Gêmeos

Gêmeos é uma reação á inércia taurina. Neste ponto cansamos de ficar no mesmo local e resolvemos borboletear por aí, conhecer as redondezas, explorar o mundo ao nosso redor. Dentro do ciclo, gêmeos é o que inicia de maneira bem frágil o real desenvolvimento da nova ordem. Gêmeos também é uma reação ao costume, é uma ânsia por novidade, por novos estímulos, onde tudo se desvaloriza muito rapidamente porque as coisas não são sorvidas, o objetivo é apenas experimentar um pouquinho de tudo, afinal tudo é desconhecido e inexplorado e o objetivo geminiano é o de justamente conhecer o território e aprender o máximo possível, muitas vezes transitando entre facções rivais e coisas totalmente contraditórias.

Aquário e gêmeos tem muito em comum, e gêmeos é como uma versão refinada de aquário. Aquário é descontente com todo um sistema decrépito que realmente não tem mais razão de existir, e simboliza uma rebelião. Gêmeos não é rebelde, é adaptável e também não planeja destruir nenhuma ordem (o raciocínio geminiano e a realidade onde ele está inserido desconsideram a existência de ordens), pois isso é algo que ainda se desenvolverá, representa a exploração do novo, da idéia originada em Áries e fixada em touro. O objetivo de aquário é a libertação das amarras advindas dos valores arcaicos de uma determinada “ordem”, e em gêmeos aquário finalmente encontra essa liberdade de maneira plena.

É a liberdade total da mente, onde os opostos se cruzam e se tem liberdade para transitar entre as mais diferentes camadas. Não é difícil perceber de que modo Áries e Gêmeos estão conectados, sendo gêmeos uma continuação de Áries, ou uma multiplicação de Áries que parte de um ponto e se dirige para diversos pontos, conhecendo um território e aprendendo o máximo que pode.

Também podemos dizer que gêmeos é a dissipação da energia ariana, condensada previamente em touro. Como Áries , gêmeos não tem nenhum objetivo, quer apenas explorar. Gêmeos continua e reinventa em cima daquilo que foi iniciado em Áries, mas anda de maneira aparentemente desgovernada, apenas apreciando a paisagem, mas sem um destino, não concluindo nada também. No final das contas gêmeos transitou por todos os lugares e não ficou em lugar nenhum. Observamos algo de superficial e leviano nesta energia, mas ela é essencial no sentido de ser a iniciadora do desenvolvimento, as coisas saem do lugar e progridem, mas continuam sem finalidade ou rumo.

Lua em Leão

Com a Lua em leão você conhece o valor da auto-estima e irá desenvolvê-la em você ao longo de sua vida de qualquer maneira, mesmo que não seja estimulado para tal em sua infância. Você se alimenta de respeito e reconhecimento, e precisa estar atento para o fato de estar agindo de modo a atrair essas coisas para si. De nada adianta você desejar ardentemente o aplauso se você não exibir para o mundo as suas qualidades, e mesmo exibindo tais qualidades, de nada adianta esperar que elas sejam bem recebidas se você não trabalhar para que elas estejam à altura do reconhecimento que você supõe merecer.
Você é emocionalmente estável, mas ao mesmo tempo ardente e voluntarioso: deixa-se guiar pela paixão, pela emoção, pela comoção. É sensual tendendo a ser do tipo conquistador-romântico. Seu grande ponto fraco é o desprezo, e precisa perceber que é possível que você mesmo crie as situações onde aparentemente é desprezado, pelo simples fato de não deixar claro que deseja atenção, reconhecimento ou seja lá o que for.

Em geral, as crianças com a lua em Leão são o que chamamos de “mimadas” na infância, crescem se sentindo especiais e privilegiadas e correm o risco de se tornarem adultos com uma expectativa muito alta em relação a atenção que vão obter do mundo e dos relacionamentos, não raro adultos que na intimidade podem se revelar de um tipo bem mimado. Quando não são mimadas, crescem com a marca dessa carência e vão tentar conseguir o que não tiveram no mundo la fora. Basicamente são pessoas que esperam por uma recepção calorosa dos outros , nos mais diversos espectros da vida, e com isso se colocam em sério risco de se decepcionar e se sentirem desprestigiadas. Quão mais harmoniosa for a lua no mapa, mais a pessoa vai ser capaz  de efetivamente trabalhar e conquistar a atenção e o reconhecimento que julga merecer. Porque uma lua em Leão tímida via de regra é desarmônica, e timidez é a receita para as decepções no universo leonino. Em geral essa mobilização na direção da aceitação, do aplauso e da empolgação alheia motiva as luas leoninas tornando elas ambiciosas, esforçadas e muito mais ousadas do que as outras pessoas. São também pessoas muito competitivas, até mesmo em questões sentimentais

Na intimidade, o comportamento vai por direções que visam chamar a atenção dos outros. Por isso a maioria das pessoas com lua em leão são divertidas e gostam de entreter as pessoas: dar festas, jantares, reuniões, performances exclusivas, etc. A intenção é sempre causar um impacto emocional positivo, principalmente quando estão conhecendo alguém. Amam igualmente pessoas bem humoradas, se contagiando facilmente, rindo veementemente até das piadas mais bobas. São dramáticos, enfáticos e expressam as emoções sem grande puder, o que é saudável. Mas esperam dos outros o mesmo tipo de envolvimento, e se a pessoa se mostra de forma apática (porque essa é a natureza emocional dessa  pessoa) a lua leonina pode se sentir desprezada e preterida. O orgulho se fere facilmente e são comuns as reações exageradas, a criação de tempestades e as reivindicações. São generosos em relação a elogios e incentivos e os fazem inclusive quando não tem a menor ideia do que estão falando. Alimentam nos outros aquilo que lhes alimenta, sendo portanto pessoas cujo ponto fraco é o elogio e a adulação. Pessoa aduladoras conseguem manipular facilmente os nativos da lua em leão, e a pessoa leva tempo até aprender  a não ser tão facilmente seduzida por um par de elogios. Essa vaidade não é como a vaidade ostensiva de outros posicionamentos fogosos, mas uma certa ingenuidade infantil que se conserva até mesmo durante a vida adulta, onde a pessoa é profundamente sensível aos reforços positivos que obtém do mundo, tornando-se até mesmo dependente. Mas da mesma forma, a crítica fere e dificilmente é bem recebida por quem tem essa lua.

No amor são pessoas apaixonadas, ardentes e sensuais, adoram os jogos de sedução e de poder e normalmente se doam de maneira intensa porque querem garantir que o outro vai ter uma impressão positiva. Mas correm dois riscos: O de avançar o sinal e aprofundar as coisas muito rapidamente, e o de doar toneladas de amor e atenção sem receber nada em troca. Dessas duas possibilidades, a rejeição é a única com possibilidade de ferir realmente uma lua leonina, porque mais do que uma crítica, a rejeição é a negação maior do sentimento que é doado, e isso é mortal pra essa lua. Ao menos mortal para aquela relação específica. Dificilmente uma lua leonina volta a dar chances pra quem lhe preteriu uma vez, o orgulho fala alto, e são pessoas que dão rapidamente a volta por cima nesses casos, se entregando ardentemente a próxima paixão.     

Sol em Leão

Este é o domicílio do Sol, e assim é um posicionamento “ideal”. Diferente de Áries que coloca o foco no eu, Leão coloca o foco solar no “ser”, no “criar” e no “expressar”, É ligeiramente diferente, portanto. O foco da vida da pessoa será em ser alguém, em produzir coisas úteis no mundo, deixar sua merca, EXISTIR com todas as letras maiúsculas. Brilhar não no sentido egoísta de aparecer primeiro, chegar em primeiro ou vencer os outro (que seria o sentido mais ariano) mas brilhar no sentido de ser reconhecido como alguém importante, que é bom no que faz, ser um destaque pelo que cria não gratuitamente por que se deseja passar por cima de alguém, mas porque se quer ser um destaque essencialmente pelo que se é.
Mas o leonino tende a não enxergar os outros, ele não contempla sua concorrência e nem está em busca de aliados, busca apenas o reconhecimento, o aplauso, não quer reconhecer aquilo que o outro é. Nesse sentido o Sol em Leão é profundamente egocêntrico, ingênuo e presunçoso ao subestimar o valor dos outros: O maior defeito leonino consiste não em querer ser, ou buscar reconhecimento, mas em não reconhecer que o outro pode ter tanto valor ou até mais valor do que ele mesmo. A vaidade e a sede pelo aplauso pode ser sua ruína, pois essas coisas tornam-no suscetível a manipulação e a decepção.
Em geral o posicionamento do sol em Leão  é um indício de muita saúde, vitalidade e energia, mas isso pode depender da casa astrológica em que o sol cai e dos aspectos de saturno e marte, que podem enfraquece-lo. Em geral são criativos, divertidos e otimistas. Os que nascem no hemisfério norte (verão) são mais agressivos, egoístas e competitivos. Os que nascem no hemisfério sul (inverno) tendem a ser mais inconstantes, subjetivos e emotivos.