Lua em Virgem

Com a Lua em Virgem você é uma pessoa prática e sensata, que recebe o mundo de uma maneira um tanto ansiosa e aflita, sempre pronto para resolver eventuais problemas ou ter de lidar com imprevistos. Você está sempre muito preocupado com a ordem e o bom andamento das coisas, viver em meio ao caos ou da desorganização lhe é extremamente nocivo e destrói seu equilíbrio emocional. Sua alimentação tem um impacto fortíssimo em seu bem estar emocional, você é uma pessoa muito ligada aos aspectos orgânicos e somáticos da vida, e normalmente seu corpo é um reflexo instantâneo dos seus estados subjetivos.

Por ser intensamente crítico de si mesmo você corre o risco de se tornar uma pessoa insegura, é de extrema importância que aprenda ao longo de sua vida a receber elogios e a não se punir tão severamente por pequenas falhas. Sua natureza prestativa deve ser equilibrada já que a insegurança pode facilmente leva-lo a tentar conquistar a confiança das pessoas através de favores. Você na verdade tende a demonstrar afeto de maneira muito prática, sempre ajudando, aconselhando ou presenteando as pessoas que ama.

A pessoa que nasce com a lua em virgem pode conviver deste a mais tenra idade com a sensação de que podem estar atrapalhando alguém ou alguma circunstância. O maior pesadelo pra lua em virgem é ser um estorvo pra alguém, trabalham com a premissa de que eles precisam ser úteis de alguma forma, do contrário o sentimento de culpa e a ansiedade os consomem. Esse medo de atrapalhar é o que mais leva a lua em virgem ao erro e a situações ridículas, e assim seu pesadelo se concretiza. No afã de ajudar, mostrar serviço ou demonstrar que são humildes e que conhecem seu lugar são levados a situações excessivas onde de fato acabam efetivamente atrapalhando ou se tornando o centro das atenções quando tudo o que queriam era passar despercebidos. Tudo isso está relacionado a problemas axiais de autoestima e ao insistente cultivo de sentimentos de culpa que devem ser oriundos da infância. E a lua em virgem é especializada em  absorver as neuroses e expectativas dos pais transformando isso em sua voz internalizada. O perfeccionismo de virtude pode se transformar em problema quando leva a pessoa a se sentir ansiosa por melhores resultados. Isso leva a lua em virgem a ter uma grande dificuldade de relaxar ou de aceitar as imperfeições imodificáveis da vida ou a que elas percebem em outras pessoa. A hipocondria também pode ser uma manifestação dessa tendência com a pessoa sempre inquieta projetando no seu próprio corpo ou estado de saúde suas mais diversas insatisfações.  

Entretanto a crítica tem sempre a intenção de produzir melhoria e pode ser bem empregada quando auxilia na percepção das falhas e do que pode ser feito em relação a elas. Luas virginianas muito tensas, por outro lado, podem desenvolver um comportamento super-crítico e pedante que serve apenas pra evitar que as pessoas foquem nos erros dela mesma. Já a existência de uma autocrítica excessiva pode paralisar a pessoa e impedir o desabrochar dos seus projetos pessoais. Em geral tanto a autocrítica quanto a super-crítica, que em outras palavras é esse desconforto em relação a si mesmo, ao mundo ou aos outros  se transformam em problemas na medida em que a pessoa se mantém agarrada a um perfeccionismo inalcançável. Ela relaxa quando passa a compreender o papel das imperfeições na composição dela mesma e da vida, quando desenvolver a tolerância e o respeito pelo que diverge da norma. Nesse sentido luas virginianas podem ser altamente violentas consigo mesmas e com os outros, porque podem assumir facilmente uma postura de julgamento e punição em relação as suas falhas ou as falhas alheias. Se entender que a crítica deve permanecer no rasante do foro íntimo, simplificarão suas vidas e se tornarão pessoas muito mais agradáveis. Isso é porque de todas as luas, a virginiana é que tem a percepção mais crítica e detalhada da realidade que a cerca e delas mesmas. Mas isso não significa que precisam reagir e interagir com tudo o que percebem e sentem, principalmente em relação as imperfeições que lhe saltam aos olhos.    

Como tem triplicidade, a lua virginiana é considerada muito boa porque torna seus nativos auto suficientes na esfera lunar, plenamente capazes de cuidar deles mesmos ou dos outros. Como a lua rege a alimentação, o cuidado e o dia a dia, é natural que ela fique fortalecida no signo do perfeccionismo, da rotina e da ordem. Emocionalmente podem ser tímidos e até pudicos e demonstram seus sentimentos de forma discreta, prática e objetiva. Isso pode ser percebido pelos outros como frieza, indiferença e até mesmo desamor, e é tarefa da pessoa que nasce com essa lua se certificar de que as pessoas saibam dos seus sentimentos. A limpeza tem um efeito terapêutico. Limpar-se ou cuidar do próprio ambiente as vezes é a solução pro mau humor, desmotivação ou apatia que essa lua pode sentir eventualmente. São extremamente sensíveis a alimentação e problemas nessa área geralmente denunciam desequilíbrios maiores, que deve ser investigados.De todas as luas essa é a que tem maior propensão a somatizar questões de natureza emocional. Daí que percebem que como as emoções são complexas ou difíceis de controlar, cuidando do corpo, da higiene ou da alimentação é que as luas virginianas conseguem resolver muitas de suas crises emocionais.     

Sol em Virgem

Neste signo o foco está difuso, assim como na maioria dos signos mutáveis. A questão aqui é que o indivíduo tende a se importar com as minúcias, com os detalhes, com o que é pequeno e perde um pouco da noção do todo. A forma de abordar a vida será a de tentar sempre categorizar, separar dividir e analisar as coisas em partes menores até que se tenha confiança de se encarar o “inteiro”. A pessoa é pragmática, perfeccionista e detalhista, não deixa passar nada, nenhuma falha, e nenhum imprevisto é realmente “imprevisto” para ela.
A principal característica é a preocupação, o cuidado, o asseio. A pessoa é crítica e crê que nada é fixo e que tudo pode ser aprimorado, eternamente aperfeiçoado. Tende ao nervosismo e a instabilidade e a ter muita preocupação com tudo o que diz respeito ao universo material. Assim as finanças são sempre calculadas e recalculadas e o corpo recebe um cuidado exagerado, pois existe muita preocupação com a saúde.
De fato a pessoa com esta combinação tende a ser mais frágil e a somatizar os problemas, por estar num signo mutável o sol não apresenta muita resistência quando no signo de virgem. Os que nascem no hemisfério norte (verão) tendem a ser mais ácidos, mais autoritários e controladores. Os que nascem no hemisfério sul (inverno) já tendem a ser menos confiantes, mais preocupados, mas ao mesmo tempo mais humanos e cuidados com os outros. Os virginianos que tem mercúrio em leão são um caso a parte, pois tendem a ser mais autoconfiantes, centrados e expressivos, porque existe recepção mútua entre o sol e mercúrio. Eles podem ainda ser tachados como arrogantes e buscam mais o aplauso e o sucesso. Já os virginianos que tem mercúrio em Virgem, apesar de serem mais instáveis, são os mais corretos, inteligentes e exatos. A inteligência tende a estar muito acima da média e a pessoa é muito confiável, porque mercúrio está exaltado. Os virginianos com mercúrio em Libra já são mais sociáveis, mas são os mais influenciáveis e subservientes, já que mercúrio está no signo da queda do sol.