A constelação de Andrômeda

Andrômeda é uma constelação localizada próxima ao equador
celeste, no hemisfério norte do céu, paralela as constelações zodiacais de
Peixes e Áries; Do lado oposto na parte sul está a constelação de Cetus. Mais
ao norte de Andrômeda estão também as constelações de Cepheu e Cassiopéia, seus
pais. ao lado de Andrômeda está a constelação de Perseus, seu herói e amado.
Todas essas constelações juntas fazem parte do mesmo esquema mitológico e estão
intimamente relacionadas com as constelações de Peixes e Áries. Andrômeda
particularmente é uma constelação que tem uma natureza muito semelhante a de
Peixes, mas isso indo muito mais para o lado da exaltação de Vênus neste signo:
é uma constelação venusiana por excelência. É a clássica representação da
donzela indefesa que é salva pelo príncipe (Perseu) de uma fera terrível
(Cetus).
Na direção da constelação de Andrômeda pode-se observar o
objeto mais distante observável a olho nu no céu, a Galáxia de Andrômeda, nossa
vizinha. Andrômeda não é tão difícil de se localizar , uma vez que se saiba pra
onde olhar. Ela fica na região mais ao norte do céu, próxima de Peixes.
Localizando-se a constelação de Pégasus (que forma um quadrado), Andrômeda
forma uma espécie de linha reta prolongando-se a partir deste quadrado. Hoje
(junho de 2013), se você quiser visualizar esta constelação, teria que olha pro
céu um pouco antes do nascer do sol. A melhor época pra se observar Andrômeda é
a partir de Outubro quando ela fica visível logo após o por do sol. Suas
principais estrelas estão neste prolongamento. Se o local onde se vai realizar
a observação for razoavelmente livre de poluição luminosa, é possível se
avistar a Galáxia de Andrômeda na direção desta constelação. Uma luneta ou
binóculo ajudaria no processo de observação.  
Andrômeda era filha do Rei da Etiópia, Cefeu, e de
Cassiopéia. Cassiopéia era uma mulher fútil e vaidosa, e certa vez afirmou que
era mais bela do que todas as Nereidas (divindades protegidas por Posseidon) ,
o que causou a ira do Deus das águas. Como punição, Posseidon decidiu enviar
uma besta marinha gigantesca com a missão de destruir o reino da Etiópia. A condição
para a não destruição da Etiópia era que Cefeu e Cassiopéia entregassem sua
filha em sacrifício para Posseidon, que seria devorada pelo monstro. Para
salvar o reino, Cefeu não teve alternativa a não ser entregar sua filha. Assim
Andrômeda foi levada para um rochedo na costa do antigo reino da Etiópia (que
também englobava parte da Arábia em tempos antigos). Quando estava para ser
devorada pelo monstro, Andrômeda é salva por Perseu que acabara de derrotar a
Medusa e ainda portava a cabeça daquele monstro. Usando do poder diabólico da
cabeça da Medusa, Perseu fez com que a Besta marinha olhasse nos olhos da
Medusa, petrificando a fera. Assim Perseu quebrou as correntes que mantinham
Andrômeda presa ao rochedo e a tomou como esposa, salvando, dessa forma, o
reino da Etiópia da destruição. Andrômeda e Perseu criaram a linhagem que daria
origem ao povo Persa, de acordo com a mitologia.  
Andrômeda está diretamente relacionada a constelação de
Peixes e também ao signo oposto, Virgem, e é uma representação clássica da Vênus
nos moldes do eixo Peixes-Virgem: Entregue ao sacrifício, acorrentada a um rochedo,
totalmente indefesa a espera do príncipe encantado. Não à toa, as estrelas
desta constelação tem todas a natureza Venusiana, indicando beleza, capacidade
de atração, carisma e dons artísticos. Os antigos atribuíam um sentido negativo
porque consideravam a feminilidade e a beleza como causadoras do adultério,
como se a responsabilidade fosse da mulher. O que essas estrelas representam
são o desejo, a volúpia e a forte possibilidade de o nativo não conseguir
conter seus ímpetos sexuais, seja homem, seja mulher. É também indício de
grande potencial de atração, especialmente se uma das estrelas principais
estiver em algum elemento significador da aparência física.
Alpheraz é a estrela Alfa e está localizada aos 14° de Áries
nos dias de hoje. No céu, é a estrela que está mais próxima do quadrado de
Pégasus. Essa estrela também tem outro nome, Sirrah. Esta localizada nos
cabelos de Andrômeda, é significadora de grande beleza, carisma e popularidade.
Alguns autores incluíam essa estrela na constelação de Pégasus mas a maioria a
posiciona em Andrômeda.  
A Galáxia de Andrômeda, também conhecida como Vertex (M31
NGC224) está localizada muito próxima da estrela Beta de Andrômeda, atualmente
quase aos 28° de Áries. Na figura, a galáxia fica localizada próxima a região
do ventre-vagina de Andrômeda. É encarada astrologicamente como um aglomerado
estelar, e é interpretada da mesma forma, podendo simbolizar problemas de visão
e algo como um véu a encobrir e confundir os assuntos relacionados aos
planetas/ângulos tocados. Era chamada também de pequena Nuvem porque é esse o
aspecto que tem quando observada a olho nu numa noite de céu limpo e tempo
seco.
Mirach é a estrela Beta, e está localizada atualmente aos
00° de Touro. Também conhecida como Ventrale, por estar localizada no ventre de
Andrômeda, bem próxima da Galáxia de Andrômeda. É quase tão brilhante quanto
Alpheraz e os significados são bem parecidos, com a diferença de que essa é
considerada um pouco mais benéfica, indicando fertilidade , sorte no casamento
e sendo auspiciosa no quesito vida familiar.

Almach fica localizada na região do pé esquerdo de Andrômeda
aos 14° de Touro nos dias de hoje. É a região que fica mais próxima de Perseus,
sendo na região que passa por essa estrela, a constelação do triângulo e a
constelação de Perseus que ocorre a chuva de meteoros das Perséiades. Por esse
motivo os Chineses consideravam essa como uma região especialmente afortunada
do céu, porque entendiam as estrelas cadentes como bons augúrios. Essa região
era conhecida entre os chineses como “o grande general dos céus” e
significava eminência, representando uma das mansões lunares da astrologia sideral
chinesa. Na astrologia ocidental, Almach tem os significados básicos de
andrômeda simbolizando carisma, atração física e sorte moderada nos assuntos
venusianos, com possibilidade de aventuras extra-conjugais. das estrelas de
Andrômeda, o forte desta não é exatamente na sorte matrimonial ou no carisma,
mas no hedonismo e na capacidade de se extrair prazer da vida.    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.