis e atuam num nível mais coletivo. O fato de
atuarem num nível coletivo não significa que a influência deles seja menor a
nível pessoal, mas o processo se dá de fora pra dentro, são pressões
exteriores, mudanças no mundo que nos cerca e que nos afetam e que nos empurram
na direção das mudanças de vida.
Nos trânsitos, o fato de um aspecto ser crescente ou
minguante acaba recebendo grande importância (a não ser nos aspectos feitos com
o Ascendente ou MC).  Temos que lembrar
que os planetas no nosso mapa estão congelados no tempo, então até mesmo Plutão
em trânsito é mais rápido do que a nossa lua natal que simplesmente não se
move! Assim o trânsito com dado planeta é crescente ou minguante de acordo o
fato de ele já ter passado pela conjunção com aquele planeta ou não. O ciclo
mais importante é sempre o ciclo que um determinado planeta faz com o nosso
sol, porque o sol é o centro do mapa, um elemento norteador e em geral se um
planeta está crescente em relação ao nosso sol na prática sentimos que este
planeta está “crescente em relação a nossa vida”, com os significados
deste planeta operando em ritmo crescente. É porque o sol trata também dos
nossos níveis de vitalidade e importância. A fase crescente em relação ao sol é
mais energética, a fase minguante é de diminuição progressiva das energias, com
a oposição equivalendo a fase cheia do ciclo, onde ocorre a mudança no fluxo de
crescente pra minguante. 
Já a passagem do planeta pelas casas (que também equivale ao
ciclo que ele forma com o Ascendente) é importante num nível menos subjetivo,
porque o planeta trará seus temas e significados para a área da vida
simbolizada pela casa por onde ele vai estar transitando. Este tipo de trânsito
pelas casas é muito mais importante quando analisamos trânsitos de júpiter e
Saturno. A qualidade do trânsito por cada casa vai depender do fato de
ocorrerem aspectos fáceis ou difíceis naquela casa. A dificuldade de um
aspecto, por sua vez, não é dada somente pelo nível de tensão, mas pela própria
relação natural dos planetas. Até mesmo um sextil de marte com a lua pode ser
um martírio, porque simplesmente marte e lua não interagem bem. E até mesmo uma
oposição de júpiter com o sol pode funcionar de maneira interessante, já que
esses dois planetas tem afinidades.
A qualidade de cada planeta também é um fator a ser
considerado. Não espere que Júpiter formando um trígono com seu Marte em Libra
ou com sua vênus em Áries vá fazer milagres em sua vida, porque não adianta
nada o trânsito ser bom se os planetas estão muito enfraquecidos. Sentiremos
alguma coisa, mas viveremos efeitos na prática a depender da qualidade dos
planetas. O mesmo vale pra quando o planeta  que está transitando está
fraco: de modo geral seus resultados serão mais pobres. A recepção também é um
elemento importante. Um sol em aquário ou capricórnio (signos regidos por
saturno) vai interagir melhor com trânsitos de saturno, ainda que sol e saturno
não tenham uma boa interação naturalmente.
Trânsitos podem ativar outros trânsitos. Essa é a principal
finalidade dos trânsitos mais rápidos. Por exemplo, A quadratura  do sol em trânsito  com Marte no mapa natal é um trânsito banal
que indica um aumento nos níveis energéticos, dinamismo, velocidade,
impulsividade, etc, tudo isso sendo manifesto em uma esfera cotidiana, com
poucas consequências. Mas se você está por exemplo c om Saturno em trânsito de conjunção
ao seu marte no momento  em que o sol em
trânsito quadra o seu marte, essa quadratura de sol com marte vai ser ativadora
do trânsito de saturno, e assim os efeitos que poderiam ser banais podem ter
consequências mais sérias, deflagrar crises ou brigas de grande proporção e
causar muito mais dor de cabeça do que o que costuma acontecer com um trânsito
banal de  sol quadrando marte natal.  Mais do que isso, o trânsito lento as vezes é
sentido de forma superficial, até o momento que um planeta rápido realiza uma
ativação mais contundente no exemplo descrito. O Trânsito de saturno conjunto a
marte é o tipo de trânsito que pode trazer conflitos sérios com autoridades por
exemplo. Mas não significa que você vai ficar todo o período do trânsito (que
pode durar até 9 meses) em pé de guerra e experimentando conflitos com toda e
qualquer autoridade que topar com você. Mas no dia que a ativação ocorre você
vive na prática, no plano cotidiano, todo o conteúdo do trânsito.
E a ativação não precisa ser tensa pra deflagrar um trânsito
tenso: Um sextil de sol com seu marte, enquanto saturno está conjunto ao seu
marte acaba tendo efeitos parecidos. O sol em sextil ao seu marte atua de forma
a lhe deixar mais confiante e assertivo, e graças a essa audácia extra , como
ja está sob trânsito de saturno com marte você acaba criando uma situação muito
desfavorável pra si mesmo ao assumir uma postura que faça alguém investido de
autoridade se sentir ameaçado.   Da mesma forma, um trânsito lento de um tipo
favorável (como júpiter em trânsito em trígono com o sol) pode ser ativo por um
aspecto difícil, por exemplo, uma quadratura do marte em trânsito com o seu
sol. Neste caso, os efeitos problemáticos do trânsito rápido são anulados e ele
atua de forma a promover a ativação do trânsito lento mais favorável.   
Por fim, quando se está analisando trânsitos (e também
outras técnicas preditivas) uma coisa bem interessante de se fazer é um Speculum
com as posições longitudinais em ordem crescente. O Speculum é uma tabela que
pode listar diversos elementos astrológicos e astronômicos. Neste caso, o que
eu sugiro é uma tabela mais simples listando apenas as longitudes astrológicas
em ordem crescente de acordo com os graus. Vou mostrar na prática como fazer
um, é uma coisa bem simples.
Vamos tomar como exemplo o mapa da cantora Lorde.  Ela nasceu dia 7 de novembro de 1996, às
10:00 em Takapuna na Nova Zelândia. Abaixo podemos ver o mapa dela:
Agora vamos ver a lista dos posicionamentos astrológicos
dela:
Sol: 14° de Escorpião
Lua: 23° de Virgem
Mercúrio: 17° de Escorpião
Vênus: 10° de Libra
Marte: 04° de Virgem
Júpiter: 13° de Capricórnio
Saturno: 01° de Áries R
Urano: 00° de Aquário
Netuno: 25° de Capricórnio  
Plutão: 02° de Sagitário
Ascendente: 13° de Capricórnio
Meio do céu: 25° de Virgem
A ideia do speculum é pegar essa lista e ordenar em ordem
crescente de acordo com os graus, ignorando a ordem de importância dos planetas
ou a ordem dos signos. Isso nos dá uma visão panorâmica em termos temporais.
Tudo o que temos que fazer é imaginar qualquer planeta passando do começo ao
fim de um signo e anotar os graus em que o mapa seria aspectado.  Bom, primeiro vamos ver a ordem correta dos
planetas:
00° Aquário – Urano
01° Áries – Saturno
02° Sagitário – Plutão
04° Virgem – Marte
10° Libra – Vênus
13° Capricórnio – Ascendente
13° Capricórnio – Júpiter
14° Escorpião – Sol
17° Escorpião – Mercúrio
23° Virgem – Lua
25° Capricórnio – Netuno
25° Virgem – Meio do céu
Como usar o speculum? Vamos pensar nos termos do trânsito de
Júpiter em Leão; Pra saber como será esse trânsito pra pessoa devemos saber em
que casa cai o signo de leão no mapa e saber os aspectos que vão ocorrer, e de
preferência conhecer a ordem em que esses aspectos se dão. Aqui estaremos
levando em consideração somente conjunção, sextil, quadratura, trígono e oposição.
Veja:
LEÃO b
00°b
– Oposição com urano        
01°b
– trígono com saturno
02°b
– trígono com plutão
10°b
– sextil com vênus
14°b
– quadratura com o sol
17°b
– quadratura com mercúrio
Dessa forma a visualização fica bem mais simples, não? É uma
questão de organização e controle da sua analise. Facilita o trabalho de
delineação. Vemos outros signos , por exemplo, Escorpião e Sagitário por onde
saturno está passando e vai passar em breve:
ESCORPIÃO e
00°e
– Quadratura com urano
04°e
– sextil com marte
13°e
– sextil com o ascendente
13°e
– sextil com júpiter
14°e
– conjunção com o sol
17°e
– conjunção com mercúrio
23°e
– sextil com a lua
25°e
– sextil com netuno
25°e
– sextil com o meio do céu
SAGITÁRIO f
00°f
– sextil com urano
01°f
– trígono com saturno
02°f
– conjunção com plutão
04°f
– quadratura com marte
10°f
– sextil com vênus
23°f
– quadratura com lua
25°f-
quadratura com meio do céu
Outros elementos podem ser adicionados ao speculum a depender do gosto do asrtólogo: Nodos lunares, parte da fortuna, lua negra, asteroides etc, dependendo daquilo que o astrólogo desejar incluir, o importante é entender a finalidade organizadora de se fazer o speculum. 
Esse texto foi pra dar uma visão panorâmica do funcionamento
da técnica dos trânsitos. Em breve vou publicar também textos que ajudam você a
construir sua própria interpretação de acordo com os trânsitos de cada pleneta, começando por júpiter!

Júpiter em Leão ♌

Júpiter ingressou  em
Leão no dia 16 de julho de 2014 marcando o início de um novo momento do ponto
de vista astrológico, que vai durar ao longo do segundo semestre de 2014 cuja
marca será a “quase” quadratura entre Júpiter em Leão e Saturno em
Escorpião. Quase, porque o aspecto não se completa, já que no final do ano é
Saturno quem muda de signo ingressando em Sagitário. Isso fará com que o
primeiro semestre de 2015 já tenha uma outra característica, marcada pelo
“quase” trígono entre Júpiter em leão e saturno em sagitário, aspecto
que também não se completa. O que teremos de predomínio durante todo o trânsito
de Júpiter por Leão na verdade é o trígono de júpiter com Urano em Áries, sendo
esse aspecto o responsável por gerar uma energia muito mais interessante e
produtiva, se compararmos com o trânsito que se encerra agora de júpiter por
câncer que foi marcado por quadratura de Júpiter e Leão além de oposição entre
Júpiter e Urano. O trânsito de Júpiter em leão termina no início do segundo
semestre de 2015 quando Júpiter e Saturno finalmente formam quadratura exata
nos últimos graus dos signos de Leão e Escorpião.   
Leão é um signo de Fogo, e como tal é signo diurno e da
polaridade masculina, o que denota qualidades como o otimismo, a pró-atividade,
a vitalidade e a agressividade . É domicílio do Sol e também  triplicidade de Júpiter, além de ser
triplicidade participativa de Saturno, conferindo poder a planetas relacionados
a autoridade de alguma forma, sobretudo para o Sol, o que lhe aufere
características de autoridade, liderança e realeza. Saturno tem seu detrimento
em Leão, sendo este um signo em que impera “a lei do mais forte”,
sendo o detrimento de saturno neste signo a expressão da tirania.  Nenhum planeta tem exaltação ou queda neste
signo, mas o sol possui simultaneamente triplicidade e domicílio. É um signo
bestial, o que indica sensualidade e certa brusquidão;  é também da modalidade fixa, o que lhe
confere características de estabilidade, constância e teimosia. Em resumo, este
é o signo que rege a autoridade, a competitividade, a criatividade, a paixão, a
coragem, a honra e a realeza. Psicologicamente, Leão está intimamente
relacionado ao ego, a autoestima e aos “princípios” individuais ou
código de ética pessoal, como os antigos códigos de honra dos cavaleiros
medievais. Nisso existe certa ingenuidade e dificuldade em relativizar
situações, e uma grande relutância em se colocar no lugar do outro e enxergar a
si mesmo como “apenas” mais um em um meio coletivo. É o signo dos
privilégios, da meritocracia e do mando.
Apesar de estarmos tratando do ingresso de Júpiter no signo
de Leão, é importante levarmos em conta que na realidade, do ponto de vista
astronômico, Júpiter vai começar a passar pela constelação de Câncer (ou
Caranguejo). Isso acontece em função da precessão dos equinócios. Do ponto de
vista da astrologia védica que usa um zodíaco sideral (com alinhamento
aproximado entre signo e constelação), O ingresso de júpiter em Câncer se deu
em 19 de junho de 2014 e a permanência de júpiter neste signo vai até julho de
2015.
A primeira coisa que devemos levar em conta é a perda de
dignidade sofrida por Júpiter ao sair de Câncer e ingressar em leão, do ponto
de vista tradicional. Em Câncer, Júpiter fica exaltado, e em leão ele deixa de
ter dignidades maiores, ficando apenas em triplicidade. Ainda assim, ele tem
seu poder em leão. Em Câncer, as oportunidades são trazidas por aqueles com
quem temos vínculos de intimidade, elas vem da família, das relações amorosas e
das amizades mais íntimas e antigas. Elas também podem vir na forma de uma
recompensa por atos praticados no passado, surgindo como heranças. Seja como
for, em câncer é como se tivéssemos mais garantias. Já em Leão as oportunidades
precisam ser conquistadas e elas são entregues a quem faz por merecer, é o que
entendemos por meritocracia no seu sentido mais puro e honesto. A recompensa
vem na proporção do desafio, da coragem e da superação. Se você se esforçar,
você cria a oportunidade numa época como essa, mas há competição plena,
portanto nada pode ser tido como garantido. Se o vizinho merecer mais, ele leva
os louros no final, e alguém sempre acaba perdendo nesse tipo de contexto. E de
fato, o clima com Júpiter em leão pode ficar bem competitivo, num nível
apaixonado e acalorado. É um momento em que todos buscarão seu lugar ao sol. A
regra de ouro é respeitar a individualidade alheia e reconhecer o potencial, a
beleza, a dignidade e todas as qualidades dos nossos pares. Respeitar para ser
respeitado. Se mantiver uma postura de quem espera reconhecimento mas não
prestigia aos demais, está fadado a minguar ao longo deste período.
Podemos esperar mais exibicionismo, mais cor, mais brilho,
mais arrogância e muito mais narcisismo nessa período incendiário que se
inicia. Júpiter vai entrar em harmonia com Urano em Áries e vai fazer a alegria
daqueles que são mais individualistas e vaidosos . Será um momento em que as
pessoas , de modo geral, estarão se dando mais valor o que é ótimo mas tem o
potencial de gerar consequências como a alienação e o egoísmo puro;  a tendência é que isso fique ainda mais
intenso quando Saturno também mudar para um signo de fogo no final de 2014.
Será quase um grande trígono. Quase, porque saturno fica retrógrado logo nos
primeiros graus de sagitário e ainda retorna pra escorpião em 2015.
Podemos dividir essa passagem de Júpiter em Leão em 3
períodos com características próprias: 
– O segundo semestre de 2014 vai ter Júpiter indo de 00° a
22° de leão entre Julho e Dezembro. O trígono entre  júpiter e urano será pleno e se dará
inclusive quando júpiter estiver retrógrado. Ao mesmo tempo, Saturno vai de 16°
de Escorpião até 29° de Escorpião de julho aos últimos dias de dezembro, quando
então muda pra sagitário. Nesse meio tempo, veremos a aproximação entre Júpiter
e saturno num aspecto de quadratura que acaba não se concretizando, porque a
partir de novembro júpiter fica mais lento e saturno mais rápido. Mesmo assim,
o período vai lembrar bastante o ano de 2006 quando tivemos Saturno em Leão e
Júpiter em Escorpião, ano em que eles fizeram quadratura de fato. Aquele foi o
ano da campanha de reeleição de Lula e em 2014 veremos a tentativa de reeleição
da sucessora dele num contexto astrológico muito similar ao daquele ano. Essa
quadratura é uma das mais fortes possíveis e indica conflitos raivosos,
apaixonados e potencialmente violentos. Como não haverá contato exato entre
júpiter e saturno no aspecto de  quadratura
em 2014, talvez as coisas se desenrolem de maneira menos intensa do que o
ocorrido em 2006 se pensarmos no contexto das eleições no Brasil.
– O primeiro semestre de 2015 é marcado pela presença de
Saturno em Sagitário enquanto Júpiter realiza o movimento retrógrado em Leão. Os
dois também se aproximam de um trígono, que também não se concretiza. Num
primeiro momento, vemos a retrogradação de Júpiter que sai dos 22° de Leão e
volta para os 12° de Leão, entre dezembro e abril. Ao mesmo tempo Saturno vai
dos 28° de escorpião aos 04° de Sagitário no mesmo período. Entre Março e abril
de 2015 os dois planetas estacionam e trocam de ritmo: júpiter fica direto e
saturno fica retrógrado. E as coisas permanecem assim até junho, quando Saturno
retorna para Escorpião. O período do primeiro semestre de 2015 é então marcado
por um verdadeiro incêndio nos céus, com os 3 signos de fogo recebendo a visita
de planetas importantes e definidores de características temporais, de época. É
também o brinde a Urano em Áries e agora a quadratura entre Urano e Plutão se
desequilibra bastante neste cenário, com as forças revolucionárias e
individualistas simbolizadas por Urano recebendo muito mais apoio, sendo um
período todo favorável às inovações e aos novos inícios.   
– O terceiro momento vai ser durante Julho e Agosto de 2015,
quando Júpiter em leão se aplica em quadratura com Saturno em Escorpião ,
aspecto que fica exato nos 28° de Leão/Escorpião no dia 3 de agosto, logo
depois de saturno estacionar. O momento pode ser extremamente negativo para a
economia do Brasil e do mundo , principalmente porque essa quadratura  é minguante. Ela pode deflagrar um
desdobramento da crise econômica já vivida nos últimos anos e com potencial de
desta vez prejudicar o Brasil porque ela se aprofunda ao longo de 2016 em
signos mutáveis, com saturno em sagitário e júpiter em virgem, e os signos
mutáveis tem sempre um impacto muito forte sobre o Brasil que é um país
virginiano com ascendente em peixes e a lua em gêmeos. Para as pessoas com
planetas nos últimos graus dos signos fixos o período de Julho e Agosto de 2015
pode ser complicado principalmente no aspecto financeiro. No dia 11 de Agosto  de 2015 júpiter entra no signo de Virgem.      
Vamos ver agora um apanhado geral de como esse trânsito deve
funcionar pra cada signo. Levem em conta principalmente o Ascendente, além do
signo solar! A interpretação leva em consideração as casas (num sistema de signos
inteiros) que é válido também, apesar de que o ideal é saber exatamente por
quais casas ocorre o trânsito no seu mapa em específico.
Áries
Leão é o trígono crescente de Áries, aquilo que os
astrólogos de revistinha gostam de chamar de “paraíso astral”, e de
certa forma eles tem um pouco de razão porque o trígono crescente é sempre  um dos trânsitos mais promissores e férteis. O
período é marcado por otimismo, criatividade e vitalidade, muita força de
vontade e uma disposição geral para a vida muito mais positiva. Podem ficar
mais competitivos e com potencial de confiar mais na sorte, mas é bom se
acautelarem e não sair por aí apostando o dinheiro do aluguel ou as próprias
calças. A sorte pode sorrir pra você, mas seria burrice confiar cegamente nela.
Aproveite a sinergia com o trânsito de urano para quebrar com padrões
destrutivos em sua vida, revolucionar seus objetivos  e começar a fazer as coisas de maneira
diferente. Pra quem tem ascendente em Áries, momento pode ser especialmente
fértil, podendo indicar facilidade pra engravidar por exemplo, e criatividade
extra.        
Touro
Para Touro, Leão é a quadratura crescente e se trata de uma
das quadraturas mais positivas do zodíaco porque os dois signos formam uma
relação de antiscion: isso significa que eles são muito similares pois acabam
regendo coisas que guardam certa analogia (touro rege a beleza, o valor e o
prazer, e leão rege a realeza, a fama e a autoridade), quase como se fossem
reflexos apesar de suas diferenças. Isso quer dizer que para os taurinos o
período será positivo, marcado por otimismo. É necessário focar principalmente
em questões relacionadas a segurança emocional, moradia e equilíbrio pessoal porque
Leão é a casa 4, com isso sendo especialmente verdadeiro pra quem tem
ascendente em Touro. Talvez profissionalmente esse não seja dos seus melhores
momentos, mas você estará reunindo recursos e energias pra agir muito em breve.
Se tentar forçar as coisas a acontecerem agora pode obter resultados muito
ruins, especialmente se você depender da aprovação pública ou de superiores.
Existe um risco de se exagerar e cometer excessos em diversos níveis,
principalmente na área financeira. É muito importante ter uma noção clara dos
próprios limites ao lidar com essa energia contagiante , o “oba-oba”  jupiteriano.
Gêmeos
Pra gêmeos a fase é marcada por um otimismo discreto porque
Leão é sextil crescente de gêmeos e o sextil é um aspecto mais fraco. O momento
é interessante para se articular e fazer novos contatos, o aspecto social fica
muito fortalecido e é necessário pra que se consiga oportunidades de
realização. A comunicação estará fortalecida e as ideias brotando de todos os
lados. O período também é favorável para estudos e viagens curtas. Preste
atenção porque muitas ideias promissoras podem surgir ao longo deste trânsito,
mas talvez ainda lhe faltem os recursos necessários ou o entendimento
necessário pra coloca-las em prática. Guarde essas ideias porque mais a frente
haverão maiores oportunidades de concretização. Considere esse como um período
que lhe traz “oportunidades de inspiração” e talvez poucas
oportunidades de realização efetiva.
Câncer
Pra câncer as oportunidades podem diminuir, mas também
diminuem a ansiedade e as expectativas e idealizações que costumam acompanhar
os trânsitos de conjunção de júpiter, o que também é bom. É possível esperar
por um período mais calmo ( a não ser que você esteja sob trânsitos de Urano ou
plutão). Pra quem tem ascendente em Câncer, financeiramente o período pode ser
bom, mas também é bom não contar com os ovos antes de a galinha efetivamente os
ter colocados em todos os momentos da sua vida, inclusive neste.  Isso acontece porque júpiter passa pela casa
2, setor relacionado ao patrimônio e que indica sensação de saciedade,
diminuição nas necessidades de consumo e potencial de expandir a própria renda.
  
Leão
Os leoninos entram em uma fase extremamente favorável, tanto
os que tem sol quanto os que tem ascendente em Leão. As conjunções de Júpiter
tem um potencial reavivador, aqueles que estavam doentes ou tristes no passado
recente podem perceber uma melhora significativa no seu estado geral de saúde e
ânimo. Júpiter gera oportunismo, fé e otimismo que criam uma onda de boa
vontade que é de mão dupla, levando a maioria dos empreendimentos que você
começar agora a darem certo. Você se sentirá mais generoso, despreendido e
tocado por uma espécie de “sorte”. Quanto ao aspecto da sorte, ele é
real mas você não deve abusar disso, especialmente se seus planetas estiverem
na segunda metade de Leão, porque ainda tem que conviver com as limitações e
potenciais revezes simbolizados pelo trânsito de quadratura de saturno. Há
também o risco de você ficar ansioso, querendo fazer 1000 coisas ao mesmo
tempo, o que pode levar você a não aproveitar devidamente todo o potencial do
período. As expectativas, idealizações e promessas são tentadoras, você pode
tanto prometer quanto crer em promessas e não faria bem a você se apegar muito
a elas porque nem todas se concretizarão durante este trânsito , por mais
afortunado que ele seja. Viagens longas e novos estudos ficam favorecidos,
haverá uma vontade geral de expansão e crescimento inclusive no plano mental.
Virgem
Virginianos e principalmente os que tem ascendente em virgem
podem viver a passagem de Júpiter em leão como um período de espera, a não ser os
que tenham muitos signos fixos no mapa. Do contrário, o período pode levar a
uma inclinação para períodos de isolamento voluntário. Em algumas
circunstâncias, a verdade é que você sentirá necessidade de ficar longe de tudo
para recarregar suas baterias por alguns momentos. Se não cuidar da saúde, pode
experimentar um enfraquecimento neste período, deve prestar atenção principalmente
a sua alimentação. Este é o último estágio do ciclo de júpiter em relação ao seu
signo, a hora mais escura antes do raiar do sol num sentido figurado, por isso
é natural a baixa energética e é imprescindível que você não se comprometa em
excesso por agora.
Libra
Para librianos o momento é de melhora discreta já que
Júpiter intermedeia a oposição de urano em Áries com o signo de Libra trazendo
alternativas e saídas mais agradáveis do seu ponto de vista pra solucionar
muitos dos conflitos simbolizados por esta oposição. Leão é sextil minguante, o
aspecto apesar de harmônico é também frágil, então não é interessante esperar
muito deste momento. As amizades se favorecem bastante, bem como os níveis de
popularidade e a vida social como um todo e podem surgir boas oportunidades
através de amigos sobretudo para os que tem ascendente em libra. É porque do
ponto de vista do ascendente em libra, esse trânsito ocorre na casa 11, onde
Júpiter tem júbilo, com as oportunidades trazidas neste momento tendo potencial
de desdobramentos positivos a médio prazo.   
Escorpião
Para Escorpianos, o signo de Leão é a quadratura minguante.  Trata-se de um período que, apesar de positivo
no geral, tem o potencial de gerar algumas situações difíceis de administrar. A
energia do signo de escorpião,discreta  e
profunda, não interage muito bem com o exibicionismo e o excesso de
autoconfiança do signo de Leão. Neste momento você acaba sendo levado a exibir
muito de si ou a agir de maneira afirmativa e veemente  diante dos outros de modo a colocar a si mesmo
em situações bem constrangedoras. Procure ter uma noção clara dos seus limites
pra passar por este momento ileso. De modo geral, a quadratura minguante jupteriana
pode trazer oportunidades para as quais você ainda não está totalmente
preparado. A decisão é sua, se vai encarar de frente o desafio ou esperar
momento oportuno. Mas é bom ter em mente que a oportunidade perdida pode nunca mais
voltar e que não há necessidade de perfeição em todos os momentos, em especial
quando estamos lidando com uma situação que ultrapassa nossos próprios limites.
Especificamente para quem tem ascendente em Escorpião, o momento pode ser
altamente promissor na esfera profissional com grandes oportunidades de
divulgar seu próprio trabalho.    
Sagitário
Pra sagitário, Leão é o trígono minguante, momento bastante
favorável que incute muita autoconfiança e tem um potencial revigorante. O
trígono minguante está relacionado a um momento de reconhecimento dos esforços
pregressos, onde você pode acabar se tornando referência pra pessoas que lhe
cercam e é encorajado a exibir suas qualidades e a ser vocês mesmo de maneira
plena. O perigo deste trânsito reside somente na possibilidade de este “surto”
de autoconfiança levar você a passar um pouco dos limites do razoável. O
momento é extremamente favorável para viagens e estudos, principalmente para os
que tem Ascendente em Sagitário. Entretanto, procure encarar o momento como uma
preparação para a quadratura que vem 1 ano depois e que promete desafios mais
complicados de se administrar. Por hora, a tendência é que as coisas fluam de
forma bem facilitada, tão facilitada a ponto de você achar que nem precisa
fazer nenhum esforço, o que seria um equívoco e um desperdício de oportunidade.
Capricórnio


Capricórnio vem de uma oposição com júpiter o que significa
que uma fase que pode ter sido marcada por mudanças, culminação de projetos,
expectativas e muita ansiedade chega ao fim. O período de Júpiter em Leão
promete ser bem mais calmo , talvez até monótono do ponto de vista
capricorniano. Apesar da onda exibicionista do momento, o capricorniano médio
vai preferir esperar por momento mais oportuno, quando tiver mais consistência
em seus  novos projetos  e não vai querer submeter seus planos a prova
em um ambiente tão competitivo. Do ponto de vista do ascendente em capricórnio,
Júpiter passa pela casa 8, dos recursos alheios, indicando uma fase promissora
no aspecto financeiro especialmente para os que trabalham de forma autônoma,
podendo facilitar também a obtenção de ajuda financeira como empréstimos e
doações.
Aquário
Aquarianos estarão passando a partir de hoje pela fase da
oposição de Júpiter, momento de clímax no ciclo de qualquer planeta, que
equivale a energia de uma lua cheia, com todo o seu potencial pra ansiedade e
instabilidade, mas também com suas potencialidades em termos de oportunidades e
capacidade de realização e sucesso. É momento em que projetos recentes seus
podem chegar a uma espécie de clímax (especialmente projetos iniciados depois
de 2009, quando júpiter passou por Aquário.)em que você pode colher bons frutos
a depender do trabalho realizado. Nem sempre esse clímax traz necessariamente
sucessos e nesse sentido a oposição pode trazer surpresas, especialmente se
você não deu consistência aos seus projetos enquanto os idealizava. Será uma
fase em que você poderá receber elogios, premiações e também críticas severas.
Se nada foi feito nos últimos tempos, se nenhum projeto está pra chegar em um
clímax, o que pode chegar em um clímax são os seus níveis de ansiedade e
expectativas em relação a sua profissão ou relacionamentos. Neste cenário, é
possível que você projete e culpe os outros por eventuais frustrações, ou que
entre em uma onda de querer dar início a projetos de forma indiscriminada.
Procure evitar isso se for o caso, adotando uma postura de calma, de pensar
duas vezes antes de se comprometer e começar qualquer outra coisa.  Do ponto de vista do ascendente em Aquário o
período é extremamente social e voltado pros outros, pra vida afetiva e social
como um todo, sendo uma fase que proporciona novas amizades e muitos contatos
com potencial de lhe trazer oportunidades a médio prazo.  
Peixes
Piscianos atravessam um período de calmaria, porque Leão não
forma aspecto ptolomaico com o signo de Peixes. Estão vindo de um trígono
crescente, portanto estão ainda inseridos em uma fase bastante positiva,
marcada pela autoconfiança. Devem prestar atenção ao fato de que talvez não
estejam com a mesma sorte que tinham nos últimos meses, portanto agora é
importante que sejam um pouco mais prudentes. Não significa que tenham entrado
em uma fase de “azar”, significa apenas que, apesar de a fase ainda
ser crescente, já não há mais o trígono exato de júpiter atuando como anjo da
guarda. Seja confiante, mas com moderação! Em breve a oposição trará bastante
movimento, oportunidades e um sentimento de clímax em sua vida, então use este
momento de Júpiter em Leão pra se preparar pra isso. Para os que tem ascendente
peixes, o trânsito de Júpiter na casa 6 pede atenção aos detalhes e pode trazer
muito trabalho, mas pouco reconhecimento. Aproveite o momento pra ficar em dia
com seu cotidiano e com sua saúde: talvez seja necessário implementar uma nova
rotina.       
Efemérides de júpiter em Leão:
Ingresso em 00° de Leão : 16/07/2014
Conjunção com o Sol em 01° de Leão: 24/07/2014
Quadratura com marte em 03° de Escorpião/Leão: 1/08/2014
Primeiro Trígono exato com urano retrógrado em 14° de
Leão/Áries: 25/09
Trígono com Marte em 17° de Sagitário/Leão 08/10/2014
Quadratura com o sol em 21° de Escorpião leão: 14/11/2014
Júpiter fica estacionário em 22°37′ de Leão : 08/12/2014
Trígono com o Sol em 22° de Sagitário/Leão: 14/12/2014
Oposição com Marte em 21° de Aquário/Leão: 01/01/2015
Oposição com o Sol em 17° de Aquário/Leão: 06/02/2015
Segundo trígono exato com urano em 14° de Leão/Áries:
03/03/2015
Trígono com Marte em 13° de Áries/Leão: 10/03/2015
Trígono com o Sol em 12° de Áries/Leão: 02/04/2015
Estaciona e retoma o movimento aos 12°35′ de Leão no dia
09/04/2015
Quadratura com Marte em 12° de Touro/Leão: 17/04/2015
Quadratura com o Sol em 13° de Touro/Leão:  04/05/2015
Terceiro trígono exato com Urano em 20° de Leão/Áries:
22/06/2015
Quadratura exata entre Júpiter e Saturno em 28° de
Leão/Escorpião: 03/08/2015
Término do trânsito de Júpiter em Leão e ingresso de Júpiter
em Virgem: 11/08/2015